"Requião omite aumento de arrecadação e culpa crise para reduzir gastos", diz Rusch | Fábio Campana

“Requião omite aumento de arrecadação e culpa crise para reduzir gastos”, diz Rusch

elio-rusch-1x

O líder da Oposição, deputado Élio Rusch (foto), disse hoje que a diminuição dos recursos com origem no Fundo de Participação dos Estados é muito menor do que alegou o governador Requião na última “Escolinha” e que não interfere nas contas do Estado.

“Analisei os repasses realizados no primeiro semestre do ano passado e agora em 2009. A redução foi de apenas R$ 34 milhões”, afirmou. Segundo o deputado, em 2008 o repasse do Governo Federal ao Paraná foi de R$ 639 milhões, e agora em 2009 foram R$ 605 milhões.

Rusch lembra que na época em que foi discutido e aprovado o orçamento do governo estadual para o ano de 2009 os parlamentares alertaram para uma revisão nos valores devido a crise mundial.

“O governo ignorou, estimou acima da realidade. Tinha que ter segurado os gastos desde o começo e não o fez. O que estranho é que houve aumento na arrecadação e isso o governo não diz”.

Na mesma analise das contas, Rusch constatou que o ICMS teve um aumento na arrecadação na ordem de R$ 195 milhões. No primeiro semestre de 2009 foi arrecadado R$ 5,83 bilhões, ante R$ 5,64 bilhões em 2008. Já o IPVA sofreu um acréscimo de R$ 142 milhões. No primeiro semestre deste ano o valor arrecadado pelo IPVA foi de R$ 970,4 milhões, já em 2008 o valor foi de R$ 828,5 milhões.

“Só o IPVA representou R$ 71 milhões a mais para o caixa do Estado, já que o valor do IPVA é dividido com os municípios. Esse montante representa o dobro daquilo que foi deixado de arrecadar com a diminuição do FPE. Não tem o porquê de o governo alegar diminuição de recursos para protelar as obras”.

Rusch cita ainda o aumento das alíquotas do ICMS em produtos e serviços essenciais, que culminou no aumento da arrecadação do ICMS.

“O governo aumentou a arrecadação à custa do consumidor paranaense que é obrigado a pagar mais imposto em itens como gasolina, energia elétrica e telefonia. Isso o governo não diz, que promoveu a reforma tributária para reforçar o caixa do estado”, concluiu.


4 comentários

  1. jango
    quarta-feira, 19 de agosto de 2009 – 19:14 hs

    Parabéns, deputado Rusch, é preciso desmascarar o Bacamarte das Araucárias justamente onde ele vem com perorações convenientemente distorcidas. Quem esconde ônibus escolar não vai esconder aumento de arrecadação ?

  2. Leopoldo Vieira
    quarta-feira, 19 de agosto de 2009 – 19:32 hs

    Nisso também o Beto Richa deu um banho no Requião. Segurou os gastos já no início da crise e não culpou ninguém! Assumiu as responsabiliddes pela gestão!
    Mais uma na cabeça do Requião, o bonzão!

  3. André Sobania
    quarta-feira, 19 de agosto de 2009 – 20:53 hs

    Isso ai Deputado Elio Rush,grande companhero de Partido
    Tem que desmascarar o mamonão

    Att

    André Sobania

  4. quarta-feira, 19 de agosto de 2009 – 21:21 hs

    E alguém estranha alguma manobra vinda do Requião. Quando colocam na cabeça que há que tirar esse Homem da vida pública.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*