Osmar realiza encontro regional em Guarapuava | Fábio Campana

Osmar realiza encontro regional em Guarapuava

foto1

Osmar Dias continua em campanha. Coordenou o debate em encontro, neste sábado, em Guarapuava. O reuniu lideranças de nove diferentes partidos. Foram discutidas ações para o desenvolvimento integrado de 31 municípios da região.

foto3

Ao lado de Osmar, o presidente do DEM estadual, Abelardo Lupion, que é apresentado como candidato ao Senado do grupo. Participaram do evento os prefeitos pedetistas de Paranaguá, José Baka Filho; de Rio Bonito do Iguaçu, Sezar Bovino; de Umuarama, Moacir Silva; de Pato Branco, Roberto Viganó, além do deputado estadual Fernando Scanavaca e o vereador de Curitiba, Roberto Hinça.

Ao encerrar o evento, o senador Osmar Dias frisou o compromisso de ampliar os projetos que estão dando certo no Estado e promover ações integradas para o desenvolvimento de todas as regiões. “Quando um governante destrói o que existe de bom quem paga o preço é a população. Não estou aqui vendendo ilusões, mas pregando a esperança de que o nosso Estado será melhor se colocarmos na bandeira do Paraná o amor que temos por nossa terra e pelo nosso País”, afirmou Osmar.

Osmar Dias ouviu as demandas da região e afirmou que a implantação do Hospital Regional em Guarapuava é uma das prioridades incluídas no Projeto Paraná que estará contemplada no plano de governo a ser apresentado pelo PDT no ano que vem. “A saúde pública será um grande desafio para os próximos governadores. No Paraná defendo o melhor aproveitamento das universidades estaduais neste campo e a formação de um circuito de atendimento à saúde com as universidades dando suporte aos hospitais regionais. É uma ação que irá atender a uma grande necessidade da população por um fim no passeio de ambulâncias pelas rodovias que hoje põe em risco a vida dos pacientes”, afirmou.

O líder pedetista elencou os 12 princípios do Projeto Paraná e que farão parte do plano de governo para o Estado, dando destaque à transparência absoluta na gestão e no fortalecimento das empresas públicas. “Nenhum número do Estado ficará escondido da população, sejam dados de despesa, receita, saúde ou segurança. Este é um compromisso, como também o da manutenção das empresas públicas e da melhoria dos serviços por elas prestados. Copel, Sanepar e o Porto de Paranaguá são estratégicos para o Estado e têm vão continuar sendo patrimônios do povo paranaense”, completou.

Osmar destacou ainda que a Educação em Tempo Integral será implantada numa parceria entre Estado e os municípios com atenção especial para comunidades carentes. “As prefeituras do PDT hoje já são referências neste campo. Pato Branco tem 81% dos alunos matriculados em escolas com educação em tempo integral e Paranaguá 75%. Esta é uma semente que estamos plantando e tenho a certeza de que o nosso Estado um dia será referência nacional pela educação em tempo integral e pela valorização dos professores e dos profissionais do magistério”, disse o senador.

No debate do Projeto Paraná em Guarapuava, organizado pelo presidente do PDT na cidade, Paulo Sberze, estiveram presentes representantes do DEM, PP, PTB, PPS, PMDB, PT, PSC e PHS. O presidente do PDT paranaense, deputado estadual Augustinho Zucchi, destacou que os debates são fundamentais para a viabilização e a futura execução de um plano de governo feito com base na realidade do Estado. “Não estamos fazendo comícios. O Projeto Paraná será base de um plano de governo que nascerá da vontade da população. O IBGE apontou Curitiba e Região Metropolitana receberam 400 mil pessoas no ano passado. Todas vindas do interior. Isto prova que um verdadeiro projeto de governo não pode ser feito a partir de Curitiba, mas do interior para a Capital e por quem conhece o Estado por inteiro. Osmar Dias sabe do potencial do Paraná e o PDT tem candidato, palavra, organização e trabalho para executar este grande projeto de desenvolvimento”, salientou Zucchi.

