Depois de fugir pela cozinha, presos saem pela porta da frente | Fábio Campana

Depois de fugir pela cozinha, presos saem
pela porta da frente

Dois dias depois de o dentista Edson Simões Castilho, acusado de matar a ex-mulher e a babá da filha do casal, fugir pelo buraco do exaustor (da cozinha que fazia as vezes de cela, na delegacia de Santo Antonio da Platina), mais dois presos fugiram da cadeia no norte do Paraná. E desta vez saíram pela porta da frente.

Às 20h desta quinta-feira, o policial de plantão na delegacia de Santa Mariana, cidade próxima a Londrina, foi rendido no momento em que entregava a refeição. As grades da cela foram serradas por Sérgio Aparecido dos Santos – 32 anos, preso por tráfico de drogas – e Paulo Henrique Alves – 22 anos, detido por furto. Eles trancaram o policial na carceragem. Logo depois, arrombaram o cadeado do portão da delegacia e fugiram tranquilamente.


Um comentário

  1. Paulo Lima
    sábado, 22 de agosto de 2009 – 7:56 hs

    Nunca na historia do Paraná a Segurança Publica esteve tão mal, já tivemos Secretários ruins, mais este que esta no cargo pelo amor de DEUS e sem duvida o pior de todos, e ele se acha o melhor, o acima de tudo, agora esse governo que esta no fim vai deixar uma herança que esta se tornando irreversivel para nos os paranaenses os altos indices de violencia não retornarão ao patamar que era antes, tudo culpa dessa pessoa que se acha o melhor dos melhores, nos os paranaenses deveriamos ir a rua fazer abaixo assinado para pedir para o SENHOR GOVERNADOR retirada desse cidadão do cargo mais importante do governo, chega não da para pessoa ficar brincando de ser secretario.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*