Sarney oculta da Justiça Eleitoral casa de R$ 4 milhões em Brasília | Fábio Campana

Sarney oculta da Justiça Eleitoral casa de R$ 4 milhões em Brasília

sarney

Agência Estado

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), ocultou da Justiça Eleitoral a propriedade da casa avaliada em R$ 4 milhões onde mora, na Península dos Ministros, área mais nobre do Lago Sul de Brasília. De acordo com documentos de cartório, o parlamentar comprou a casa do banqueiro Joseph Safra em 1997 por meio de um contrato de gaveta. Em nenhuma das duas eleições disputadas por ele depois da compra – 1998 e 2006 – o imóvel foi incluído nas declarações de bens apresentadas à Justiça Eleitoral.

Sobre a ausência da casa nas declarações registradas na Justiça Eleitoral, a assessoria de Sarney informou, por escrito, que ocorreu um “erro do técnico que providencia a documentação do presidente Sarney junto aos órgãos competentes”. Afirmou ainda que o imóvel consta das “declarações anuais de Imposto de Renda (IR) do presidente, entregues também ao TCU (Tribunal de Contas da União) com frequência anual”.

Dois documentos do próprio senador, arquivados no Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), deixam dúvidas sobre a declaração da casa à Receita Federal. Num dos documentos, apresentado na campanha de 2006, Sarney listou seus bens, mas sem nenhuma referência à casa de R$ 4 milhões em Brasília. Ao final, ele escreveu de próprio punho que aquela lista de bens declarados à Justiça Eleitoral é a reprodução fiel de sua declaração à Receita. “De acordo com minha declaração de bens à Receita Federal em 2006”, registrou o presidente do Senado no rodapé, que leva sua assinaturO outro documento é da campanha anterior, a de 1998. Na ocasião, Sarney juntou ao registro de candidatura uma cópia da sua declaração de IR apresentada à Receita naquele ano. O imóvel avaliado em R$ 4 milhões ficou de fora. Por ter sido comprado em 1997, o imóvel deveria constar da declaração de renda apresentada em 1998, ano-base 1997.


17 comentários

  1. Eleitor
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 11:32 hs

    PAREM COM ISSO.QUANTA CALÚNIA.
    SARNEY NÃO É UMA PESSOA COMUM.
    O PRESIDENTE JÁ BATEU O MARTELO E DISSE QUE A ROUBALHEIRA NESTE PAÍS TEM DE CONTINUAR.
    E PONTO FINAL.
    O BARBUDO SABE QUE SEU ELEITORADO É LEIGO E VAI CONTINUAR MANTENDO A QUADRILHA LÁ.
    V E R G O N H A D E S E R B R A S I L E I R O.

  2. Pelópidas
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 11:33 hs

    Sarney é o cara!
    O cara escolhido para ir embora.
    Tchau.
    Chega, Sarney! É o momento de entrar para a história sem precisar deixar a vida.
    Vai tomar chá na academia, ver a boiada crescer, terminar a trilogia dos “Marimbondos de Fogo – De Porre – De Ressaca”.
    O Brasil, por mais incrível que pareça, sobreviverá a você.
    O Zéquinha está bem encaminhado no PV, a Roseana tá tomando conta da fazenda Maranhão, o bigode tá branco e o poder se esvai.
    Vai! Vai! Vai para casa Sarney. Essa será a sua maior contribuição ao Brasil, as brasileiras e aos brasileiros.

  3. cejota
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 11:34 hs

    ele tem razão em não declarar, afinal a casa é do povo….o povo que pagou

  4. bimbo
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 11:45 hs

    Ele vai dizer que não sabia que a casa era dêle, A CASA CAIU sarney PEDE PRÁ SAIR.

  5. CLOVIS PENA -
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 11:59 hs

    Caiu a casa !!!!
    Que estoure de uma vez tudo, para que um bom saneamento melhore a representação do interesse público no Brasil.

  6. jango
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 12:31 hs

    Realmente, com razão Lula, Sarney não é uma pessoa “comum” …

  7. Teodoro
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 12:33 hs

    Esse sujeito só tem maracutaia e trambiques!

  8. Vigilante do POrtão
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 12:56 hs

    Caso o Brasil fosse um país sério e o Sr Sarney tivesse vergonha na cara, teria renunciado ao cargo de Senador.
    No entanto, vai ficar até o último dia, apoiado pelo “farsante da Silva e cia.”

