Deputados rejeitam os fumódromos no Paraná | Fábio Campana

Deputados rejeitam os fumódromos no Paraná

roma

Foram 36 votos contrários e apenas 10 a favor de fumódromos, locais reservados pára fumantes em bares e restaurantes. Um deputado se absteve e sete não participaram da sessão.

Foi uma vitória do governo e especialmente do líder Luiz Cláudio Romanelli, do PMDB.

Estabelecimentos onde pessoas forem flagradas fumando estarão sujeitos a uma multa de R$ 5,8 mil.


31 comentários

  1. Netto
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 21:33 hs

    PARABÉNS aos 36 deputados. Sou do PSDB. Abs

  2. THEMIS
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 21:34 hs

    Parabéns aos Deputados que se mantiveram firmes em fazer valer o desejo da maioria da população paranaense.

  3. Jairo
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 21:46 hs

    Parabéns aos 36 Deputados que demonstraram a todos os paranaenses a coerencia de uma questão tão importante na qualidade de vida da nossa população,são atitudes dessa magnitude que ai sim nos deixam felizes em saber que nosso voto não foi em vão.Coloquem o nome dos 36 para que todos possam saber quem são.

  4. Rsn.46
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 22:09 hs

    Ótima notícia.Agora só vou fumar no Restaurante da Assembléia

    onde o cigarro,depois do almoço é liberado.

  5. Marechal
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 22:44 hs

    Facismo

  6. O Povo
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 22:49 hs

    Os Deputados cumpriram com seu papel de representantes da população, e sendo uma das poucas vêzes que isso aconteceu, votaram como a população pedia! Aleluia!!!!!!!!!!!!

  7. chamine ambulante
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 23:33 hs

    Romanelli, onde vc vai fumar seus puros Cubanos agora?

  8. Marcelo Mirosmar
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 23:35 hs

    vitória do governo? acho que o senhor não viu a relação dos nomes. tem uns que odeiam o requião.

  9. Ita
    terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 23:44 hs

    Parabéns aos que votaram contra os fumodramos.
    O respeito pelos outros é importante e uma questão de educação.
    Estes que votaram contra os fumodramos, demonstraram que são a favor da população, pois é o que a população esperava.
    os demas que votaram a favor e deixaram de votar mostraram que são contra a população.

  10. terça-feira, 15 de setembro de 2009 – 23:59 hs

    Eu vou deixar á minha umilde opinião sobre esse dilema, que tambem me assustava, pois eu tenho um dos filhos que tem uma lanchonete, bar…e á maioria são alem de fumantes amigos, e boms clientes,,,e como nós iriamos fazer????para agradar ums ,,,e não desagradar outros clientes??? e procurar mais espaço éra impossivel, devido ao espaço já ocupado,,,,dai o meu filho decidiu é terminantemente proibido fumar aqui dentro do estabelecimento,,,( achei uma decisão sábia ) …e assim foi dito e feito,,,nas para á nossa surpresa os próprios fumantes de carteirinha aceitaram, e acataram a decisão,,e continuam á fumar mas lá fora na rua,,,e continuam nossos fregueses,,,eles tambem sabem que é para o bem das pessoas,,e não uma discriminação,,,parabéns á todos que assim pensam.e agem eé para o bem de uma coletividade, e não só de um.

  11. Xumbrega
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 1:00 hs

    Falta mesmo coisa mais importante pra resolver…Como se uma lei mudasse algo pra vcs…só muda para os mortais

  12. Luciano Carias de Oliveira
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 4:57 hs

    É tão bom poder dizer isso: parabéns aos deputados e em especial ao dep. Romanelli pela decisão em prol da saúde do povo paranaense.

  13. Mutuka
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 6:03 hs

    A DEMOCRACIA e os direitos dos cidadãos foram atingidos.
    Romanelli depois dessa, NÃO irá e reeleger.
    A bancada agradece.
    Quantos empregos e quantas famílias serão prejudicadas?
    É pura Demagogia. O Paraná imita o tal Serra.
    E contra as bebidas Alcoolicas que destroem milhares e milhares de famílias e pessoas diariamente, ninguém faz nada?

