Alvaro questiona isenção de Toffoli para atuar no STF | Fábio Campana

Alvaro questiona
isenção de Toffoli
para atuar no STF

0,,20898909-EX,00

Ao fazer suas argüições ao advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, indicado para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o senador Alvaro Dias, do PSDB, avaliou que são muitas as questões em exame no STF que passaram pelas mãos ou contaram com a participação do candidato. Tal situação, avaliou, acabará forçando que Toffoli se manifeste impedido em todas elas.

— Assim, se o senhor for aprovado para o Supremo, terá que estar sempre de férias. Isto pode também ser considerada uma reputação ilibada? – indagou Alvaro.

Alvaro Dias diz que Toffoli está envolvido diretamente em muitas questões em julgamento no STF

Ao fazer suas argüições ao candidato a ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), José Antonio Dias Toffoli, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) avaliou que são muitas as questões em exame no STF que passaram pelas mãos ou contaram com a participação do candidato. Tal situação, avaliou, acabará forçando que Toffoli se manifeste impedido em todas elas.

– Assim, se o senhor for aprovado para o Supremo terá que estar sempre de férias. Isto pode também ser considerada uma reputação ilibada? – indagou o parlamentar.


8 comentários

  1. V.Lemainski-Cascavel
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 17:05 hs

    Parabéns ao senador Álvaro Dias pelos seus posicionamentos claros e responsáveis diante da indicação do Toffoli para ministro do STF. Atitude corajosa. Não percebi esse cuidado por parte de outros senadores. O senado já errou muito outras vezes por falta de coragem ou medo. Ministro não deveria ser indicado pelo presidente da república. Deveria ser escolhido por concurso.

  2. Vergilho
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 17:15 hs

    O Toffoli é um despreparado, mas o Alvaro também só fala m. Queria saber dele que relação há entre “ser impedido de atuar em feitos” e “ter reputação ilibada”. São coisas absolutamente distintas!!!!! Um comentário desses tira qualquer credibilidade da sabatina!!!!! Cala a boca Alvaro!!!

  3. Pedro Joao Amaral
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 17:22 hs

    Senhores! Quem é o senador Alvaro Dias para questionar os atos do advogado José Antonio Dias Toffoli. Ele se esqueceu que tem as mesmas caracteristicas do advogado, que muda conforme o tom da musica da politica palaciana. Ja foi esquerda, direita, centro esquerda, centro direita, social democrata, etc… E adora bater em professores, é seu passa tempo na política.

  4. DKRC
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 18:47 hs

    Se for assim o Gilmer Mendes nao pode ser ministro tb. Ele opina e esta envolvido em muita coisa tb.

    Alias, pra quem viu a sabatina. Foi uma vergonha.
    NInguem sabia nada sobre direito ali, so fizeram perguntas do tipo “o que vc acha disso”.

  5. Paulo
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 19:47 hs

    a mulher traida não se conforma e continua seu festival de besteira!
    não bastou o cala boca que levou do Celso Amorim??
    ele se parece, e muito, com o coronel do caguiri que fala asneira atras de asneira, leva mijada e continua arrotando arrogância, prepotência e incompetência!!!
    ai meus sais!!!!!!

  6. Ita
    quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 22:44 hs

    Senador sem moral este Álvaro.

  7. maria celia
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 10:48 hs

    O povo precisa aprender a votar, os senadores não merecem o cargo que conquistaram nas urnas, o Lula indica pessoa despreparada, eles aprovam, não poderia exigir outra pessoa com os requisitos que lei determina.

  8. BISTEKA
    quinta-feira, 1 de outubro de 2009 – 15:22 hs

    Neste governo de Lula, pode ficha suja, mensaleiros, mensalinheiros, tudo POOOODE!
    Só não pode gente com ética, moral, civismo, com ficha limpa, etc…
    Gente, quando o Molusco Barbudo sair…. Quando Reiquião saie…. e, o pessoal da limpeza for tirar os tapetes…. MEUS DEUS, quanta SUJEIRA!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*