Paraná tem 31 mortes confirmadas | Fábio Campana

Paraná tem 31 mortes confirmadas

gripe-suina

Bem Paraná

A Secretaria da Saúde divulgou nesta sexta-feira (7) novo boletim epidemiológico que confirma 183 novos casos da nova gripe e seis mortes em consequência da doença. Com isso, o número de casos confirmados no Paraná chega a 784, e o de mortes, a 31.

Das 31 mortes confirmadas, 21 ocorreram na região de Curitiba, três na região de Foz do Iguaçu, dois na região de Jacarezinho e dois na região de Ponta Grossa. As regiões de Londrina, União da Vitória e Maringá têm uma morte registrada cada.

O boletim mostra que 68% dos casos confirmados estão na região de Curitiba — outras 2.804 pessoas aguardam os resultados dos exames. Por outro lado, 1.403 amostras foram descartadas — entre elas, as de sete pacientes que morreram com sintomas de problemas respiratórios.


6 comentários

  1. Vigilante do Portão
    sábado, 8 de agosto de 2009 – 9:16 hs

    É pura invenção, Diria o Requião (até rima, kkk).
    Sujeitinho INCOMPETENTE esse que governa o Paraná, perdeu mais uma boa oportunidade de ficar calado.

  2. Armann
    sábado, 8 de agosto de 2009 – 9:40 hs

    Estive ontem em um cemitério de Curitiba, o qual segundo relato de funcionários, de uma média de 1 a 2 enterros por quinzena passou para 12 enterros na última semana. Sendo que a grande maioria dos óbitos eram devido a pneumonia ( uma das consequências da gripe ).
    Nas estatísticas atuais não está sendo considerado esta consequência direta da gripe suína ( pneumonia ) mas apenas sendo apresentado somente os casos que efetivamente tiveram realizado o teste da gripe !
    Portanto está havendo claramente uma minimização da gravidade e consequentemente os números apresentados não correspondem a realidade.
    Não se trata de alarmar a população mas sim de alertar sobre a gravidade do momento sendo a conscientização, os cuidados de higiene e agrupamento de pessoas o que deve ser destacado !

  3. sábado, 8 de agosto de 2009 – 10:53 hs

    Eu não vou cansar de ser Chato.

    Não vou cansar de repetir.

    Todas as medidas tomadas pelo Governo e secretaria de saúde são Inócuas, elas estão matando os Paranaenses. E não se vê ninguém fazendo nada para que isso mude.

    Vê-se discursos eleitoreiros do Ministro da saúde e um sorrilho de asneiras, já que desde o primeiro dia que o vi falar da Gripe suina percebi que era um atrapalhado decorando frases e não tinha a mínima noção do que ia enfrentar.

    E logo por azar nosso a pior parte da gripe veio parar no PARANÁ.
    Se não houver imposição forte da sociedade e de médicos conscientes as medidas desses incompetentes vão continuar matando gente.

    Sabe de uma coisa Ministro. Eu não pego Gripe suína. Tem idéia do porque? – Não, eu sei, mas isso não me espanta.

    Acordem senão acabam morrendo.

  4. marcos morretes
    sábado, 8 de agosto de 2009 – 11:56 hs

    nao estao divulgando a morte de uma moça gravida de 7 meses de morretes porque?O proprio tio dela pegou o atestado de morte pelo virus h1n1,e avisou todo mundo ,mas a secretaria de saude nao tomou conhecimento?

  5. CURTA E FINA
    domingo, 9 de agosto de 2009 – 21:50 hs

    A Influenza A está matando sim….embora os números bem……sem comentários…..E o nome suína nem cabe ao sub-tipo dela, já que essa variação genômica ataca humanos. Ela não é suína….vulgarmente chamada apenas.E tem gente que acredita ainda, que se ficar perto de suínos, comer carne etc…..pega a gripe…..

    Pois bem. Se formos analisar os números….os casos no mundo estão quase ultrapassando os da gripe Espanhola, que foi também por uma pandemia de influenza. E a gripe Espanhola só acabou rsrsrs quando morreram milhões de pessoas e os sortudos que sobreviveram, sua imunidade venceu o vírus. IMUNIDADEEEEEEEEEEEEEEEE NOS DIAS DE HOJE????????Com tantos fatores de risco como fumo, álcool, drogas, doenças crônicas etc etc etc??????

    Essas medidas de adiar as aulas, etc etc…pouco vai resolver. O vírus circula livremente, não só em lugares fechados mas no ar livre….podendo ficar nos objetos que tocamos. Qualquer pessoa pode adquirir,porém, nem todas apresentarão sintomas mas serão, digamos, portadores dos vírus e contaminarão os demais. Esse é o mais problema. Não se tem controle disso….Pq ninguém vai fazer exame em pessoa sem SINTOMAS…..

    No Paraná, os números estão um tanto quanto disfarçados. SAbe-se de casos de mortes, cuja causa é pneumonia, mas não associada a gripe, e não só na capital, como também no interior. Há que se investigar isso. Pneumonia éuma complicação não só de gripe, mas também de outros fatores como idade, pacientes internados em UTI sob ventilação mecânica e por aí vai…. A população de risco, que são os idosos e crianças não estão sofrendo tanto os efeitos. Quem está morrendo, são os mais jovens. Nos atentemos a isso também!!!!!!!!!!!!

    Se não forem tomadas medidas realmente efetivas…o povo paranaense e por todo o Brasil tbm sofrerá muito mais com isso. Os protocolos do Ministério devem ser quebrados sim, a exemplo de Foz…..e os exames? O LACEN está trabalhando tbm…mas mesmo assim, até que se confirme o caso….de 3 a 4 dias…..até lá, o paciente é posto em quarentena, para aguardar a confirmação eo tratamento. Os hospitais não estão tendo estrutura mais para atender tantos pacientes…..Talvez com isso o governo veja que a SAÚDE ESTÁ DE PERNAS BAMBAS….pq vamos combinar…que a gente vê cada coisa de outro mundo…..

    Quanto a nós pobres mortais…o que resta é nos prevenir….e rezar….rezar muito, para que nossa imunidade seja boa o suficiente para vencer o vírus. E se não for…..rezar do mesmo jeito……

  6. ERNESTO
    segunda-feira, 10 de agosto de 2009 – 8:59 hs

    COMO DISSE UM AMIGO:
    NO PARANA NOS TEMOS A MELHOR GRIPE SUINA DA GALAXIA!
    JA QUE NO PARANA TUDO É O MELHOR!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*