Só Alvaro questionou Toffoli na sabatina | Fábio Campana

Só Alvaro questionou Toffoli na sabatina

Deu-se o esperado. Indicado por Lula para ocupar uma cadeira no STF, o nome do advogado José Antonio Dias Toffoli passou pela Comissão de Justiça. Surpreendente foi a facilidade.

Foram 20 votos a favor e apenas três contra. O escrutínio foi secreto, mas todos sabem que a bancada governista na comissão soma 15 senadores. No mínimo cinco votos migraram da oposição para Toffoli.

Apenas Alvaro Dias, vice líder do PSDB, fez ressalvas consistentes na sabatina de Toffoli no Senado. Disse que Tofolli não dispõe de notável saber jurídico, exibe currículo precário –sem mestrado nem doutorado—e foi reprovado em dois concursos para juiz. Realçou os vínculos políticos do advogado com Lula e com o PT. Lembrou que foi condenado pela Justiça Federal do Amapá.

A defesa de Toffoli você vê no Leia Mais.

Sobre o raquitismo curricular e o par de reprovações em concursos, Toffoli disse ter privilegiado o exercício da advocacia em detrimento da vida acadêmica.

Sobre o fato de ter advogado para Lula e o petismo, afirmou que é coisa do passado. No STF, disse Tofolli, se portará com isenção, guidando-se pela Constituição.

Mencionou o ministro aposentado Sepúlveda Pertence: fora ao STF depois de advogar para o sindicalista Lula.

Nem por isso deixara de contrariar os interesses da gestão Lula em julgamentos do Supremo. Pertence estava presente à sabatina.

Quanto à condenação de primeira instância do Amapá, Tofolli lembrou que a senteça, contra a qual recorrera, encontra-se suspensa.

Como atenuante às críticas do vice-líder tucano Álvaro Dias, soaram no plenário da comissão de Justiça elogios do líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM).

“Não estou diante de alguém inexperiente”, disse Virgílio. “O jurista opina, dá parecer, e também constrói o tal saber notório…”

“…Não tenho nada a contrapor a essa boa reputação de Vossa Excelência. Apesar de toda adversidade política passada…”

“…Estou diante de alguém que conhece direito. Darei o voto a Vossa Excelência”. O líder tucano mencionou e-mail que recebera de um advogado do PSDB.

Chama-se Tom Villas Boas. Na mensagem a Virgílio, anotara que não conhecia “pessoa tão correta” quanto o advogado Tofolli.

Nas pegadas dos elogios de Virgílio. Tofolli embargou a voz. “Me emocionei com o depoimento de Vossa Excelência e do Tom Vilas Boas”, disse o indicado de Lula.

No curso da Sabatina, Toffoli teve a oportunidade de dizer o que pensa sobre uma série de temas polêmicos (leia).

Depois de experimentar o refresco da comissão de Justiça, o preferido de Lula foi ao plenário do Senado. A votação ocorre nesse instante. A aprovação é, também ali, certa.

Toffoli vai ao STF na cadeira de Carlos Alberto Menezes Direito, morto no início de setembro, vítima de um câncer no pâncreas.

– Atualização feita às 19h02: Como previsto, o nome de Toffoli foi aprovado no plenário do Senado. Coisa acachapante: 58 votos a favor, nove contra e três abstenções.

Antes de abrir a votação, que foi secreta, José Sarney submeteu a indicação a debate. Fez-se um silêncio de cemitério. Não houve quem quisesse discutir.
Trechos da sabatina do advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.


41 comentários

  1. quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 21:10 hs

    Realmente é uma vergonha ver q

  2. quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 21:11 hs

    É uma vergonha ver que para ser Ministro do STF basta ser amigo do Lula, ter idade mínima. Nem ficha limpa é mais necessario….
    http://alicebmrocha.blogspot.com/

  3. JoãoMariaDeAgostinho
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 21:24 hs

    Ah tá.

