Requião consegue liminar e servidores vão trabalhar na terça | Fábio Campana

Requião consegue liminar e servidores vão trabalhar na terça

requião005

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ) informou que foi “indeferido” (negado) o pedido de liminar aos servidores públicos estaduais que tentavam manter o dia de folga no feriado municipal de terça-feira (8), dia da padroeira de Curitiba, Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.

Segundo o Coletivo Sindical, órgão que reúne os trabalhadores de todas as categorias do Estado, os funcionários pretendiam ter o mesmo tratamento dado aos trabalhadores de 19 empresas públicas de economia mista, entre elas a Copel e a Sa­­­­nepar, que conseguiram, por meio de liminar, o direito de não trabalhar no última dia do feriadão prolongado.

O governo do estado, no entanto, tenta cassar essa liminar e manter dia de ex­­­pediente normal para todos os 30 mil funcionários públicos estaduais da capital. Como os servidores não vão mais recorrer à Justiça, Elaine Rodella, coordenadora do Sin­­­dicato dos Servidores de Saúde Pública do Paraná (SindSaúde), disse que a entidade lutará para que o governo pague hora extra com adicional de 100%.


10 comentários

  1. FONTE SEGURA!
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 18:13 hs

    Sinceramente ….. bem típico, bem estilo do Sr. Requião mesmo, faz um simples feriado se transformar na maior “quizumba” e todos ficam falando dele e de suas “barbaridades” e no final a grande massa continua sendo manobrada, acreditando que ele se preocupa, com o andar da carroagem.

    Nessa mesmo quem perdeu foram os servidores, que terão de trabalhar e o coitado do PESSUTI que perde com essa uma grande fatia de votos de sua própria casa.

    Fala sério!!!!

  2. Ursula
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 19:55 hs

    Coitado do tiozinho…tá ficando gagá…

  3. Cap. Nascimento
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 21:14 hs

    Estes servidores que irão trabalhar no feriado, graças ao nepotão de mello e silva, diante da velocidade da (in)justiça brasileira irão receber estas horas extras depois de mortos. E neste caso, não será o reiquejão quem irá pagá-las. Por sinal, a aposentadoria dos barnabés já está ameaçada pelo (des)governo da maria louca que, de acordo com o tribunal de contas, não está repassando a sua parte neste fundo previdenciário.
    Xô reiquejão.

  4. jango
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 21:44 hs

    O Bacamarte das Araucárias – maior salário dos governadores (24 mil pilas/mes), férias a cada 76 dias no exterior, maior nepotista de carteirinha do país (16 mamamdo nas tetas daz Viúva no início do governo, a maior parte já “desmamada” pela Justiça com a Súmula Vinculante 13) – pede pra sair … Cê tá mui rastaquera e mesquinhento …

  5. GUERREIRO Pela vida
    segunda-feira, 7 de setembro de 2009 – 9:22 hs

    ELE VAI SAIR CANDIDO AO SENADO ! VC VOTARIA NELE ? É ruimmmm….

  6. bimbo
    segunda-feira, 7 de setembro de 2009 – 10:13 hs

    Agora vamos por o Pessuti que será pau mandado de Requião prá continuar essa zona que se transformou o estado.

  7. Lalo
    segunda-feira, 7 de setembro de 2009 – 11:14 hs

    30 mil cabos eleitorais pra votar contra o Nepotão. Isso só em Curitiba.
    E pra quem anda ganhando eleição na bacia das almas, pode fazer a diferença.

  8. segunda-feira, 7 de setembro de 2009 – 17:11 hs

    Se não for coerente meu comentário ,por favor corte…….mas se é feriado em Curitiba todos os que trabalham em curitiba tem o direito de usufruir desse feriado certo( agora tem áreas que não dá prá parar né) agora o resto do estado querer tirar proveito disso é no minimo iresponsabilidade,,,então se for assim ..todos os municipios fazem feriado em dias diferentes,,,dai pára tudo,,,á fala sério…………;;;pense bem…se pararem os õnibus, as farmácias,os mercados,os restaurantes,as pastelarias, as lanchonétes,as pizzarias,os hospitáis,as ambulancias, os táxis,as bancas de revistas,as video locadoras???????dai nós tamos ferrados.

  9. ERNESTO
    terça-feira, 8 de setembro de 2009 – 10:09 hs

    QUANDO É FERIADO MUNICIPAL EM GUARAPUAVA,COLOMBO,ARAUCARIA,SÃO JOSÉ ETC,ETC,ETC TODOS GOZAM DELE DELE INCLUSIVE OS FUNCIONÁRIOS ESTADUAIS.
    ENTÃO POR QUE QUANDO É FERIADO EM CURITIBA OS FUNCIONARIOS PUBLICOS ESTADUAIS PRECISAM TRABALHAR?
    RESPOSTA: PORQUE O GOVERNADOR QUER DIZER AO PREFEITO QUE QUEM MANDA EM CURITIBA É ELE.
    BESTEIRA NÉ?
    NÃO TEM PROBLEMA 30 MIL VOTOS NÃO FAZEM DIFERENÇA MESMO .
    VAMOS VER SE NÃO FAZEM!

  10. patão
    terça-feira, 8 de setembro de 2009 – 12:55 hs

    Putz e o policiamento no litoral?

    Que vergonha! quem foi ao calçadão de Caiobá neste feriado pode ver o sufoco que 06 dúzia de PMs passou por lá.Dava até pena deles. Que sensação horrivel da ausência do Estado. Mas aonde estavam os policiais que deveriam fazer a segurança dos cidadãos que pagam seus impostos? Será que se preparando para o desfile para o Governo do faz de conta?

    Ainda bem que tá no fim e não vai deixar saudades.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*