Número de casos da gripe suína no Paraná aumenta 20% | Fábio Campana

Número de casos da gripe suína no Paraná aumenta 20%

Bem Paraná

De acordo com o 58º Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgado nessa sexta-feira (11), o número total de situações da nova gripe no estado chegou a 8.236. O número significa aumento de 20% no número de confirmações em relação ao último boletim divulgado na quarta-feira (9), quando eram 6.889 casos da doença no estado.

O novo boletim confirmou três novos óbitos por causa de complicações da gripe suína no Paraná. Ao todo, 220 pessoas morreram no estado em decorrência da doença.


Segundo a Sesa, o crescimento do número de confirmações é devido ao fato de que o Paraná tem um laboratório próprio para fazer os exames, o Lacen, que tem capacidade para dar os resultados com mais rapidez, do que em outros estados.

Além disso, novos casos da doença também são confirmados por critérios clínico-epidemiológicos. Ou seja, uma pessoa em contato com alguém que contraiu a nova gripe e apresentar os sintomas, será confirmada como um caso da gripe A H1N1 no Paraná.

A regional de saúde de Curitiba tem 3.505 casos confirmados da doença. Na sequencia aparecem as regionais de Cascavel (623 casos), Cornélio Procópio (613), Francisco Beltrão (547), Jacarezinho (392) e Londrina (382).

Curitiba teve 75 óbitos confirmados por complicações da doençado total de 200. Em seguida, as regionais com maior número de mortes são a de Cascavel (20 óbitos), Foz do Iguaçu (18), Maringá (15), Londrina (11) e Toledo (11).

Segundo os dados da Sesa, 56% das vítimas eram do sexo feminino e 44% eram do sexo masculino.


4 comentários

  1. Calos-Curtiba
    sexta-feira, 11 de setembro de 2009 – 23:39 hs

    Ta piorando e o povo, pelo que vejo nao tem mais medo da gripe, se expondo ainda mais!

  2. Paulo Lima
    sexta-feira, 11 de setembro de 2009 – 23:50 hs

    Por que o MENTIRA 2 não se manifesta mais, e o REQUIÃO deveria pedir desculpa para a população e assumir o maior erro que cometeu, falando que isso era para os americanos ganhar dinheiro, e nos os paranaenses ,morrendo com o descaso. OBRIGADO GOVERNADOR

  3. Ita
    sábado, 12 de setembro de 2009 – 9:23 hs

    Tantas mortes por não ter sido tomado uma medida drastica para evitar o avanço da doença.
    Em Cascavel foi tomado uma medida para evitar a propagação da doença, mas o Secretário Estadual de Saude condenou a medida e até debochou da mesma, em virtude da atitude do secretário o povo achou que não precisava se cuidar.

  4. Anônimo
    sábado, 12 de setembro de 2009 – 12:45 hs

    Estes números representam o maior índice de mortes no mundo inteiro causados pela gripe suína…. e parece que estes números não preocupam autoridades e a imprensa e muito menos não constrangem… é como se não fosse, fosse em marte que está ocorrendo a epidemia… em países civilizados já haveria alguma iniciativa para investigar a responsabilidade dos administradores públicos, mas, aqui na roça, gripe suína, pedágio, capim elefante é tudo a mesma coisa….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*