A iniciativa de Osmar Dias de debater regionalmente o desenvolvimento do Paraná foi elogiada pelo prefeito de Guarapuava, cidade anfitriã da sexta edição do encontro, Fernando Ribas Carli (PP). “Nossa região acompanhou os diversos ciclos de desenvolvimento do Estado, desde o tropeirismo, da exploração da erva-mate e do extrativismo da madeira. Hoje, precisamos de um projeto específico de desenvolvimento que contemple o investimento na vocação local, a criação de novas indústrias e a geração de emprego e renda. Guarapuava só irá bem se toda a região for bem”, afirmou o prefeito.

O presidente do DEM no Paraná, deputado federal Abelardo Lupion destacou a presença maciça no encontro de representantes de diversas siglas partidárias e a importância de se debater o Estado a partir do interior. “O verdadeiro líder e estadista é aquele que desenvolve um Estado a partir de sua vocação maior. Aquele que fortalece a capital a partir do investimento no interior”, observou. Para Lupion, o resgate das peculiaridades de todas as regiões do Paraná e o investimento na vocação local, propostos por Osmar Dias, é o caminho para o desenvolvimento do Estado. “Muitos questionam minhas participações nos encontros do Projeto Paraná organizados por Osmar Dias. Estou aqui porque sou um homem de palavra e tenho compromisso com o que entendo ser o melhor para o Paraná. O meu grupo vai estar com Osmar Dias e esta também é a palavra do presidente nacional do meu partido, Rodrigo Maia. Antes da minha candidatura ao senado está a candidatura de Osmar ao governo”, frisou Lupion.

Ao encerrar o evento, o senador Osmar Dias frisou o compromisso de ampliar os projetos que estão dando certo no Estado e promover ações integradas para o desenvolvimento de todas as regiões. “Quando um governante destrói o que existe de bom quem paga o preço é a população. Não estou aqui vendendo ilusões, mas pregando a esperança de que o nosso Estado será melhor se colocarmos na bandeira do Paraná o amor que temos por nossa terra e pelo nosso País”, afirmou Osmar.
Participaram da sexta edição do Projeto Paraná, em Guarapuava, os prefeitos pedetistas de Paranaguá, José Baka Filho; de Rio Bonito do Iguaçu, Sezar Bovino; de Umuarama, Moacir Silva; de Pato Branco Roberto Viganó, além dos deputados estaduais Fernando Scanavaca o deputado federal Wilson Picler e o vereador de Curitiba, Roberto Hinça.

Osmar Dias ouviu as demandas da região e afirmou que a implantação do Hospital Regional em Guarapuava é uma das prioridades incluídas no Projeto Paraná que estará contemplada no plano de governo a ser apresentado pelo PDT no ano que vem. “A saúde pública será um grande desafio para os próximos governadores. No Paraná defendo o melhor aproveitamento das universidades estaduais neste campo e a formação de um circuito de atendimento à saúde com as universidades dando suporte aos hospitais regionais. É uma ação que irá atender a uma grande necessidade da população por um fim no passeio de ambulâncias pelas rodovias que hoje põe em risco a vida dos pacientes”, afirmou.

O líder pedetista elencou os 12 princípios do Projeto Paraná e que farão parte do plano de governo para o Estado, dando destaque à transparência absoluta na gestão e no fortalecimento das empresas públicas. “Nenhum número do Estado ficará escondido da população, sejam dados de despesa, receita, saúde ou segurança. Este é um compromisso, como também o da manutenção das empresas públicas e da melhoria dos serviços por elas prestados. Copel, Sanepar e o Porto de Paranaguá são estratégicos para o Estado e têm vão continuar sendo patrimônios do povo paranaense”, completou.

Osmar destacou ainda que a Educação em Tempo Integral será implantada numa parceria entre Estado e os municípios com atenção especial para comunidades carentes. “As prefeituras do PDT hoje já são referências neste campo. Pato Branco tem 81% dos alunos matriculados em escolas com educação em tempo integral e Paranaguá 75%. Esta é uma semente que estamos plantando e tenho a certeza de que o nosso Estado um dia será referência nacional pela educação em tempo integral e pela valorização dos professores e dos profissionais do magistério”, disse o senador.