    Obs: Não sou Fumante, porém respeito a liberdade das pessoas.

  14. orlando
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 8:22 hs

    senhores deputaodos…..vcs devirião cuidar da nossa segurança q esta pessima.e nao com os fumantes deixem eles fumar em paz vcs vão cuidar da nossa segurança tirem essa barriga da cadeira e façam alguma coisa…pelo jeito q tá a nossa segurança e so ta qui pra frente e so piorar….(não sou fumante)

  15. ROMANEHITLLER
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 9:01 hs

    O Estado fere o direito individual do cidadão, o mais lógico seria que os empresários decidissem se os seus estabelecimentos seria para fumantes ou não. Quanto ao fumo passivo essa é a maior mentira já divulgada onde os incautos a tomam como verdadeira, pois em nenhuma pesquisa existe a tão famosa imparcialidade, quem a paga leva. Quanto a pressão que fazem para o cidadão abandonar o cigarro, é outra armadilha; lembrem-se que o capitalismo não elimina nenhum produto, o substitui; o cidadão deixa o tabagismo, e se vicia nos remédios de tarja preta ou goma de mascar de nicotina; tão prejudicial ou pior que o tabagismo. Esclareçam-me: porquê os maiores acionistas das indústrias farmacêuticas são as indústrias fumageiras? Deixam de ser inocentes úteis, não pensem como rebanho; muito grana rolou deentro da assembleía legislativa para legalizar essa lei, ou vcs pensam que isso é pela “saúde” do fumante? Dou-lhes um exemplo, porque até hoje eles não fizeram uma lei que exija exaustão e ventilação nos estacionamentos dos chopins centeres; pais e mães entram nesses estacionamentos com suas crianças, e não sabem o risco que estão correndo, de tantos gases cancirigenos presentes no ambiente. Ninguém esta se preocupando com a saúde do fumantem estão sim se preocupado com o cheiro na sua roupa, com o ambiente esfumaçado e com cheiro, nas baladas, onde o seu perfume frances de mais de 3 mil dólares ninguém nota. Essa é uma LEI-NAZI-FASCISTA, por falar nisso, o NAZISMO DE HITLER começou assim, sem consultar a sociedade, e eliminando os seus direitos individuais; uma das primeiras leis nazistas, foi a de eliminar o fumo na sociedade, depois os homossexuais, depois as crianças excepcionais, depois os comunistas, depois os ciganos, depois os poloneses, depois os adversários políticos, depois os jornalistas, depois…depois….depois…depois….os orfãos, os idosos, os viciados, os loucos, etc e tal. Cuidado com políticos que pensam dessa maneira, e realizam essa barbaridade.

  16. Alexandro Nascimento
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 9:15 hs

    Esse Mutuka, que diz respeitar a liberdade das pessoas, pelo jeito só respeita a liberdade dos fumantes. E a minha liberdade de respirar sem fumaça de cigarro, você respeita? Além disso, a lei não proíbe ninguém de fumar. Quem fuma que vá na rua ou fume na própria casa. Meu pai é fumante e quando visita minha casa fuma lá fora, sem nenhum problema. Ele sim é um fumante que sabe respeitar a liberdade das pessoas.

  17. miguel machado
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 9:57 hs

    Parabens aos deputados que aprovaram a lei. O mais importante de tudo isso é que a saude da população foi respeitada. Quem quiser continuar fumando, sem problema, mas nao vai mais prejudicar os demais, principalmente os trabalhadores de bares e restaurantes que fumavam passivamente. Abraço ao Dep. Romanelli e ao Ver. Tico Kuzma.

