Justiça limita número de clientes nas agências para evitar a nova gripe | Fábio Campana

Justiça limita número de clientes nas agências para evitar a nova gripe

Para evitar a proliferação do vírus H1N1, a Justiça determinou que, a partir de hoje, as agências monitorem o fluxo de pessoas e permitam o ingresso de, no máximo, dez clientes a cada quatro caixas. Para agências que têm de cinco a oito caixas será permitida a entrada de 20 clientes.

Pela manhã, clientes formaram fila do lado de fora das principais agências bancárias de Curitiba e região metropolitana. A juíza Ana Maria das Graças Veloso, da 7ª Vara do Trabalho de Curitiba, determinou ainda que produtos como álcool-gel, máscaras e lenços descartáveis fiquem à disposição dos clientes e funcionários.


4 comentários

  1. Alguém
    segunda-feira, 10 de agosto de 2009 – 14:36 hs

    O caos tá começando…¬¬ 2012 vem aí!

  2. segunda-feira, 10 de agosto de 2009 – 16:42 hs

    Porque somente os bancos? é excesso de preocupação do sindicato dos bancários? Quem pediu esta providência para a justiça?

  3. DON QUIXOTE.
    segunda-feira, 10 de agosto de 2009 – 18:20 hs

    AFINAL – COMO ESTÁ – ESSA GRIPE ?

    Ás autoridades dizem que não é para se preocupar.

    Agora os bancos tomam esta decisão contra aglomeração nas agências, QUE ESTÁ UM HORROR PELO PÉSSIMO ATENDIMENTO BANCÁRIO.

    Esta atitude dos bancos revelam que a COISA ESTÁ PERIGANDO, É ISSO ?

  4. roque
    segunda-feira, 10 de agosto de 2009 – 21:52 hs

    dia17/08/09 acaba tudo ?kkk oooo povo

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*