"Para o Senado é bom ter um funcionário como eu", diz namorado da neta de Sarney | Fábio Campana

“Para o Senado é bom
ter um funcionário como eu”, diz namorado da neta de Sarney

sarney.1


Henrique Dias Bernardes, na terceira fila à direita, no casamento da filha de Agaciel. Na primeira fila, José Sarney (Foto: Ailton de Freitas/Agência O Globo)

Apontado como o principal motivo do agravamento da crise em torno do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), Henrique Dias Bernardes, 27, namorado da neta do peemedebista, sustenta que não vê ilegalidade na interferência de Sarney em sua contratação na Casa Legislativa.

Para o Senado é bom ter um funcionário como eu, diz namorado da neta de Sarney. “Todos os parlamentares têm direito a cargos comissionados. São para pessoas de confiança. Não tenho parentesco com ninguém. Nem de terceiro grau. Não há ato ilícito nenhum”, disse em entrevista à Folha Online.

Nomeado por ato secreto para um cargo na Diretoria Geral, Bernardes foi deslocado para a área administrativa no serviço médico do Senado. Por lá, ele diz que trabalha oito horas diárias e não demonstra constrangimento com a divulgação dos áudios da Polícia Federal que indicariam que o presidente do Senado negociou sua contratação.

O servidor afirmou que não pensa em deixar o trabalho na direção da SAMS (Secretaria de Assistência Médica e Social do Senado).

Sem querer comentar a ligação com Maria Beatriz Sarney, neta do presidente do Senado, Bernardes disse que não conquistou o cargo só pela indicação do peemedebista, mas também pelo currículo. Pessoas próximas a Bernardes dizem que o namoro terminou.

Formado em física e pós-graduado em contabilidade e economia na UNB (Universidade de Brasília), ele acredita que é gabaritado para a função.

“Sou um profissional altamente preparado, tanto por conta da minha formação universitária como da minha pós-graduação. Além disso, tenho experiência na iniciativa privada, como gerente administrativo e financeiro. Para a Casa, é bom ter um funcionário como eu”, afirmou.

A tranquilidade de Bernardes com a indicação política é partilhada por outros servidores do Senado. Durante a entrevista, um médico esteve na sala da direção e se solidarizou com ele. Abraçou-o e falou para não ter vergonha de nada, que todo mundo foi indicado por alguém.

“Presto meu serviço com muita competência e excelência. Sou assíduo, trabalho todos os dias. Pode perguntar. Todos vão falar bem de mim”, afirmou. O diretor da SAMS, o médico Paulo Ramalho, disse que não tem nenhuma queixa contra o funcionário. “Ele faz seu trabalho direitinho.”

A contratação de Bernardes complicou a situação de Sarney. O PSDB vai apresentar uma representação contra o peemedebista no Conselho de Ética pela interferência a favor da nomeação dele. O DEM também discute uma representação pelo mesmo motivo. O PT defendeu o afastamento de Sarney e considerou “graves” as acusações.

A diretoria Geral da Casa informou que o servidor deve ser demitido. Bernardes é um dos 218 funcionários identificados pela comissão que foi criada por Sarney para analisar a anulação dos atos secretos.

A expectativa é que ele seja exonerado com os outros servidores em até 20 dias, quando termina o prazo para que a comissão conclua os trabalhos e apresente um relatório final com recomendações sobre a revogação das decisões administrativas que foram mantidas em sigilo nos últimos 14 anos.

A demissão depende do cruzamento de dados da lista de atos secretos com os diários do Senado. Nesta semana, a diretoria geral identificou que, das 663 decisões administrativas mantidas em sigilo, 152 cumpriram parte das exigências constitucionais. Caso a nomeação de Bernardes seja apontada como correta, a exoneração dependerá do diretor-geral Haroldo Tajra


10 comentários

  1. Ita
    sexta-feira, 24 de julho de 2009 – 16:20 hs

    Pior que é verdade, ele não é parente do Sarney.
    E também existe cargos de confiança no senado, e assim sendo o Sarney e os demais contratam quem eles querem basta ser de confiança dos mesmos.
    Porque não fazem uma lei que acabe com esta possibilidade de cargo de confiança, e que seja contratado somente com concurso público.
    Isto que acontece é politicagem dos que estão querendo se parecer.
    Vão trabalhar em algo que beneficie o povo Brasileiro e parem de perder tempo com isto. Ou não tem o que fazer?
    se não tem façam uma lei para diminuir de 81 para 30 Senadores.