  18. Mára Madá
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 10:18 hs

    Agora vamos ver quanto a bebidas alcoólicas, principalmente vendidas em postos de gasolina, vesti um santo para desvestir outro não dá, ou se leva a coisa a sério ou não. Odeio cigarros, mas bebidas alcoólicas nem se fala. Pessoas tomam todas e saem dirigindo matando inocentes. Acho bom nossos queridos representantes pensarem nisso também.
    Acho que fuma quem quer, porem tem q se respeitar outras pessoas, sou a favor de lugares para fumantes (direito de ir e vir de cada um).

  19. Interior do Paraná
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 11:21 hs

    Parabéns a Assembleia Legislativa pela proibição do cigarro….com ctza isso se refletirá no futuro com um numero menor de pessoa sofrendo com cancer no pulmão e em outras varias doenças que o cigarro provoca. Parabenizo também o gov. e futuro presidente José Serra, que foi quem encampou a ideia a nivel estadual, claro que não podemos de deixar de aplaudir o gov. Roberto Requião por enviar o projeto de lei a Assembleia e colocar o peso da bancada aliada para aprovar o projeto e especialmente proibir os fumódromos, lembrando que já existiam projetos parecidos, mas somente quando o governador abraçou a ideia, foi que surgiram forças suficientes para aprovar, mesmo contra pesados interesses economicos que lutavam contra. Por fim, hoje o Paraná está mais feliz com essa decisão….e com ctza vai ganhar com isso no futuro.

  20. Mutuka
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 12:44 hs

    Alexandre Nascimento
    Vc não respeita a DEMOCRACIA e o direito de ir e vir.
    Se não gosta de cigarros e fumaça (como Eu) escolha os lugares para ir.
    O que vc quer fazer em um Bar? Tomar refrigerantes?
    Fique em casa, ou vá ao Mac Donalds!
    Eu não frequento bares de fumantes.
    Pq os Deputados não acabam com a Industria do cigarro?
    Pelos tributos e impostos que elas pagam?
    Vá estudar meu filho!

  21. paulo miranda
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 12:57 hs

    NÃO SOU FUMANTE, MAS ISSO É UMA PALHAÇADA!!!!!!!
    FALTA DO Q

  22. paulo miranda
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 12:59 hs

    FALTA DO QUE FAZER NA VIDA?????
    TANTA COISA IMPORTANTE A SER RESOLVIDA……..

  23. fred
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 13:18 hs

    Abra”baixinho”Par, não se esconda no anonimato para falar essas besteiras, o Romanelli e maioria da população é contra aos fumódromos. a paixão q vcs defendem o cigarro é impressionante, parabéns pelo trabalho mas por favor, procure ajuda…

  24. Raquel
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 13:30 hs

    PARABÉNS!!! OS NÃO VICIADOS PRECISAM SER PROTEGIDOS!!!!!!!!!!!

    Eu sempre digo que não sou contra o cigarro, afinal ganho dinheiro com os pacientes com câncer….eu apenas não quero que fumem perto de mim!!!!!!

  25. décio
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 14:09 hs

    Demagogos, idiotas e imbecis.

  26. OBAMA...
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 15:49 hs

    até q enfim algo que preste fizeram….pois tenho nojo de cigarro….quem qer morrer que fume em casa e não prejudique as pessoas que não fumam…..

  27. ROMANEHITLLER
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 16:13 hs

    RAQUEL…PARABÉNS!!! VOCÊ EM POUCAS PALAVRAS DEFINIU TODO O MEU PENSAMENTO SOBRE ESSE ASSUNTO.

  28. Zé Ninguém
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 16:42 hs

    O meu direito de estar em um ambiente limpo e o mesmo que um fumante tem de ter seu espaço em tabacarias e locais apropriados ao tabaco e similares , restringir locais para fumantes e saudável pois quem vai a determinados locais onde haja pessoas que gostem de fumar e não se sintam bem que não vá a esses lugares , e a mesma coisa que eu determine fechar as churrascarias por que sou vegetariano(por ipotese) ,com a desculpa de que carne vermelha faz mal que a gordura da picanha entope minhas artérias , como carne porque gosto do sabor e isso me da prazer e que se dane os vejetarianos vou a churrascaria e não ao restaurante vegetariano e não tolero quem é vegetariano e vai a uma churrascaria e fala que passa mal ao ver gente comendo carne e fica se lamentando coitada da vaquinha!
    OBS: Não sou fumante e não gosto do cheiro do cigarro que fica em cinzeiros e muito menos de beijar mulher que fuma!

