Requião conseguiu prorrogar concessão da TV Educativa | Fábio Campana

Requião conseguiu prorrogar concessão
da TV Educativa

430509-230x230

Um dos motivos da permanência de Requião em Brasília nestes dias foi a renovação da concessão da TV Educativa que caducou há muito tempo.

A emissora funcionava precariamente. A oposição pediu informações e passou a pressionar para tirar a TV Educativa do ar, um dos principais instrumentos políticos de Requião, que a usa como se fosse sua para fazer autopromoção e achincalhar os adversários.

Requião retransmite pela TV Educativa a programação da Telesur de Hugo Chavez, da Venezuela e inaugurou em Brasília um estúdio para uso dele e de seu irmão Eduardo, que faz as vezes de secretário especial.


10 comentários

  1. Miro
    sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 10:49 hs

    Esse governador Mello e Silva bem que poderia ficar sem mandato de senador.
    O Paraná não merece uma pessoa com maldade no coração.

  2. tata
    sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 13:06 hs

    Estou com muito medo do futuro.
    Como a famíglia Mello e Silva irá sobreviver sem o grande irmão arrumar uma boquinha para eles no serviço público ?

  3. ERNESTO
    sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 13:18 hs

    CADA POVO TEM O GOVERNANTE QUE MERECE!
    NÃO ELEGERAM O REQUIÃO? O LULA? E TANTOS OUTROS DO MESMO NAIPE?
    ENTÃO!
    AGORA ,TODOS PAGAM O PREÇO DA DEMOCRACIA E DA IGNORANCIA DE UM POVO QUE AINDA NÃO APRENDEU A VOTAR.

  4. sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 13:48 hs

    Dêem asas para esse canalha, só depois não se queixem já que ele é da turma do Renam, do Sarney…. – Só gente fina.

  5. jango
    sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 14:35 hs

    Com razão – Ernesto. Você disse palavras seminais: “pagam o preço”. È falta de “contabilidade política”. Aquela de que falava o velho Brecht. A sociedade paga seguidamente o preço desta incompetência e desta malversação do dinheiro público e não é capaz de calcular o “custo do seu voto” feito na eleição para o seu bolso e para a carência das obras e dos serviços públicos, muito deles prometidos solenemente em campanhas, ultimamente no tripé saúde, educação e segurança públicas. Aqui ainda vamos ter como herança o passivo da dívida pública ocasionada pelo governo, entre outros, o passivo judicial milionário do pedágio, noticiado à farta. E tudo isso por conta dos políticos incrustados no Executivo e no Legislativo paranaense, a par do jogo de meio de campo, sem maior envolvimento, do Tribunal de Contas e do Ministério Público estaduais. Então, “eles” fazem o que bem entendem, porque que sabem que nada vai lhes acontecer dada a anomia geral. Lamentável ? Muito mais que isso.

  6. Jorge Ventura
    sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 15:18 hs

    É uma pena ter um governador que não conhece palavras básicas como ética e pudor.
    Está na hora do Paraná mostrar o seu agradecimento ao Rei Bob – O comedor de mamonas – nas próximas eleições.

  7. O Povo
    sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 15:42 hs

    Dinheiro jogado no lixo de uma TV que não tem audiência alguma, dá traço 0 (zero). E é custeada por nós trouxas que pagamos os impostos para mal versação do dinheiro público em brinquedinhos caros do bufão temperamental!

  8. José
    sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 18:04 hs

    Eu votaria no Requião se ele pudesse candidatar-se a presidente da republica. Reconheço o que ele fez e desprezo as promessas corruptas dos demais. Não há como comparar o seu governo com outros. Anteriormente venderam o estado, e depois foram embora do Paraná como um mercenário após o saque. Todos os candidatos são muito ruins. Portanto, não há como acertar no voto. Defeitos todos os governantes do mundo tem. O que importa é ser patriota o suficiente para dar à cara a tapa e enfrentar aqueles que exploram a 500 anos no Brasil. É evidente que se existisse um candidato que ameaçasse as grandes corporações estaria sendo massacrado pelo poder do capitalismo.

  9. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 19:35 hs

    Será que ele prometeu que vai fazer campanha para a Dilma?

  10. Opinião
    sábado, 15 de agosto de 2009 – 11:56 hs

    Faz juz a competência dos profissionais desta TV que trabalham para informar o cidadão de todos seus direitos, por meio de programas educativos, informativos e que destacam serviços gratuitos e projetos. Infelizmente ainda é desconhecido da maioria de telespectadores que só possuem um canal (“globalizado”) em seu aparelho de TV.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*