Dentista assassino foge de cadeia no Paraná. Estava preso na cozinha da delegacia | Fábio Campana

Dentista assassino foge de cadeia no Paraná. Estava preso na cozinha da delegacia

A cozinha da delegacia é um lugar seguro para manter preso um homem acusado de matar duas pessoas? Para a Secretaria de Segurança Pública do Paraná é. Mas na vida real é bem diferente.

O dentista Edson Simões Castilho, acusado de matar a ex-mulher e a babá da filha do casal, fugiu hoje de madrugada da Delegacia de Santo Antonio da Platina, Norte do estado.

Segundo a Polícia Civil, Castilho estava detido em uma cozinha, que funciona como cela, junto com outros 11 presos. Ele fugiu pelo buraco do exaustor. Até agora, nem sinal do assassino.

Ouça a entrevista que o delegado Júlio César de Souza, responsável pelo caso, deu à Rádio BandaB:

Ou clique aqui para baixar o arquivo em formato mp3.


4 comentários

  1. bimbo
    quarta-feira, 19 de agosto de 2009 – 16:26 hs

    É o governão do requião !

  2. Paulo Lima
    quinta-feira, 20 de agosto de 2009 – 7:48 hs

    Essa turma só tava preparando um jantarzinho para o DELEGADO E SEUS POLICIAIS nada de mais estarem na cozinha, pois não cometeram crime algum, HOMICIDIO não e nada.

  3. sexta-feira, 21 de agosto de 2009 – 10:24 hs

    Olá Fábio…
    Realmente, seu comentário a respeito da cozinha é muito interessante.
    Meu nome é Thaylise, sou prima do Edson. Em julho tive a oportunidade de visitá-lo na cadeia em Santo Antônio da Platina. Realmente, onde ele estava preso era uma cozinha. Mas, vc precisava passar pela cozinha pra depois passar para o quarto que era integrado a cozinha. Esses presos q estavam lá nesse local, eram os considerados “presos de bom comportamento”. Posso te afirmar com toda convicção que o Edson sempre foi uma pessoa maravilhosa, de ótimo coração. Estava passando por uma situação difícil de depressão. O que não justifica o crime. No entanto, quando ele foi transferido para Curitiba, ele sempre relatou maus-tratos, inclusive, ele emagreceu cerca de 15 kg no curto período de tempo que esteve lá. E no complexo médico penal, tiveram a capacidade de dizer que ele não tem problema nenhum psicológico. Eu AFIRMO que ele tem sim. Uma pessoa que já havia tentado suicídio 2 vezes, comete esse crime, e que chora o tempo todo. É uma pessoa em seu estado NORMAL???
    Estamos torcendo pra que ele se entregue e cumpra a pena que é preciso. Pois, eu creio em nome de Jesus que ele já se arrependeu do que fez!!!

    Grande Abraço!

  4. aterrorizados
    segunda-feira, 24 de agosto de 2009 – 23:22 hs

    é esta prima do individuo fica defendendo eel e a famila destas pessoas q ele matou ,q nemmais magras vaop oder ve las novamentes , esta filha q hj ta com 1 ano quando crescer q a familia vai falar p ela ? pense prima nestas pessoas em vez d defende lo ele é frio e calculista e ´perigoso
    pois quando ele fugiu toda a familia da moça q ele matou teve q sair da cidade com seguranças por medo dele

    isso é vida ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*