Brasil 3 x1 Argentina. Como é bom ganhar dos argentinos | Fábio Campana

Brasil 3 x1 Argentina. Como é bom ganhar dos argentinos

Maradona rezou, levou a partida para Rosário, catimbou. Nada adiantou. Com direito a aplausos dos torcedores hermanos, o Brasil carimbou o passaporte para a Copa do Mundo de 2010 neste sábado, com uma atuação de que mesclou talento e frieza. Sem cair na provocação e no clima de guerra da torcida, a seleção venceu a Argentina por 3 a 1 e garantiu uma das quatro vagas sul-americanas para o Mundial com três rodadas de antecedência.


7 comentários

  1. Roberto
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 0:04 hs

    Ganhar da Argentina é bom, mas ver a cara do Maradona não tem preço….Brasil il il il il il

  2. DON QUIXOTE
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 7:50 hs

    ESTILO GUERREIRO DUNGA.

    Gente, ontem lavei a alma.
    Ví uma seleção atuando sem o medo frouxo, sem o desiquilíbrio emocional que o Maradona se referiu e sempre foi verdadeiro.

    Frouxávamos os garrões para “los gringos”, donos tradicional de uma garra fanática.

    Pensei, puxa como estamos jogando bem, com futebol arte, com garra, que bonito, e como é que evoluiram assim ?

    Comentei com minha mulher que este estilo desta seleção me lembrou o Dunga, que, quando zagueirão de nossa seleção, mesmo quando perdíamos ele nunca esmoreceu. Nunca parou para amarrar as chuteiras, a camisa sempre suada, corria muito, dava cobertura nas falhas dos colegas frouxados, era incansável.

    Lembro de sua imagem focada na TV, sem som da fala, com aquele rosto comprido de descendente de italiano, formando longas rugas de gritos ao redor da boca, gritando, berrando e incentivando seus companheiros atacados pela síndrome do desiquilíbrio da emoção que ele, Dunga, nunca teve, e até dava pitos nestes companheiros, pois também era seu capitão.

    Após o jogo, daquele jeitão modesto do Dunga, ele conferiu a dica;

    “Treinei a seleção no meu estilo de jogo, aliado ao talento e a técnica dos jogadores”.

    Esta é a verdadeira receita feijão com arroz, sem sofistcações de esquemas e táticas com teoremas matemáticos, porém com um dos componentes mais importante que existe no mundo para se chegar lá, para vencer na vida em qualque setor…

    “A GARRA, A DETERMINAÇÃO, E O AMOR POR AQUILO QUE SE ESTÁ FAZENDO. ”

    Este foi o estilo de Dunga durante sua carreira de vencedor com amor.

    PARABÉNS AO DUNGA.

  3. Rei
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 8:21 hs

    Realmente e um gosto diferente ganhar da Argentina
    ainda melhor ainda quando na casa deles
    MARADONA , TU É UM UM GRANDE TECNICO
    CONTINUE ASSIM SEMPRE AO JOGAR COM OS CANARINHO

  4. Reinoldo Hey
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 10:36 hs

    Sou coxa e brasileiro. Adoro Rosário e a Baixada.

  5. V.Lemainski-Cascavel
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 10:53 hs

    É muito lindo ver a vitória do Dunga e seus jogadores. Com humildade, planejamento, seriedade, trabalho e compet|ência, soube enfrentar a campanha da Globo “Adeus Dunga” que, de espinha dobrada, hoje lhe presta reverência e enche de elogios.. Teve coragem de deixar Kaká e Ronaldinho no banco e isso lhe deu autoridade, moral e respeito… Parabéns para todos nós, classificados com antecipação para a próxima copa do mundo.

  6. jeca
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 16:56 hs

    Bem que o Maradona, poderia vir para o Parana coordenar a campanha do Requiao ao senado

  7. Sine qua non
    domingo, 6 de setembro de 2009 – 22:02 hs

    Sou atleticano e brasileiro. Adoro Rosário e o “Coxa”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*