  2. Ita
    sexta-feira, 24 de julho de 2009 – 16:56 hs

    Talvez ele esteja trabalhando mais que muitos senadores que andam em campanha por ai e não estão trabalhando.

  3. bimbo
    sexta-feira, 24 de julho de 2009 – 16:59 hs

    Ué , então é so fazer um concurso qualquer e passar, já que é tão competente, é fácil .

  4. jeca
    sexta-feira, 24 de julho de 2009 – 18:10 hs

    Sera que o Sarnei nao tem mais uma neta, gostaria tanto de trabalhar no senado

  5. Péricles Trotta
    sexta-feira, 24 de julho de 2009 – 20:45 hs

    Cabra sem-vergonha! Queria saber se não estivesse cam a neta do sarney se entraria.

  6. Luis Adolfo Kutax
    sexta-feira, 24 de julho de 2009 – 22:05 hs

    Estampa a que ponto de corrupção chegamos neste país, em que tudo se tornou aceitável. Se ele fosse competente faria concurso público e passaria e não dependeria de viver de opulências num país onde a miséria pode ser vista em todo lugar. Talvez o narcotráfico cause menos mal para a sociedade do que estas pessoas que se apoderam do dinheiro que não chega para salvar vidas no sistema de saúde. Mas pela nossa incompetência de reação nada mais do que merecido…

  7. DON QUIXOTE
    sábado, 25 de julho de 2009 – 10:07 hs

    CRIMINOSOS !

    CADEIA É POUCO PARA O SARNEY E TODA A FAMÍLIA DE ESTELIONATÁRIOS DO ESTADO BRASILEIRO.

    ELE NÃO INIMPUTÁVEL.

    SE COMETEU CRIME, QUE VÁ VER O SOL NASCER QUADRADO, ESTE VERDADEIRO SANGUE-SUGA DA NAÇÃO, DO MARANHÃO E AMAPÁ.

    PULHAS, LADRÕES DA NAÇÃO, ASSASSINOS DA DEMOCRACIA, E DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

    FORA VAGABUNDOS.

  8. DON QUIXOTE
    sábado, 25 de julho de 2009 – 10:17 hs

    CUSO DE RECILCAGEM AOS SENADORES.

    O Senado bem que poderia entrar EM RECESSO VOLUNTA´RIO, POR TRINTA DIAS, PARA QUE TODOS OS SENADORES, TODOS MESMO, FIZESSEM UM CURSINHO DE RECICLAGEM, , DE CIDADANIA, CONSTITUIÇÃO, DIREITOS E OBRIGAÇÕES, E FEITURA DE UM CÓDIGO DE CONDUTA DOS SENADORES NO PLENÁRIO, COM UMA BOA REFORMA NO REGIMENTO INTERNO DO SENADO, PARA SE IMPEDIR QUE ALGUNS SENADORTES ROUBEM A NAÇÃO, E DESTRUAM DE VEZ COM A FRÁGIL DEMOCRACIA.

    O LULA QUE CAIA FORA DESTA DE APOIAR ESTE PULHA DO SARNEY E SEUS FAMILIARES, SAQUEADORES DO ORÇAMENTO DO SENADO FEDERAL, E COM CERTEZA DE OUTROS LOCAIS DA REPÚBLICA POR AÍ.

    NO DIREITO ADMINISTRATIVO, O QUE O SARNEY E SEUS FAMILIARES FIZERAM COM O DINHEIRO DO SENADO FEDERAL, É CRIME SIM, SR. LULA. CONSULTE SEU ADVOGADO.

    CAIA FOIRA LULA

  9. Zé bola
    sábado, 25 de julho de 2009 – 18:23 hs

    Tinha que ser babaca, chifrudo tambem não é parente, vai escorniado, esbalde-se nas costa do brasileiro enquanto pode. Este agaciel que figura, logico cumprisses entre si’s senadores e diretores, ladrçoes desgraçados..

  10. Rogerio
    sábado, 1 de agosto de 2009 – 16:34 hs

    Deviam só entrar por concurso público. Acontece que os politicos são espertos, fazem concursos dificilimos pra passar pouca gente, e esses que passam tem que esperar um ou dois anos pra serem chamados, além disso são pouquissimas vagas. Aí sobra mais vagas pra esses despreparados que são apadrinhados por tipos desprezíveis como Sarney.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*