No debate do Projeto Paraná em Guarapuava, organizado pelo presidente do PDT na cidade, Paulo Sberze, estiveram presentes representantes do DEM, PP, PTB, PPS, PMDB, PT, PSC e PHS. O presidente do PDT paranaense, deputado estadual Augustinho Zucchi, destacou que os debates são fundamentais para a viabilização e a futura execução de um plano de governo feito com base na realidade do Estado. “Não estamos fazendo comícios. O Projeto Paraná será base de um plano de governo que nascerá da vontade da população. O IBGE apontou Curitiba e Região Metropolitana receberam 400 mil pessoas no ano passado. Todas vindas do interior. Isto prova que um verdadeiro projeto de governo não pode ser feito a partir de Curitiba, mas do interior para a Capital e por quem conhece o Estado por inteiro. Osmar Dias sabe do potencial do Paraná e o PDT tem candidato, palavra, organização e trabalho para executar este grande projeto de desenvolvimento”, salientou Zucchi.

A iniciativa de Osmar Dias de debater regionalmente o desenvolvimento do Paraná foi elogiada pelo prefeito de Guarapuava, cidade anfitriã da sexta edição do encontro, Fernando Ribas Carli (PP). “Nossa região acompanhou os diversos ciclos de desenvolvimento do Estado, desde o tropeirismo, da exploração da erva-mate e do extrativismo da madeira. Hoje, precisamos de um projeto específico de desenvolvimento que contemple o investimento na vocação local, a criação de novas indústrias e a geração de emprego e renda. Guarapuava só irá bem se toda a região for bem”, afirmou o prefeito.

O presidente do DEM no Paraná, deputado federal Abelardo Lupion destacou a presença maciça no encontro de representantes de diversas siglas partidárias e a importância de se debater o Estado a partir do interior. “O verdadeiro líder e estadista é aquele que desenvolve um Estado a partir de sua vocação maior. Aquele que fortalece a capital a partir do investimento no interior”, observou. Para Lupion, o resgate das peculiaridades de todas as regiões do Paraná e o investimento na vocação local, propostos por Osmar Dias, é o caminho para o desenvolvimento do Estado. “Muitos questionam minhas participações nos encontros do Projeto Paraná organizados por Osmar Dias. Estou aqui porque sou um homem de palavra e tenho compromisso com o que entendo ser o melhor para o Paraná. O meu grupo vai estar com Osmar Dias e esta também é a palavra do presidente nacional do meu partido, Rodrigo Maia. Antes da minha candidatura ao senado está a candidatura de Osmar ao governo”, frisou Lupion.

Osmar Dias, líder do PDT no Senado Federal, liderou o debate pelo desenvolvimento regional do Estado em encontro do Projeto Paraná, neste sábado, 26, em Guarapuava. No evento suprapartidário, que reuniu lideranças de nove diferentes partidos, foram discutidas ações para o desenvolvimento integrado de 31 municípios da região. Educação, saúde, segurança, meio ambiente, indústria, comércio e turismo e o fortalecimento agroindustrial foram temas de destaque no encontro.

Osmar Dias ouviu as demandas da região e afirmou que a implantação do Hospital Regional em Guarapuava é uma das prioridades incluídas no Projeto Paraná que estará contemplada no plano de governo a ser apresentado pelo PDT no ano que vem. “A saúde pública será um grande desafio para os próximos governadores. No Paraná defendo o melhor aproveitamento das universidades estaduais neste campo e a formação de um circuito de atendimento à saúde com as universidades dando suporte aos hospitais regionais. É uma ação que irá atender a uma grande necessidade da população por um fim no passeio de ambulâncias pelas rodovias que hoje põe em risco a vida dos pacientes”, afirmou.

O líder pedetista elencou os 12 princípios do Projeto Paraná e que farão parte do plano de governo para o Estado, dando destaque à transparência absoluta na gestão e no fortalecimento das empresas públicas. “Nenhum número do Estado ficará escondido da população, sejam dados de despesa, receita, saúde ou segurança. Este é um compromisso, como também o da manutenção das empresas públicas e da melhoria dos serviços por elas prestados. Copel, Sanepar e o Porto de Paranaguá são estratégicos para o Estado e têm vão continuar sendo patrimônios do povo paranaense”, completou.

Osmar destacou ainda que a Educação em Tempo Integral será implantada numa parceria entre Estado e os municípios com atenção especial para comunidades carentes. “As prefeituras do PDT hoje já são referências neste campo. Pato Branco tem 81% dos alunos matriculados em escolas com educação em tempo integral e Paranaguá 75%. Esta é uma semente que estamos plantando e tenho a certeza de que o nosso Estado um dia será referência nacional pela educação em tempo integral e pela valorização dos professores e dos profissionais do magistério”, disse o senador.

