Minc e Stephanes em Curitiba. Até aqui, sem acordo sobre o Código Florestal | Fábio Campana

Minc e Stephanes em Curitiba. Até aqui, sem acordo sobre o Código Florestal

stephanes_minc

No Salão de Atos do Parque Barigüi, o Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc. Em um hotel, do outro lado da cidade, o Ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes. Os dois vieram a Curitiba hoje. Cada um de um lado. Cada um defendendo sua posição e, até aqui, nenhum consenso sobre o Código Florestal.

“Não tem sido fácil as conversas com Minc. Até porque ele tem um preconceito com os produtores ruarais e os chamou de “vigaristas”. Ele é um homem de Ipanema e não conhece a produção agrícola”, disse Stephanes que ainda aposta em um entendimento. “Temos um problema e temos que encontrar uma solução. Estamos conversando”, afirmou Stephanes que veio participar de um evento na Federação da Agricultura.

Minc veio a Curitiba lançar a certificação Life, um selo com o objetivo de reconhecer ações de conservação da biodiversidade. Na entrevista coletiva, fugiu de qualquer assunto polêmico.


8 comentários

  1. ops
    sexta-feira, 17 de julho de 2009 – 17:07 hs

    o problema é que tem muito (grande) produtor rural vigarista mesmo.trabalho escravo pra baixo…chamar o minc de homem de ipanema é golpe baixo. os “homens do interior” pelo visto também não conhecem muito de preservação ambiental…

  2. ofaxineiro
    sexta-feira, 17 de julho de 2009 – 17:57 hs

    O Stephanes, este Minc é um idiota que se acha ecologista, não de bola para ele, “baseado” em algumas informações e depois da passeata da “maconha” parece que ele vive nas nuvens…..

  3. Carlinhos
    sexta-feira, 17 de julho de 2009 – 21:19 hs

    Que esperar de um ministro que reprovou no curso de sargento na época do exercito?
    Serviu no quartel do boqueirão. Quem será?

  4. bacamarte
    sábado, 18 de julho de 2009 – 0:09 hs

    A besta e o besta!
    O arrogante e o ignorante!

  5. SYLVIO SEBASTIANI
    sábado, 18 de julho de 2009 – 18:48 hs

    Nesse confronto é melhor chamar o deputado Valdir Rossoni, para ser o mediador.

  6. LEAD
    domingo, 19 de julho de 2009 – 8:54 hs

    O Ministro Estefanes está a serviço da Monsanto e outras multinacionais fabricantes de transgênicos e agrotóxicos. Desejam eles liberar mais terras para despejarem mais veneno e plantarem mais transgênicos, empesteando o nosso meio ambiente e os nossos rios. Não pensam em corredores de biodiversidade para proteger o que resta da nossa fauna e flora. Estão também a serviço dos usineiros e plantadores de cana que durante as queimadas empesteiam o ar que respiramos. Esses ruralistas são sim, uns vigaristas!!!

  7. BAG DO PORTAO
    segunda-feira, 20 de julho de 2009 – 19:32 hs

    EU AMO O MINISTRO MINCONHEIRO HEHEHEHE

  8. segunda-feira, 20 de julho de 2009 – 21:33 hs

    Srr ministro Reinhold Stephanes, o sr já passou por tantas agruras na vida ,não deixe esse senhor de colete lhe fazer á cabeça, vá em frente nos seus projetos e ideais,,,não é á toa que o sr foi chamdo 3 vezes por diferentes presidentes,,,competencia é isso ai….um abraço Girardi

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*