Requião prometeu 200 mil casas e não cumpriu, diz Élio Rusch | Fábio Campana

Requião prometeu 200 mil casas e não cumpriu, diz Élio Rusch

rusch

O compromisso de campanha do então candidato ao governo do Paraná, Roberto Requião, realizado em 2002 de que, caso eleito, construiria 200 mil casas populares ficou somente no discurso.

A denúncia foi apresentada hoje pelo líder da Oposição, deputado Élio Rusch (foto), do DEM, durante pronunciamento na Assembleia Legislativa.

“É uma questão que atinge diretamente as pessoas menos favorecidas que vivem em busca de uma casa. Com toda certeza essas pessoas carentes votaram no atual governador e foram enganadas com a falsa promessa de que teriam uma moradia digna”, disse Rusch.

Desde 2003, a Companhia de Habitação do Paraná, (Cohapar) construiu 31.807 residências. “Em seis anos e oito meses de mandato foram construídos apenas 15% do total prometido. Em pouco mais de um ano que lhe resta de mandato o governador não tem condições cumprir o que foi prometido”, ressaltou.

Rusch criticou também a morosidade para o início da construção de novos empreendimentos. Segundo o deputado, informações da Cohapar, obtidas através de requerimento, relatam que convênios com as prefeituras estão sendo assinados.

“Os prefeitos doam os terrenos com a expectativa de que as moradias serão construídas. São 211 terrenos que já foram doados para a Cohapar. Nestes terrenos há a previsão de se construir 12.962 unidades habitacionais. Mas a Cohapar não tem previsão para o início das obras”.

Ainda segundo as informações da Cohapar, existem atualmente 99 empreendimentos em construção no Paraná, o que resultará em 5.210 novas moradias.

“Considerando as unidades já entregues, as que estão em construção e aquelas sem previsão de início das obras, será possível chegar a um total aproximado de 50 mil casas. Será que em pouco mais de um ano o governo conseguirá entregar mais 18 mil casas?”, questionou. “Mesmo assim, ficará muito aquém das 200 mil prometidas em 2002”, completou Rusch.

O líder oposicionista destacou ainda a possibilidade que o Governo do Paraná tem de construir novas moradias através de convênio com o Governo Federal, pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, que tem previsão de construir no Paraná 44.172 moradias.

“Se fosse somar todos os projetos, dos governos Estadual e Federal, não totalizaria 100 mil residências. Sabemos que isso não vai acontecer. Não irão conseguir cumprir. O governo estadual tem feito promessas em vão e só temos que lamentar mais esse factóide do governo Requião”.


7 comentários

  1. V.Lemainski-Cascavel
    quarta-feira, 26 de agosto de 2009 – 19:14 hs

    Não deixa de ser mais um estelionato político de nossa autoridade estadual. Assim foi na agricultura, no pedágio, na segurança, nas estradas alternativas, etc…

  2. jango
    quarta-feira, 26 de agosto de 2009 – 20:20 hs

    E no entanto passa de 200 milhões o passivo judicial do pedágio, aquele do “baixa ou acaba”, outra promessa enganosa de campanha … Só que essa herança maldita, que vai arrombar o erário público, o mesmo povo que não recebeu as 200 mil casas prometidas vai contribuir para pagar através de seus tributos … Isso tudo é o “custo do voto” das últimas eleições.

  3. Eduardo moreno
    quarta-feira, 26 de agosto de 2009 – 20:39 hs

    Também com o Greca na Presidencia vc queria o que hahahhaha coitado é do povão que paga tudo isso.

  4. quarta-feira, 26 de agosto de 2009 – 21:14 hs

    Pô deputado o sr. não é nada bôbo,se fosse não seria deputado, acreditar no que o Duce promete é melhor acreditar em Papai Noel, este ainda constroi castelos de sonhos.
    Em 2010,Duce e Dilma nem pra guardião de rua,eles podem sumir com a rua…

  5. Mutuka
    quarta-feira, 26 de agosto de 2009 – 21:35 hs

    Faço das palavras do Eduardo Moreno as minhas!
    Gordo Greca acabou com a Cohapar.
    Fala Sério!

  6. Marco
    quarta-feira, 26 de agosto de 2009 – 21:52 hs

    Eduardo,
    mas isso vem desde os tempos do Romanelli…a promessa foi em 2002….de 2003 a 2006 o Romanelli esta lá na Cohapar.

    É só mais uma falcatruagem do excelentíssimo governador

  7. O PENSADOR...
    quinta-feira, 27 de agosto de 2009 – 0:05 hs

    E vocês esperavam o que do gorducho comilão???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*