Marina Silva quer refundar PV e admite embate com Dilma | Fábio Campana

Marina Silva quer refundar PV e admite embate com Dilma

0924351

Ao assinar neste domingo sua ficha de filiação ao PV, a senadora Marina Silva (AC) condicionou sua candidatura à Presidência ao que seus aliados chamam de refundação ética do partido e admitiu a possibilidade de confronto com a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) numa eventual disputa eleitoral, informa reportagem de Cátia Seabra, publicada nesta segunda-feira pela Folha de São Paulo.

Embora tenha chorado ao lembrar sua saída do PT, Marina reconheceu divergências com Dilma em matéria ambiental e rechaçou a ideia de trégua eleitoral.

“Não disse que não haveria um embate”, reagiu ela, ao responder especificamente sobre o PT. “As diferenças serão explicitadas no processo. Obviamente já tem uma mais do que explícita, que é a questão da visão de mundo em relação à crise ambiental”, reagiu.

Marina afirmou que o lançamento de sua candidatura dependerá da revisão programática e a reestruturação do PV.


7 comentários

  1. segunda-feira, 31 de agosto de 2009 – 11:06 hs

    O “falatório” é bonito, mas há uma coisa de que ninguém se deve esquecer: Trinta anos de militância Petista e a “amizade” com o Lula.

    Essa Senhora tem condições de “bater de frente” com vantagens com a Mentirosa da Dilma, O que eu ainda não sei, e é bom que isso não se descubra tarde demais, pois essa saída do PT sob alegação de que não existe mais Ética no Partido, pode ou não ser verdade.

    Que não existe ética todo o Mundo sabe o próprio Lula confirma isso, agora essa Senhora falando de reformulassão. Será que isso não é Jogo Duplo. Cuidado.

  2. ILUSÃO
    segunda-feira, 31 de agosto de 2009 – 11:14 hs

    Ela trocou 6 por meia dúzia!
    Refundar esse PV do paraná, é refundar a corrupção.

  3. Alessandro
    segunda-feira, 31 de agosto de 2009 – 11:18 hs

    A Marina é mais uma desgraça na vida da Dilma.
    Faz um ano e meio que o Lula fica fazendo propaganda disfarçada pra Dilma, dizendo que seria ótimo uma mulher presidente. Sem saber, estava de quebra ajudando a Marina.
    O bom da Marina é que ela prejudica a Dilma sem ter força suficiente pra se eleger, o que seria preocupande, considerando que ela tem tudo pra ser um Hugo Chávez de saia.

  4. V.Lemainski-Cascavel
    segunda-feira, 31 de agosto de 2009 – 13:42 hs

    Na natureza é comum algo verde mudar para a cor vermelha. (Ex: frutas). Agora, somente na política se vê uma vermelhinha mudar para verde. Conclusão: Em política tudo é possível, mesmo que contra a natureza. A Marina deve encomodar a turminha do Lulla.

  5. Jacutinga
    segunda-feira, 31 de agosto de 2009 – 14:34 hs

    PV Paraná = mudanças a acontecer…

    Quem viver verá a limpeza!

  6. Dr. Divago
    segunda-feira, 31 de agosto de 2009 – 15:01 hs

    Se Marina vai conseguir se eleger ou não, só o futuro nos dirá, mas, uma coisa é certa. Que ela está deixando a Dilma e o LuLLa de cabelos brancos isso ela está.
    Para um presidente falaciano que temos, a sua propaganda pró presidentes do sexo feminino, acabou é dando uma força para a Marina.
    Se for candidata, a Dilma que se cuide…quáquáquá….pois o seu projeto já foi para o vinagre.

  7. Carlos Eduardo do B
    segunda-feira, 31 de agosto de 2009 – 15:48 hs

    Rapaz. Essa Marina, quando ministra foi, para empregar um termo ecológico, o fim da picada.
    Não sabe nem o que comeu na janta.
    Quer ser presidente da república? Menos Marina, menos.
    PS. Refundar o PV? É a mesma coisa que pedir para o Mello Viana virar homem. Ele até diz que vira, mas não larga da fruta.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*