O caos nas estradas do Paraná | Fábio Campana

O caos nas estradas
do Paraná

ney

Para rodar os 34 km entre Arapoti e Wenceslau Braz, pela PR-092, o motorista tem que rezar dez “Pai-Nossos” e cem “Ave-Marias”, tal é a condição da rodovia estadual neste trecho.

Buracos, mato no acostamento e nenhuma sinalização. Há mais de três anos, o deputado Ney Leprevost (foto), do PP, protocola pedidos de providências urgentes junto ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) do Paraná. E nada foi feito.

“Pessoas colocam a vida em risco todos os dias e o governo estadual ignora a situação dessa rodovia. Na segunda-feira (13), vou protocolar no DER mais um pedido de providências, com cópia para o Ministério Público”, disse Leprevost.


16 comentários

  1. Rossby
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 18:16 hs

    Há quantos anos aquela estrada está entregue ao “Deus dará…”!!!
    Talvez seja porque os prefeitos são sejam da “tchurma” de Bob Req…
    Já desisti de utilizar aquele trecho, é muito perigoso… prefiro pagar pedágio…
    Se aquela estrada é um exemplo das “Estradas da Liberdade”… estamos fritos…

  2. JAIR caminhoneiro
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 18:24 hs

    Esses 34 Km é o espelho de nossos governantes; um verdadeiro caos.

  3. PINHAIS
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 19:28 hs

    ESTAS SÃO AS ESTRADAS DA LIBERDADE QUE O GOVERNADOR FALAVA, LIBERDADE PRA ELE NÃO FAZER NADA!!!!!!

  4. Leitor
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 19:38 hs

    Mas não tinham recuperado essa estrada??

    Vide matéria publicada na AEN em 04/08/2008:

    http://www.aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=39867

    Governo do onibus parado e da rodovia casca de ovo.

  5. Divino Santos
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 20:31 hs

    Conheço a região, é muito complicado aquele povo de lá, todos são farinha do mesmo saco do governador. Parabéns deputado cuida do meu povo que moram naquela região de jaguariaiva e Ibaiti.

  6. quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 21:30 hs

    Amigos o Paraná é um Estado MARAVILHOSO, mas está exatamente como o Brasil, aliás O Governo dos dois é feito por “cumpanheiro”.

    Incompetentes e Desregrados. Votem neles novamente votem. Só não se queixem depois.

    Não há Governo,

  7. Cidadão de olho
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 21:43 hs

    Muito bem, deputado … esta situação não é de hoje, vem do governo Lerner e continuou no governo do Sr. Requião… e ainda continuamos a pagar pedágio, IPVA e o tal do imposto sobre combustivel …

    Requião, menos conversa e mais ação …

    Ainda sobre crianças …

    Governador, não esqueça de autorizar a liberação da subvenção social para as creches/pré-escolas do serviço público do Paraná, sem repasse desde janeiro de 2009.

    Vários projetos educacionais de mais de 20 anos, não podem acabar num governo de 4 anos.

  8. Miro
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 22:07 hs

    Parabens deputado em denunciar.
    Prefiro pagar o pedágio, porque tem segurança.
    Diferente do que o governador Mello e Silva fica dizendo.

  9. quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 22:37 hs

    Se não existissem as estradas pedagiadas seria o caos total.

  10. cejota
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 22:54 hs

    imaginem se nao tivesse pedágio?

  11. Ricardo
    quinta-feira, 9 de julho de 2009 – 23:11 hs

    Falando em estrada, os cerca de 40 km que ligam Dois Vizinhos a Beltrão são de doer. Tem buraco na beira da estrada esperando a vez de entrar na pista.

    E o pior, tem que ver o DER consertando… jogam piche do alto do caminhao da pista e nao se preocupam nem em acertar o buraco.
    Só serve pra jogar pedrinhas nos parabrisa e na lataria, da um prejuizo danado essa merda.

  12. Eu em!!
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 11:13 hs

    Tá!! Essas estradas não são as mesmas, as quais, eram feitas propagandas paga com o nosso dinheiro cujo a mesma tinha como garoto propagando um tal de ” reporte cidadão” que andava pelas estradas “lindas e maravilhosas” e que hoje estão “descascando” ou ” casca de ovo”….E o tal de abaixa ou acaba(pedágio), como ficou??

  13. sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 13:17 hs

    Perá ai pessoal, são 8 mil KM que foram recuperados pelo estado. Esses trechos não foram incluidos???? é que foi feito o completo asfaltamento entre fim do mundo e mundo no fim, e não sobrou dinheiro pra fazer trechos importantes. Só está se seguindo a carta de Puebla que prega que o mais “rico” deve sustentar o mais pobre, nesse caso, não se faz na rodovia principal, mas sim na secundária…visão o governo estadual……depois ainda reclamam do pedágio.

  14. Lauro
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 15:41 hs

    É preferivel pagar pedágio do que correr riscos. Esta estrada já deveria ter sido privatizada há muito tempo para economizar gastos com manutenção de veículos e riscos para vidas humanas. Já que o governo só arrecada mas não faz, alguém tem que fazer.

  15. Pavao misterioso
    sábado, 11 de julho de 2009 – 9:52 hs

    Esse vagabundo do Requião e seus cupinchas quando vem para região a cata de votos e outras midias pessoais utilizam helicopteros para nao passar pelos buracos aqui deixados, vamos ver se o cabra é macho mesmo e tem coragem de vir de carro (entenda-se fiat 147) pelas estradas da liberdade como ele mesmo intitulou.
    duvido que faça isso. Fanfarrão

  16. Pavao misterioso
    sábado, 11 de julho de 2009 – 9:56 hs

    Esse porco do Requião tra mais interessado em fazer midia pessoal, pois não libera nem os onibus da educação e saude que estao apodrecendo no patio do palacio e dizem que esta mumia paralitica só vai faze-lo em datas festivas, enquanto isso o asfalto estraga e o povo se ????, alias o povo só serve em epoca de eleição depois só atrapalha, né porcão

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*