TRT-PR tenta acordo entre metalúrgicos e a Renault e Volkswagen | Fábio Campana

TRT-PR tenta acordo entre metalúrgicos e a Renault e Volkswagen

O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná vai tentar, na segunda-feira, 14, mais um acordo para por fim à greve na Volkswagen e na Renault. Reúne o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba e as empresas.

Na audiência realizada de ontem, sexta-feira, no TRT, a Renault apresentou proposta de abono de R$ 1.750 a ser pago até dois dias após o retorno ao trabalho, mais o INPC integral na data-base e 1% de reajuste em 1º de agosto de 2010.

O sindicato reivindica abono de R$ 2 mil e reajuste de 8,65%, o que inclui o INPC mais o aumento real. Desta forma, representantes das empresas e dos trabalhadores optaram por continuar a negociação e uma nova audiência foi marcada para a segunda-feira, às 17h, no TRT.

Também nesta sexta-feira houve tentativa de conciliação entre o sindicato e a Volkswagen, porém sem resultado. Nova audiência foi marcada para as 14h de segunda-feira.


2 comentários

  1. Luis Konig
    sábado, 12 de setembro de 2009 – 23:30 hs

    TANTA GENTE PRECISANDO DE TRABALHO, ENQUANTO OUTROS AINDA FAZEM GREVE. SOU A FAVOR DA GREVE MAS ACREDITO QUE ESTE AINDA NÃO É O MOMENTO, POIS PODE SE TORNAR OPORTUNO PARA AS MONTADORAS NÃO NEGOCIAREM E AMEAÇAREM DEMISSÕES….

  2. rodrigo
    domingo, 13 de setembro de 2009 – 17:47 hs

    Sem greve não há sindicalismo, sem sindicalismo, não há direito do trabalho. Aliás, sem o direito do trabalho não há proteção ao trabalhador. O problema é que historicamente nós brasileiros, temos uma herança de covardia, individualizade extrema e passividade. Assim, esperamos que o Estado resolva tudo sem fazermos força.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*