No debate do Projeto Paraná em Guarapuava, organizado pelo presidente do PDT na cidade, Paulo Sberze, estiveram presentes representantes do DEM, PP, PTB, PPS, PMDB, PT, PSC e PHS. O presidente do PDT paranaense, deputado estadual Augustinho Zucchi, destacou que os debates são fundamentais para a viabilização e a futura execução de um plano de governo feito com base na realidade do Estado. “Não estamos fazendo comícios. O Projeto Paraná será base de um plano de governo que nascerá da vontade da população. O IBGE apontou Curitiba e Região Metropolitana receberam 400 mil pessoas no ano passado. Todas vindas do interior. Isto prova que um verdadeiro projeto de governo não pode ser feito a partir de Curitiba, mas do interior para a Capital e por quem conhece o Estado por inteiro. Osmar Dias sabe do potencial do Paraná e o PDT tem candidato, palavra, organização e trabalho para executar este grande projeto de desenvolvimento”, salientou Zucchi.

A iniciativa de Osmar Dias de debater regionalmente o desenvolvimento do Paraná foi elogiada pelo prefeito de Guarapuava, cidade anfitriã da sexta edição do encontro, Fernando Ribas Carli (PP). “Nossa região acompanhou os diversos ciclos de desenvolvimento do Estado, desde o tropeirismo, da exploração da erva-mate e do extrativismo da madeira. Hoje, precisamos de um projeto específico de desenvolvimento que contemple o investimento na vocação local, a criação de novas indústrias e a geração de emprego e renda. Guarapuava só irá bem se toda a região for bem”, afirmou o prefeito.

O presidente do DEM no Paraná, deputado federal Abelardo Lupion destacou a presença maciça no encontro de representantes de diversas siglas partidárias e a importância de se debater o Estado a partir do interior. “O verdadeiro líder e estadista é aquele que desenvolve um Estado a partir de sua vocação maior. Aquele que fortalece a capital a partir do investimento no interior”, observou. Para Lupion, o resgate das peculiaridades de todas as regiões do Paraná e o investimento na vocação local, propostos por Osmar Dias, é o caminho para o desenvolvimento do Estado. “Muitos questionam minhas participações nos encontros do Projeto Paraná organizados por Osmar Dias. Estou aqui porque sou um homem de palavra e tenho compromisso com o que entendo ser o melhor para o Paraná. O meu grupo vai estar com Osmar Dias e esta também é a palavra do presidente nacional do meu partido, Rodrigo Maia. Antes da minha candidatura ao senado está a candidatura de Osmar ao governo”, frisou Lupion.


13 comentários

  1. PABUFE
    sábado, 26 de setembro de 2009 – 21:18 hs

    UÉ, UÉ, UÉ !

    CADE O RICARDO BARROS ?

    NÃO ESTÁ MAIS ACOMPANHANDO O OSMAR DIAS ?
    DEU O FORA DO OSMAR?
    JÁ FOI PRO BEO?

  2. Gilnora
    sábado, 26 de setembro de 2009 – 22:17 hs

    Osmar Dias, futuro governador do Paraná!!!!!!!
    Essa é a tua vez, não tem pra ninguém.

  3. Parnanguarinha
    sábado, 26 de setembro de 2009 – 23:30 hs

    Baka

    Esse prefeitinho não consegue cuidar de Paranaguá e vai dar pitaco no projeto do Osmar?

    Tá maus

  4. GUARAPUAVANO
    domingo, 27 de setembro de 2009 – 0:11 hs

    Otimo CABO ELEITORAL, arrumou o BARBA DE MOLHOI OSMAL DIAS. Quem tem um CARLI ajudando e tem que arrumar votos pra CAMBADA PETISTA E MST NA COLA, junto com o LUPION feudalista-latifundiário, reproduz o saco de gatos da cópula federal LULA/SARNEI/COLOR/RENAN.

    Se por um infortunio qualquer o BETO não puder chegar no dia da eleição, que DEUS livre o Paraná deste infortunio, veremos o PESSUTÃO ou o LINEU TOMAS, ganharem a eleição, poque este BARBA osMAL DIAS, vai se ferrar com este balaio de gatos que formam a sua tchurma.