  4. Carlos C Mares
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 21:28 hs

    O ilustre futuro ministro segue a máxima: “Quem tem padrinho, não é pagão!! Bravo governo Lula!!

  5. centro cínico
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 22:12 hs

    Parabéns Álvaro! Chega de advogado comprometido no Supremo.

  6. Paulo
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 22:22 hs

    e quem mais falaria tanta besteira a mando de sua equipe de marqueteiros, sem nem pensar?????
    depois que passaram a perna dele, no partido, ele dá palpite até na eleição de síndico do prédio ao lado!

  7. jptorres
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 22:25 hs

    O senador Álvaro Dias não se toca. Depois de se tornar o homem da midiona desacreditada, a conferir os dossies falsos, (re)validados pela midiona, vai se tornando o bobo da corte.

  8. Jango
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 23:30 hs

    Não temos mais do que se envergonhar neste país. Chegar a este ponto – segundo as notícias veiculadas – em que um ilustre causídico com dois processos judiciais nas costas, reprovado em dois concursos públicos para juiz, ex-assessor parlamentar (que apregoa ser sua maior experiência jurídica), advogado partidário e advogado do personagem presidencial que o indicou, sem lastro de saber jurídico amplo e necessário à suprema magistratura, nos últimos dias propagandista de sua própria indicação com memoriais aos parlamentares (algo nunca visto ou sabido antes de qualquer indicado), possa levar de roldão todos os predicados constitucionais exigidos para cargo tão excelso na nação – realmente – faz-nos lembrar, depois de tanto tempo e graças a este Parlamento submisso e a esta Presidencia despreparada, de que neste país ainda triunfam as nulidades. Como este personagem, se lá no Supremo chegar, irá julgar os lesa-pátrias do mensalão, tendo sido advogado partidário e do presidente ? Ou isso tudo está sendo construído ao figurino do grande estadista de Garanhuns e sua troupe de aloprados ? Nossa gratidão ao Senador Alvaro Dias que como sempre, com coragem, questionou e mostrou as consistentes ressalvas da indicação. Estamos perigando, porque a reação aos desmandos e a ousadia governamentais dentro e fora do país (vejam o assenhoramento da embaixada brasileira pelo caudilhesco Zelaya) vão botar abaixo o pouco da República que existe. Não havendo reação, teremos o pior. E não demora.

  9. quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 0:45 hs

    Marco aurélio melo, gilmar mendes, nomeados por fh e color, ninguem questiona. Mas, o Lula, se pudessem, mudavam as regras.

    js

  10. O Pato Curitibano
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 0:52 hs

    Depois desta do Arthur Virgilio, só resta perguntar se alguém tem corda para desatolar a vaca da oposição que foi pro brejo. Que pesadelo. Acordei brasileiro e vou dormir venezuelano.

  11. Luciano
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 2:18 hs

    Nossa como o povo é, agora que ta entrando pessoas que sofreram para estudar e ter diproma la no Supremo.
    Parabéns ao mais novo ministro ele merece!

  12. dalton luiz gonçalves
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 5:55 hs

    Dr. Tofolli pode não ter doutorado e nem mestrado, mas tem cárater. E o Senador Alvaro Dias, não tem um nem doutorado e nem cárater.
    Senador Alvaro Dias, juntamente com Senador Papaleo votou em José Sarney no dia 2 de fevereiro de 2009 para Presidencia do Senado, contrariando a sua bancada..
    Senador Alvaro Dias foi responsável pela nebulosa obra de Salto Segredo.

  13. bobinho esse menino
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 7:58 hs

    mais um politico que nao correspondeu a minha espectativa, arthur vergilio, afagando os ovos deste bosta.

