Falta de segurança no Paraná é tanta que bandidos assaltam até delegacia | Fábio Campana

Falta de segurança no Paraná é tanta que bandidos assaltam até delegacia

elio-rusch-1x1

O líder da Oposição na Assembleia, deputado Élio Rusch (foto), DEM, considerou uma afronta à comunidade paranaense o assalto à Delegacia do município de Loanda, ocorrido ontem.

“Os alertas para a insegurança que assola o Paraná são feitos, mas o secretário de Segurança e o Governador não dão ouvidos. A falta de segurança chegou ao ponto de fazer com que os bandidos não tenham mais medo de ninguém. Assaltam até delegacia”, lamentou Rusch.

Na invasão, os bandidos jogaram gasolina no corpo da investigadora que estava de plantão e roubaram doze armas além da viatura da delegacia.

“Não podemos aceitar esse descaso com a segurança pública. O governador precisa tomar medidas urgentes para dar condições decentes de trabalho aos policiais paranaenses”.


6 comentários

  1. Netto
    sexta-feira, 7 de agosto de 2009 – 16:33 hs

    Isso é normal. Já não assusta mais. Abs

  2. jango
    sexta-feira, 7 de agosto de 2009 – 17:36 hs

    Impeachment pela Assembléia, não tem quorum. Ministério Público poderia usar a lei de improbidade administrativa, mas não tem cacife. A sociedade, através de suas entidades representativas, não tem interesse, preferem sofrer os assaltos a exigir responsabilização das autoridades. Então, num Estado tomado pela anomia, onde não se calcula o “custo do voto” dado nas eleições, onde “nada é investigado, ninguém é punido”, conforme apostrofou em 2007 o deputado Fruet no Congresso sobre a situação político-administrativa no Paraná, onde ninguém se lembra das promessas de campanha do governador, principalmente quanto á segurança pública (governador foi o primeiro Secretário de Segurança, ilegalmente mas foi e não foi sequer advertido quanto ao fato), promossas não cumpridas como prometidas até hoje, fazer o que ? É preciso repensar os poderes públicos, os governantes, os políticos de profissão, visto que a sociedade já está sossobrando …

  3. sexta-feira, 7 de agosto de 2009 – 18:10 hs

    O Governador não vai fazer nada, à imagem e semelhança do Amigo Lula vai promover a cizânia não só na cidade como no estado é o modus operandi dos incompetentes.

    Para corrigir a segurança pública teria que se destituir o secretário e colocar no lugar alguém com capacidade. Vão fazer isso?

    Não, então nada feito vai continuar isso mesmo.

    2010 está aí – Votem neles….é isso que nos espera.

  4. ofaxineiro
    sexta-feira, 7 de agosto de 2009 – 20:40 hs

    E o ” Roberto Carlos” serve para que…..Troca ele urgente……Bandido quando não respeita mais policia, é porque o comando é fraco…..

  5. R.Silva
    sexta-feira, 7 de agosto de 2009 – 22:48 hs

    A realidade é que, os poucos policiais civis que ainda restam estão desmotivados, estagnados, apáticos, apenas esperando suas aposentadorias para sair desse pesadelo que virou a polícia do Paraná, sistematicamente deteriorada por sucessivas gestões de políticos descompromissados com a segurança da população. O que déspota hipócrita e demagogo está fazendo é dar o golpe de misericórdia nessa institiuição que deveria ser uma das mais valorizadas e importantes do Estado. Afinal, os policiais são a “última barreira” entre nossas famílias e a criminalidade.
    REQUIÃO NÃO!!!

  6. Humberto
    segunda-feira, 10 de agosto de 2009 – 13:55 hs

    A bandidagem podia assaltar o Dellazari, quem sabe ele não acorda!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*