  9. V.Lemainski-Cascavel
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 13:43 hs

    Que o Sarney é corrupto e estelionatário eleitoral todo o mundo já sabe. Agora, o Lula colocar-se ao lado do mesmo e defendê-lo para mantê-lo na presidência do Senado, aí já é demais. É muita areia para o nosso caminhão!…
    É a turma do não sabia!….

  10. E AI LULINHA?
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 14:18 hs

    Você ainda tem a cara de pau de proteger este sem vergonha do SARNEI?

    Seja um homem público responsável.
    Haja com honrades, vocêr não percebe o quanto o SARNEI nos prejuficou ao longo de sua vida pública?

    Que é isso, “Vossa Excelência”, ja passou dos limites, o que você tem que se meter no Senado?

    Trate de dar emprego ao cidadão brasileiro que o elegeu e não esmola como bolsa família e outros assistencialismos de cunho eleitoral.

    Tenha dignidade e respeito pelo povo brasileiro e fale publicamente que o SARNEI, pelo bem da nação deve se afastar.

    Háaa, eu sabia, você não é homem para tanto pois você so tem interesse próprio.

  11. Edmond Dantes
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 16:49 hs

    Ele não sabia que tinha esta casa, assim como não sabia que recebia auxílio moradia.

  12. rozane
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 17:57 hs

    É UM TREMENDO CARA-DE-PAU. E DEPOIS VEM A FILHINHA, TAMBÉM CARA-DE-PAU DIZER QUE ‘PAPAI VAI FAZER O QUE É MELHOR PARA A NAÇÃO . ORA POIS, #FORA SARNEY.

  13. newton gusso
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 17:59 hs

    Este caquético e dissimulado senhor, esquece e não sabe de nada, só sabe se lucupretar deste “idiota pais” de quem muito já tirou. Não sabia dos netos no senado, agora esqueceu da mansão,etc…etc… isso é o Presidente da “Camara alta”, será que ele pensa ainda estar vivo.

  14. SOLANGE LOPES
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 18:36 hs

    Agora pouco, li em um jornal uma declaração do Sarney, dizendo que o problema da não existencia desta casa em seu imposto de renda, foi causada pelo seu contador que simplesmente esqueceu de declarar. Isto é um escarnio. Isto é pisar no povo brasileiro. E o Lula acha que ele está certo, que o cara é um poço de honestidade, um ícone da política brasileira. Esta é a política nacional. E o povo? Se não quiserem acreditar que é a pura verdade, que se fodam.

  15. CURTO e GROSSO
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 19:14 hs

    É… cada qual tem os “SARNEYs” que merece, ou que lhe é enfiado goela abaixo, a seco, sem mel nem vaselina.
    No Maranhão e no Senado em Brasília, é ele mesmo : José Sarney. No Pará, o “Sarney” responde pelo nome de Jader Barbalho. Na Bahia, assume o nome do clã representado pela herança política de ACM, o Toninho Malvadeza. Em Santa Catarina, talvez fossem os Bornhausen, e assim por diante o coronelismo se faz presente de norte a sul, de leste a oeste neste nosso Brasil, Pátria amada, idolatrada, salve, salve..! E, para não destoar da média nacional, também nos campos de Guarapuava, neste nosso Paraná, impera o coronelismo Carli, aquele mesmo… do pai-prefeito do ex-deputado playboyzinho bêbado que matou dois no acidente que provocou em Curitiba. E, a propósito, como andam as investigações ? O inquérito está concluído ? Seu delegado Braga, já mandou o inquérito para o MP ? Dr. Promotor, o ex-deputado vai ser denunciado por duplo homicídio com dolo eventual ?
    Apesar dos escândalos no cenário político nacional, protagonizados por José Sarney, a sociedade paranaense NÃO ESQUECEU o caso Ribas Carli…

  16. Vergonha Nacional...
    sexta-feira, 3 de julho de 2009 – 23:28 hs

    Só burro não percebe que o apoio do Sr.Luis Ignacio da Silva ao Sr.José Sarney em meio a tantas denúncias de desvio,é porque o “Lula tem” todos os rabos presos” com o Sarney,e faz parte do esquema,sabe como é…-um favorzinho aquí…-uma ajudinha alí…,é capaz do Lula cair junto com o Sarney se isto acontecer!!!…

  17. sarnento
    quarta-feira, 16 de setembro de 2009 – 12:12 hs

    Que velho mais safado e sem vergonha!!! O que me deixa com vegonha, é o nosso querido povo nordestino votar neste cara de pau!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*