    ùnico lùcido e coerente foi àlvaro dias, parabèns àlvaro,

    pelo andar da carruagem vergilio logo logo ocuparà um ministèrio no governo lula, èca èca

  14. Pandolfo
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 8:44 hs

    COMO ESPERAR MELHORAS SOB O PONTO DE VISTA DA ÉTICA???
    ESSE INDICADO, DESSE GOVERNO DE CORRUPTOS, NÃO REUNE AS CONDIÇÕES PARA O CARGO!!!!
    É MAIS UM “CUMPANHERO” SE ARRUMANDO NA VIDA E EM POSTO PARA DAR PROTEÇÃO PARA “US OTRO CUMPANHEIRO” SE ARRUMANDO NA VIDA EM OUTROS POSTOS DO GOVERNO!!!!

  15. Jomar Ferreira
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 9:24 hs

    O SENADOR ALVARO DIAS, politicamente hoje no Parana é o politico com mais serviço pestado ao Estado, mais luta bravamente contra esse Governo do PT., praticamente SÓ, e agor´ra vem um BOBOCA, com alcunha de nome de bandido JPTORRES, falar do que temos de melhor no estado., não posso ficar quieto é uma pena esse jovem mancebo ocupar um lugar que sómente grandes homens de SABER JURIDICO ocuparam, esse sera com certeza o bobo da corte, seu JPTORRES.

  16. dalton luiz gonçalves
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 9:32 hs

    Senador Alvaro dias confundiu serenata com caçada de tatu. Ambas feita a noite , mas coisa diferentes.
    Mestrado e doutorado faz quem quer seguir a carreira academica.
    Quem escolhe a carrera de advogado não precisa e nem deve fazer mestrado e doutorado.
    No STF temos advogados e academicos. Basta analisar o curriculum de cada Ministro. O STF tem que ser plural. Não pode ser singular.
    Miope, com a mesma identificação do Senador e a leitora(internauta) Alice Munoz da Rocha, conservadora na forma e no conteúdo. A indicação do atual Ministro sofreu os mesmo tramites que foram indicados outros advogados e juizes para os cargos. Sra. Alice Munoz da Rocha vergonha é ser anti-democratica, anticivilizada, que acham que para ser Ministro do STF precisam ter origem. São essa gente que tem varizes pensam que tem sangue azul. O processo de indicação foi democratico. O mesmo tipo de processo usado pelo FHC para indicação do Ministro Gilmar Mendes. Ambos tinha a mesma posição. Ambos com curriculm parecidos. A falta de informação da Sra. Alice Munoz da Rocha é que torna o nosso Estado com baixa politização, sem postura crítica. Já não bastava os equivocos e mediocridade do nosso Senador.

  17. josé
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 9:53 hs

    joazinho santan, não seja assim…os outros indicados pelo lula foram acietos sem maiores reservas, vc sabe disso, por exemplo: Carlos Britto, Cézar Peluso, Joaquim Barbosa e Eros Grau.

    A indicação política sempre aconteceu, veja só alguns deles:

    – Nelson Jobim, Deputado Federal pelo PMDB/RS e Ministro da Justiça do Governo FHC e Ministro da Defesa de lula;
    – Paulo Brossard, Deputado Estadual, Federal e Senador, sempre pelo MDB e, posteriormente, PMDB, foi Ministro da Justiça do Governo José Sarney;
    – Evandro Lins e Silva, Chefe do Gabinete Civil da Presidência no Governo João Goulart e Ministro das Relações Exteriores no mesmo Governo;
    – Hermes Lima, Ministro de Estado de diversas pastas no Governo João Goulart e Presidente do Conselho de Ministros (Primeiro-Ministro);

    A diferença é que este é claramente inadequado, não tem as mínimas condições exigidas. Só…

  18. Paulo Micoski
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 10:36 hs

    O Senador Álvaro Dias é homem de caráter, e assim sendo nunca iria concordar com apadrinhamentos, e loteamentos de cargos públicos, para serem trocados depois por favores escusos, pena que ele seja uma das poucas excessões dentre tantos outros que fazem da política neste país uma grande mazela,porém a luta dele e de outros valem a pena, se não fosse assim seria melhor a anarquia!