  29. Brigitte Chaurais
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 18:41 hs

    . a fumaça do tabaco é cancerígena e genotóxica para seres humanos contendo 4.720 susbtãncias químicas prejudiciais à saúde e 6.000 compostos químicos resultantes da combustão que destroem brônquios e alvéolos pulmonares;
    . tabagismo é causa conhecida ou mais provável de 25 doenças, entre as quais 12 tipos de câncer, coronarianas e circulatórias graves, enfisema pulmonar, asma crônica, insuficiência renal e transtornos psiquiátricos;
    . a nicotina inalada pelo passivo – denominada “thirdhand smoke” – provoca lesões nas paredes coronárias, reduz o fluxo sanguíneo e o aporte de oxigênio p/ o músculo cardíaco, facilita a formação de placas de ateroma e infartos; crianças, gestantes e fetos são particularmente suscetíveis e afetados;
    . a fumaça ambiental de tabaco não é uma mera questão de “incômodo” – é mortal, sendo quatro vezes mais tóxica do que a fumaça inalada pelo fumante;
    . a prevenção e a restrição ao tabagismo são responsabilidades dos empregadores e gestores para com a saúde e o bem-estar social, segundo normas da legislação trabalhista e medicina do trabalho, considerando que a fumaça de cigarro não constitui elemento natural do ar do ambiente de trabalho e deve ser considerada como risco;
    . não há arrecadação tributária que compense o alto custo humano, social e financeiro com a perda de capacidades e de vidas provocada pelo tabagismo ativo e passivo;
    . as lavouras de fumo estão associadas a uma condição análoga ao servilismo medieval, caracterizadas por contratos abusivos impostos pelo poder econômico da indústria tabagista envolvendo graves denúncias de exploração do trabalho infantil e consequente contaminação intradérmica de crianças, jovens e adultos com substâncias tóxicas presentes nas folhas de fumo;
    . o hábito de fumar no passado já esteve associado a “desvio moral” e “glamour”, porém atualmente se qualifica como antissocial por excelência, pois prejudica o meio social, a coletividade e a urbanidade, atentando contra os princípios humanistas da moderna sociedade democrática republicana e do estado de direito (respeito ao outro / semelhante);
    . o tabagismo também associa-se à contaminação de mananciais, desmatamento e produção de lixo (bitucas constituem a segunda causa de lixo nas grandes metrópoles), atentando contra os preceitos do desenvolvimento sustentável, preservação ambiental e higiene, bem como à segurança, visto que causa grande quantidade de incêndios em edifícios e queimaduras em seres humanos (estatísticas dos Corpos de Bombeiros e pronto-socorros), demonstrando falta de cultura e de informação;
    . gestores não devem compactuar tampouco se curvar aos interesses econômicos escusos associados à cadeia produtiva socialmente irresponsável do tabagismo, que lucra com a fragilidade e a vulnerabilidade humanas e a inocência infantojuvenil, atividade qualificada pelo médico Drauzio Varella como “crime continuado de viciar crianças e adolescentes com uma droga que provoca a dependência química mais avassaladora que a medicina conhece – grandes organizações criminosas chefiadas por crápulas, malfeitores profissionais, que vendem uma droga que provoca cancer, enfisema, derrames cerebrais, ataques cardíacos e infinidade de outras patologias, tanto nos fumantes como nos que têm o azar de com eles conviver “, concluindo que “eis o papel a que determinadas pessoas se sujeitam para ganhar a vida”;
    . a proteção contra os efeitos do tabagismo passa a ser considerada como direito do consumidor, do contribuinte, do cidadão e do trabalhador, gerando indenizações por danos materiais causados à integridade física e a pertences pessoais;
    . a restrição ao tabagismo é tendência universal irreversível: EUA/NYC, Europa, Argentina, Uruguai, sendo dever dos gestores proteger e defender as pessoas dos males que outrem possam protagonizar;
    . os comerciantes não terão dificuldade em fiscalizar o cumprimento da lei, bastando para tanto utilizar suas forças de segurança privada, as mesmas de que já dispõem para coibir brigas, furtos e outros excessos antissociais de sua freguesia, podendo contar com força policial se necessário;
    . finalmente: “Até quando faremos parte do grupo de atrasados que dão ao dependente o direito de jogar a fumaça de seu cigarro para dentro dos pulmões dos outros?” (Dráuzio Varella).