  5. Menezes
    domingo, 27 de setembro de 2009 – 0:18 hs

    OSMAR É MELHOR VC GARANTIR MAIS 8 ANOS NO SENADO
    E APOIAR O ALVARO PRA GOVERNADOR É SÓ CORRER PRO ABRAÇO..

  6. João Alfredo
    domingo, 27 de setembro de 2009 – 8:35 hs

    Senador Ormar Dias vc é um politico sério, comprometido. Foi o melhor Secretário de Agricultura que o Paraná já teve.
    Só prá nós dois Osmar, pros adversários não ouvirem. e o povo não ficar sabendo. CUIDA COM AS TUAS COMPANHIAS.
    Não sou contra o latifundio, mais sou totalmente contra aqueles que se tornaram latifundiários através da grilagem de terras.

  7. Politico Jovem
    domingo, 27 de setembro de 2009 – 10:53 hs

    As palavras do deputado Lupion me tranquilizam, pois coloca em evidencia que o Osmar nao estará junto com o PT, estará sim com o DEM, com a agricultura, com o ‘paraná rural’.Isso reflete em outra coisa, o PPS tambem irá aderir a campanha do Osmar. E o Betinho vai ter que sair só com o PSDB e o PSB, sem contar que com o PSDB dividido, porque o alvaro vai de osmar…isso é politica

  8. domingo, 27 de setembro de 2009 – 19:15 hs

    OSMAR DIAS (12) DOZE… FUTURO GOVERNADOR DO PARANÁ!

  9. BISTEKA
    domingo, 27 de setembro de 2009 – 19:22 hs

    Os eleitores paranaenses deveriam lembrar-se de que quando LULA foi eleito no primeiro mandato, mandou tirar das ruas e de frente dos palanques os SEM TERRA…BANDEIRAS COM FOICE E MARTELO, (ALIÁS, FOICE E MARTELO É QUE OS SEM TERRA NUNCA NEM SOUBERAM UTILIZAR, TALVEZ NEM SAIBAM PRA QUE SERVE), E LULA, pra felicidade geral da não, dos bolsistas de tudo foi eleito e reeleito!
    Lembram-se os paranaenses que um certo candidato ao governo do Estado chegou a comentar publicamente que para ganhar a eleição faria coligação até com SATANÁS, GANHOU, e levou mais uma, apertada mas levou…
    É só gahar as eleições e colocar cada um em seu devido lugar… E isto o OSMAR, tenham certeza, sabe e muito bem fazer, sem chorumelas!!!
    Vá em frente OSMAR!

  10. domingo, 27 de setembro de 2009 – 19:39 hs

    Caro Jovem politico, você deu na veia, o objetivo é mesmo isolar pilantras, jacus, atrasados, Osmar, Lupion, quem sabe o PPS todos num canto e depois levá-los à Caximba, ai o Paraná será governdado em paz….

  11. domingo, 27 de setembro de 2009 – 21:29 hs

    Sandro

    O Apoio que o Senador OSMAR DIAS tera para ser o futuro Governador do PARANÁ são do povo, o nosso apoio, e não dos partidos, que vão pro lado do dinheiro… Exemplo: PPS.

  12. zeca
    domingo, 27 de setembro de 2009 – 22:54 hs

    Osmar Dias,não esmoreça,vai em frente,você não prometeu ficar 4 anos a mais no senado,prometeu?Então o outro que cumpra o que falou até 2012,o Paraná vota em você para Governador.12.

  13. LITORAL DO PARANÁ
    segunda-feira, 28 de setembro de 2009 – 10:29 hs

    Esse José Baka Filho de Paranaguá é uma piada , aqui em Paranaguá para cada 10 pessoas que você pergunta para quem eles votariam para governador 9 respondem que não vão votar no Osmar por causa do Baka, a cidade está toda esburacada , funcionáris de empreiteiras fazem dois meses que não recebem , alunos de escolas municipais não recebem o uniforme desde o ano passado, se eu for colocar tudo aqui não vai dar ,vai ficar até chato ,enfim, quando fizerem uma pesquisa para governador aqui em Paranaguá o Osmar Dias vai levar um susto , vai está perdendo até para o Pessuiti.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*