  19. paulo
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 10:38 hs

    Alvaro Dias devolve meu voto. Votei em voce para modernizar as leis do codigo Penal. se quer viver só fazendo coemntarios politicos tenta uma “boquinha” no canal 21 do seu amigo e muida de profissao. Como senador está sendo uma negaçao. Estou arrependido de ter votado em voce em 2006. O que voce faz no congreso é spo dar entrevista agora entendo por seus adversarios o chamam de “PAVAO” misterioso.

  20. GUERREIRO Pela vida
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 10:41 hs

    Qual moral que o STF(gilmar mendes), tem em falar da PEC dos Vereadores………Se esta casa só entra esse TIPINHO DE JURISTA….Q moral.

  21. paulo
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 10:41 hs

    Quando aos Trucanos que colocaram muitos Ministros ninguem fala. esse discurso de quem tem que ser super inteligente é o preconceito dessa elite brasileira podre e discriminatoria. Precisamos sim de juizes no supremo no estilo do joaquim barbosa, ou tem alguem ai que prefere o Gilmar mendes. O joaquim foi indicaçao do governo popular o gilmar do governo entregista do FHC. Pronto nome aos bois.

  22. Por que o Álvaro ...
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 11:09 hs

    Por que o Álvaro Dias não questionou a indicação do GILMAR MENDES feita pelo amigo FHC?????

  23. ari p/ paulo micoski
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 11:50 hs

    alvaro dias homem de caráter? puxa vida sr Micoski, vá dormir…
    em 2002 sentou no colo do lula pq vislumbrou a possibilidade de assim se eleger governador. não concorda com loteamento de cargos publicos e nomeou em seu governo o irmão secretario de agricultura. tirou a data base, cortou investimento e sucateou a educação do estado, que não se recuperou ainda, mais de 20 anos depois. em 2009 votou para a eleição josé sarney para dffepois se fazer de paladino da justiça.muda de partido politico de acordo com conveniencia eleitoreira (pmdb, pp, ppb, psdb, pdt, e se o lula jogasse um osso, pt tambem).

    Pergunto: o sr Micoski é acessor do ilustre senador Alvaro Dias ou acalanta sonho de adquirir ele próprio o seu lotezinho no serviço público?

  24. Franco
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 12:01 hs

    Que sirva de lição para esse povo que insiste em ESTUDAR, se aprimorar, perder noites de sono fazendo teses e dissertações, cursos de linguas estrangeiras, especializações…

    NÃO ADIANTA NADA, SE NÃO TIVER UM BOM PADRINHO.
    Se para ser presidente não precisa estudar, para ser Ministro do STF só precisa estudar o básicão nível superior…

    Uma idéia para os bacharéis de hoje: Num exercício de futurologia, acho que daqui uns 10-20 anos, no máximo, o PV vai chegar à presidência…
    Esperando o que meu povo ?
    Vão correndo filiar-se ao PV …
    Quem sabe não está aí o corrimão para o STF, STJ ou alguma boquinha qualquer ?

    Estudar é para os fracos.

  25. ISAAC
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 12:18 hs

    Álvaro Dias, no Senado e, Gustavo Fruet, na Câmara Federal, dois politicos que honram todos nós, paranaenses.

  26. Pedro Vigário Neto
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 12:22 hs

    – O aparelhamento do Estado, pela quadrilha, já está em todos os níveis;
    – Uma vergonha;
    – A história vai se encarregar de mostar o absurdo que está sendo este governo;
    – É mau exemplo em todos os níveis. É incompetências em todos os níveis;
    – Parabéns ao Álvaro Dias;

    – Tô de saco cheio desta gente…

    Abraço.