  30. Agradecida,porém....
    quinta-feira, 17 de setembro de 2009 – 1:53 hs

    Fiquei feliz com a notícia,porém acho que agora é o momento certo para votar também em caráter de urgência,um lei para acabar com a violência na nossa cidade e no nosso estado.

    É preciso votar leis que punam com a maior brevidade àqueles que infringem as leis e cometem crimes ,pois a impunidade está aí,inclusive na pessoa de um ex-deputado,que não assume o crime cometido…

    É preciso votar leis que obriguem o governo a colocar polícia nas ruas,e se não for cumprida,deve haver punição sim.

    Chega de viver com medo ,vivemos presos em nossas casas que parecem presídios,cheios de grades e equipamentos de segurança ,enquanto os bandidos estão solto nas ruas onde nossos filhos poderiam estar brincando…uma vergonha Srs. Deputados…

    A impunidade é a verdadeira lei que impera em nosso país!!!

    Como ensinar limites a nossos filhos se vocês, governantes e políticos não dão o exemplo,nem cumprem o juramento feito quando da posse,fazendo cumprir as leis vigentes em nosso pais.

    Ser cidadão honesto hoje,é humilhante e revoltante,parece que todo mundo só quer se dar bem,”ser esperto”,não interessa como,enquanto que trabalhar dignamente virou sinônimo de burrice…

    Pagamos impostos públicos altíssimos e ainda pagamos plano de saúde,escola descente para os filhos,INSS,pedágio nas estradas,estacionamento nas vias públicas,imposto sobre o que comemos,sobre o que vestimos,sobre os combustíveis,sobre a moradia,etc…-E o que o governo nos oferece em troca de tanto dinheiro??? -O que mesmo????

    Talvez o Sr. Sarney saiba dizer para aonde ele e muitos outros estão levando o nosso suado dinheirinho,que vergoooonha Srs.

    Me sinto a cada dia mais’ idiota’ quando vejo na TV mais uma denúncia de golpe para roubar o dinheiro dos nossos impostos.

    É uma notícia tão comum que as pessoas acabam deixando prá lá pois ninguém faz nada mesmo para mudar tudo isto!!!

    Srs. Deputados,vamos pelo amor aos seus filhos pelo futuro das
    suas famílias fazer alguma coisa para mudar esta situação.

    Pelo futuro de nossas vidas!!!…..Vamos viver com mais segurança , com honestidade e dignidade.

    Sou mãe…,e tenho medo.

  31. BARÃO DE ANTONINA
    quinta-feira, 17 de setembro de 2009 – 10:32 hs

    Alguém já escutou essa notícia: fumou três cigarros, vez racha em via pública, e matou dois inocentes. Eu quero ver se esse Dep. Romanelli é tão idôneo em fazer uma lei que proiba o álcool e dê o mesmo teor de tolerância zero. Parem de ser ingênuos a guaiaca dele e de outros “defensores” do anti-tabagismo esta cheia, com o dinheiro dos lobistas das indústrias farmacêuticas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*