PMDB reclama do assédio, mas também filia novos candidatos | Fábio Campana

PMDB reclama do assédio, mas também filia novos candidatos

3009filiacoes PMDB

O deputado Waldyr Pugliesi, que vinha clamando contra o assédio aos militantes do PMDB, entrou na dança e convenceu novas lideranças a entrar no seu partido. Hoje ele abonou, ao lado do vice-governador Orlando Pessuti, fichas de militantes que ingressaram no PMDB do Paraná.

O PMDB recebeu a filiação de três importantes lideranças, candidatos potenciais para reforçar as chapas de deputados estadual e federal nas eleições de 2010. O vice-governador Orlando Pessuti e o presidente estadual, deputado Waldyr Pugliesi receberam o secretário especial para Coordenação de Projetos Sociais do Paraná, Nivaldo Maldonado Gonçalves, do diretor do Detran David Antônio Pancotti e do neurocirurgião Affonso Antoniuk.

A filiação, no Gabinete da Liderança do PMDB na Assembleia Legislativa, contou com a participação dos deputados do PMDB Luiz Eduardo Cheida, Dobrandino da Silva, Ademir Bier, Mário Roque e Nereu Moura, da deputada Cida Borghetti, do PP, e dos secretários estaduais Forte Netto (Desenvolvimento Urbano) e Vanderlei Iensen (Gabinete).

“Estas lideranças passam a integrar a partir de agora, de maneira mais forte o nosso grupo de trabalho”, destacou o vice-governador Orlando Pessuti, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado. “Estamos trabalhando de maneira ininterrupta para consolidar e ampliar todas estas conquistas sociais que tivemos nos últimos anos, junto com o Roberto Requião”, completou.

POLÍTICAS SOCIAIS – O presidente do PMDB, deputado Waldyr Pugliesi, disse que as filiações das lideranças é um ato formal, mas de grande significado. “O PMDB é um partido que tem uma história construída com muita luta nos momentos difíceis para a nação e que resultou na volta da democracia em nosso país. Os novos filiados se juntam aos que há tanto tempo estão nesta trincheira”, declarou.

Pugliesi reforçou que a filiação das novas lideranças é mais uma etapa do processo de construção da candidatura de Pessuti ao Governo do Estado. “A eleição do Pessuti é a única garantia de que todas estas políticas sociais criadas no Brasil e no Paraná será mantidas e ampliadas. Aliás, esta candidatura não é do Pessuti, é do PMDB”, completou o presidente.

NOVOS FILIADOS – O secretário especial Nivaldo Maldonado é natural de Iguaraçu e milita na comunidade evangélica de Curitiba, onde reside atualmente, e do Paraná. “Estamos começando uma nova fase em nossa vida, graças ao apoio e incentivo do nosso amigo Vanderlei Iensen e de toda a comunidade evangélica”, declarou.

O neurocirurgião Affonso Antoniuk é natural de Prudentópolis e já concorreu ao Senado Federal. Atualmente reside em Curitiba e também falou da participação do PMDB, que foi “fundamental para a redemocratização brasileira”, disse. Antoniuk destacou que Pessuti é o melhor candidato ao Governo do Estado. “Quem é que conhece o Paraná como Pessuti?”, indagou.

A deputada Cida Borghetti fez questão de prestigiar a filiação de Antoniuk, que ingressou no MDB, partido fundado no Brasil com participação de seu sogro, Sílvio Magalhães Barros. Durante o breve discurso, o neurocirurgião aproveitou para sugerir que a deputada é ideal para compor a chapa majoritária, com o PMDB.

“Este é um momento ímpar na minha vida”, declarou o diretor do Detran, Davi Pancotti. Natural de Itaboara, ele contou que seu pai foi eleito do município, mas não conseguiu assumir porque foi impedido devido atos de corrupção. “Este é um dos principais motivos que me trouxeram para o PMDB, um partido que nasceu da luta contra a corrupção e um regime discricionário”, completou

MAIS LIDERANÇAS – Durante a solenidade, Pessuti informou ainda que pela manhã, abonou a ficha de filiação de outras lideranças ao PMDB. Entre elas o secretário estadual da Casa Civil, Rafael Iatauro, que deverá concorrer à uma cadeira na Câmara Federal e de Davi Cheriegati, que colocou seu nome à disposição para uma vaga na Assembleia Legislativa.


10 comentários

  1. EVANGELICO FIEL
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 18:12 hs

    Gostaria de saber pra serve o Cargo de secretário especial para Coordenação de Projetos Sociais do Paraná, o Nivaldo não descobriu ainda hehehe, vai ter que correr atras de outro carguinho, pois o sogrão se foi, ele que segurava as pontas.

  2. Descrente
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 19:11 hs

    Maldonado, quem é esse sujeito e o que ele faz como Secretario de ASSUNTOS SOCIAIS?
    Fala sério e o Pessuti ainda tem esperança de ganhar
    hehehehehe

  3. BREAK
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 19:20 hs

    O que o PMDB não admite na verdade e a derrota que terá no pleito eleitoral de 2010. bem feito aos PMDBs já que tem como “líder” o Governador das mamonas e do CQC.

  4. Marcelo Mirosmar
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 21:39 hs

    Ué, os outros partidos podem, o PMDB não? Guerra é guerra. Que eu saiba nenhum deles era filiado neste ou naquele partido.

  5. Luis Adolfo Kutax
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 21:52 hs

    No interior do Paraná o Pessuti tem muitos eleitores que o conhecem e confiam. Pessuti sabe também que aqueles que viveram no interior e agora estão nas cidades e um dia sentiram a rudeza do trabalho da roça ou lá deixaram lembranças do passado, com certeza darão seu apoio ao Pessuti. Contenda está com o Pessuti….

  6. PABUFE
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 22:17 hs

    ANTONIUK.

    Parabéns por ter saído do PPS.
    Só por este fato.
    Aquele partido e seus líderes não mereciam voce.

  7. Beto Diniz
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 3:14 hs

    O Nivaldo é uma das pessoas mais corretas que conheci, se conseguir contribuir com sua coerência e retidão, vai melhorar muito este PMDB, que tá precisando e muito.

  8. Márcia Souto
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 11:05 hs

    Muito boa as filiações. A política do Paraná precisa de novas lideranças. Com certeza neste quesito o PMDB sai na frente, afinal, os outros que estão se filiando nos outros partidos, são os velhos e conhecidos políticos de sempre.

  9. BISTEKA
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 15:17 hs

    Muit me decepciono com o PUGLIESY destes tempos…
    Convivi com Pugliesy nas eleições de Richa ao Governo do Estado por muitos dias… Tinha uma verdadeira admiração por aquele lider obstinado, ferrenho, um MDBista de primeira ora…
    Hoje o vejo como um lambe-botas do REIQUIÃO, como toda a corja do PMDB da Assembléia Legislativa.
    Lá se foi o idealismo puro…. Lá se foi a ética…. Lá se fue la vergona em la cara!!!!

  10. quinta-feira, 24 de dezembro de 2009 – 16:29 hs

    como fazer para si filiar ao partido do pmdb pelo site nao conceguir o que eu faço

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*