  27. Alessandro
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 12:35 hs

    Ao Dalton:
    Essa é boa. O sujeito foi condenado em dois processos, nunca foi magistrado (aliás, reprovou duas vezes no concurso), só exerce advocacia política (pra piorar do PT, que nem partido constitucionalmente válido é – se quiser te explico), não tem conhecimento acadêmico (lembro que é onde o dever ser das instituições deveria nascer) e, mesmo que não tivesse todas esse currículo de podridão, é novo demais até para ser desembargador (isso se um dia tivesse sido juiz).
    Um cara sem notável saber jurídico ou carreira ilibada. A nomeação é obviamente inconstitucional.
    Não interessa se há alguma objeção sobre o Senador que levantou as questões, interessa que ele falou a verdade caramba!
    Fez seu trabalho na sabatina, que há muito tempo perdeu essa característica de provar o pretendente ao mais alto cargo da magistratura no país.
    Indicar esse sujeito é um desrespeito, e sua aceitação é a certificação de que esse país é uma piada.

  28. Ita
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 13:25 hs

    Álvaro Dias um dos piores Senadores do Brasil, sem moral alguma para questionar alguma coisa. Por que não questionou a indicação do GILMAR MENDES feita pelo amigo seu FHC?
    Porque não questionou tantas coisas erradas do governo FHC?
    Fora Álvaro.

  29. PAULO SERGIO MOREIRA
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 14:24 hs

    Álvaro foi sincero quando publicou em seu blog qual o melhor presidente do Brasil. Lula ou FHC. Ele publicou sem manipular os números. Deu Lula.
    Álvaro foi sincero qundo votou a favor da CPI DA CORRUPÇÃO NO GOVERNO FHC.

  30. BISTEKA
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 15:11 hs

    É ISSO AÍ dalton luiz gonçalves…
    Pra ser advogado é bom e importante mesmo…
    Agora, pra ser ministro, não importa ter ficha podre, não importa mestrado, doutorado, só tem que ser amigo do molusco barbudo, aí POOOODE!
    Pra cuidar da JUSTIÇA BRASILEIRA, um indiciado???
    Vá dormir, sô!!!
    vamos mudar esta constituição, já…já!!!
    Nunca mais teremos indicação do executivo para ministros e desembargadores… Tem dó!
    E também para conselheiros de tribunais de contas…
    Vamos trabalhar nisto???
    Ou teremos (?) outros governadores indicando irmãos, cunhados, primos…É ruimmmmm! Heim?

  31. Alessandro
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 16:39 hs

    É isso aí Bisteka.
    Quem é amigo ou parente do Inéscio da Silva tudo pode.
    Tem uns comentários que perdem totalmente o foco.
    Ao invés de cuidar do problema (nomeação de uma farsa pra Ministro do STF), querem matar o o mensageiro do problema (Álvaro Dias).
    É como se Fernandinho Beira Mar indicasse toda a rota do tráfico, todos constatam que é verdade, mas ninguém faz nada porque ele é um “traficante desonesto e sem vergonha”, e “não tem moral pra falar dos outros”.
    Haja burrice!

  32. EDUARDO
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 23:12 hs

    Quem tanto fala bem do Alvaro Dias por favor fale de alguma coisa que este político fez para beneficiar os trabalhadores, a classe média, a classe pobre e o povo miserável; sério mesmo gostaria de saber se ele já foi autor de algum projeto que seja direcionado a diminuir a concentração de renda já que estamos entre os países campeões nesse odioso quesito.

  33. EDUARDO
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 23:24 hs

    Quem conhece o Alvaro Dias de verdade sabe o que realmente o motiva a fazer o que faz e isso já vem desde o governo do FHC: ele quer holofote, quer estar na mídia, tanto é que quaisquer motivações ideológicas acabam ficando em segundo plano; ele sente uma necessidade voraz de estar na mídia de estar a frente de algum tipo de acusação ou questionamento como se fosse um herói um paladino da justiça; Quem não lembra dele fazendo a mesma coisa no tempo do FHC?

  34. Carlos
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 23:57 hs

    É por isso que os petralhas odeiam o Alvaro Dias, o melhor senador do Brasil, Inteligente , preparado, competente,corajoso e honesto vai dinamitando os desvergonhados petralhas

  35. Elefante
    sexta-feira, 2 de outubro de 2009 – 13:35 hs

    Minha nossa senhoraaaaaaaaaaaaa
    aonde tudo isso vai parar??????????
    pqp…
    tudo o que o sarney fez foi esquecido… da noite pro dia…. que merda de povo que esse Brasil tem deixa esses calhordas fazerem oq querem… agora essa desse IMBECIL do toffoli ser ministro… imundice…

  36. Paulo Micoski
    quarta-feira, 21 de outubro de 2009 – 14:05 hs

    Ora vejam só, eis que aráutes da infâmia, que não têm se quer a coragem de se identificar públicamente, digo isso por que esse é meu verdadeiro nome, pois não tenho medo do que falo ou escrevo e tampouco nada a esconder, e se identificam por pseudônio ou nomes sem família, visando a ocultação, do cadáver do caráter talvez, já estão se incomodando com minhas opiniões, e em vez de se aterem ao assunto em questão, agora dirigem diretamente à minha pessoa… Bom é assim mesmo que tem de ser, quem tem opinião concreta se expõe, segue em frente defendendo suas diretrizes, enquanto estes outros só podem mesmo se direcionar desta maneira mesmo como se dirigem aos outros :
    “…vá dormir..”,
    pois deve ser isso que passam a vida o fazendo, para tentar não ver a realidade que está bem à frente de seus olhos, o que está se fazendo com nosso país e com sua população. Eu e outros tantos, maioria hoje, preferimos permanecer de OLHOS BEM ABERTOS, para construir uma nova realidade para nossa nação.

  37. Lia giacaglia
    quinta-feira, 12 de março de 2015 – 10:59 hs

    Esta errado o método de escolha, em q a raposa escolhe quem devera cuidar do galinheiro… Concurso de títulos e provas e atesado de idoneidade. Nas atuais circunstâncias (mensalão, petrolao, bnds e outros mais q virão aa tona) tb nao filiação, ou atuacao cm advogado de atuais governantes, deveriam ser critérios para escolha.

    Pra q financiamento pra campanhas eleitorais qdo bastaria lista de candidatos e currículo (checado e comprovado!) de cada um, amplamente divulgados na mídia?

  38. marialda
    quinta-feira, 12 de março de 2015 – 11:03 hs

    É a peça que estava faltando, nesse momento para,continuar a camuflagem existente de absurdos,que estão acontecendo nesse governo sem escrúpulo.

  39. Dagmar Barbosa
    quinta-feira, 12 de março de 2015 – 12:12 hs

    realmente é desanimador este país.
    Temos uma oposição fraca e covarde.
    Poucos são os homens que honram sua pátria, o Brasil precisa de mais Sergios Moros, Joaquins Barbosas.

  40. Bello Tavares
    quinta-feira, 12 de março de 2015 – 14:06 hs

    Eu acho que para ser Ministro do STF, a investidura deveria ser através de concurso público. Então mediria-se o QI (quociente de inteligência) do futuro ministro. E como requisito principal ter no mínimo 10 anos de magistratura em tribunais federais. Agora esse QI de quem indica fragiliza a corte né ? Pq não fica aquele sentimento de gratidão ? Sei lá, acho que estamos indo de mal a pior.

  41. Z Lima
    sexta-feira, 13 de março de 2015 – 14:30 hs

    Esse Tofflii possui todos os requisito para se membro desse STF. É amigo do Lula, da Dilma, do Zé Dirceu, do Genoíno, Ainda mais, tem profundo saber jurídico. Duas reprovações em concurso público.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*