Ex-deputado admite envolvimento em acidente que matou duas pessoas | Fábio Campana

Ex-deputado admite envolvimento em acidente que matou duas pessoas

Osmar Nunes na Gazeta do Povo

O ex-deputado estadual Arlindo Adelino Troian(PMDB), 72 anos, se apresentou nesta quinta-feira (9) à tarde à polícia na Delegacia de Paranavaí e assumiu que estava dirigindo a Saveiro que se envolveu num acidente sexta-feira (3) na rodovia BR-376, em Paranavaí, no trevo de saída para Loanda ao se chocar com uma camioneta GMC 3500. Duas pessoas morreram no local do acidente e uma ficou ferida. Troian não se feriu, nem ficou no local e só foi identificado pela polícia porque esqueceu um telefone celular e notas com o nome dele dentro do carro.

Além do motorista da camionhete Claudinei Celso da Fonseca, 35, também morreu o colega dele Emerson de Andrade Júnior, 28, que chegou a ser atendido pelos bombeiros, mas faleceu a caminho do hospital. Eles foram arremessados para fora do carro. O terceiro ocupante do veículo que trafegava no sentido Maringá a Loanda, Nicanor Ribeiro, era o único que usava o cinto de segurança e sofreu ferimentos leves. Em depoimento, Ribeiro afirmou ter visto quando a Saveiro branca, conduzida por Troian cruzou a pista e ainda gritou para Fonseca. “A colisão aconteceu quando ele tentou desviar e bateu na traseira do carro”.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que atendeu a ocorrência, dentro do carro abandonado havia ainda um revólver calibre 38 e munição, que foram encaminhados para a Polícia Civil.

Acompanhado do advogado Roosevelt Arraes, de Curitiba, Troian falou pouco com a imprensa e proibiu imagens dele, alegando que isso poderia prejudicar sua popularidade na cidade onde tem sua base eleitoral. Ele disse apenas que tudo não passou de uma fatalidade. “Eu parei o carro no trevo e olhei para os dois lados. Não vi ninguém, por isso cruzei. Depois ouvi o estrondo que parecia um avião caindo”. Ele garante que permaneceu no local do acidente até a chegada dos bombeiros e depois um amigo (o nome não foi revelado) o apanhou e o levou para casa em Nova Londrina. Ele disse que não se apresentou antes porque estava abalado e com dores no corpo. Cogitado na região como pré-candidato a deputado estadual em 2010, Troian afirma que, no momento, não tem cabeça para pensar em política.

O detalhe é que o ex-prefeito não se identificou nos dias após o acidente. O delegado Ítalo César Sega disse que a polícia só chegou até o nome do ex-prefeito pelo celular que ficou no carro e as notas fiscais de materiais de construção que ele havia comprado em Paranavaí. Na segunda-feira, o delgado foi até a casa de Troian, mas não o encontrou. Na terça-feira a defesa dele avisou que a apresentação seria nesta quinta.

Sega adiantou que o ex-prefeito foi indiciado por duplo homicídio culposo (quando não há a intenção), mas vai responder ao processo em liberdade.

Carteira vencida

A Carteira Nacional de Habilitação(CNH) de Troian venceu no dia 26 de junho passado e está dentro do prazo de 30 dias para renovação. A polícia informou que não foi feito exame de dosagem alcoólica nos envolvidos no acidente. Sega afirma que não há suspeitas de que Troian estaria embriagado, já que há provas de que ele estava resolvendo problemas na cidade e voltava para casa quando aconteceu a colisão no fim da tarde.

Troian é agropecuarista e proprietário de uma rádio na região Noroeste. Foi eleito deputado estadual para legislatura de 1990 a 1994, além de ter sido prefeito de Nova Londrina por três mandatos: 1983 a 1988, 2001 a 2004 e 2005 a 2008.

De Osmar Nunes, correspondente, colaborou Hélio Strassacapa, do Jornal de Maringá Online


17 comentários

  1. CLOVIS PENA --
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 9:42 hs

    Muito lamentável principalmente em relação às vidas perdidas.
    Conheci o Arlindo há mais de 20 anos, quando era prefeito. Pessoa excelente, calmo, batalhador e com uma proposta humanitária de vida.
    Com o meu pesar, presto solidariedade neste momento de muito sofrimento para todos.

  2. sarna
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 9:48 hs

    foi feito exame de dosagem alcoólica? NÃÃÃOO???

  3. Carlão
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 10:05 hs

    O estranho foi que o acidente foi na sexta dia 03 e a notícia e nome do ex Deputado só saiu quinta dia 09 ?!?

  4. O Povo
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 10:23 hs

    Estes parlamentares ou ex-parlamentares dão belo exemplos como homens públicos!
    Fogem dos acidentes que causam e dão qualquer desculpas esfarapadas, o que na verdade eles não são é “homens de verdade”, não são seres humanos, pois acidentes até podem acontecer involuntariamente, agora fugir da responsabilidade de ficar no local, e prestar socorro as vítimas quando se tem condição de fazê-lo mostra bem o desprezo que eles tem pela vida do semelhante e consequentemente por suas próprias vidas!
    Mais um caso lamentável de mal exemplo de uma pessoa pública irresponsável!

  5. tamandareense
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 10:49 hs

    Os deputados estão acima do bem e do mau, tudo podem, tudo fazem, menos em pról do povo que deve se “lixar” assim como ja declarado, agora mais duas mortes, devia tambem estar em velocidade, pois tombou a camioneta, fugiu não assistiu as vitimas, agora posa de Santo. otimo.

  6. ALO MAMAE
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 10:58 hs

    Será que isso tá virando moda?

  7. Pelópidas
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 11:19 hs

    Clovis Pena;

    Se o conhece a mais de vinte anos deve lembrar do acidente, também em Paranavai, que vitimou o ex-prefeito de Santa Cruz de Monte Castelo Paulo Libânio, o ex-coletor da Agência de Rendas de Santa Cruz de Monte Castelo, Terêncio Alves da Cunha e do motorista do caminhão acidentado que era socorrido por eles, quando um funcionário da prefeitura de Nova Londrina, sem carteira de motorista, mas contratado para a função por Arlindo, dirigia o ônibus escolar de Nova Londrina, totalmente embriagado, não respeitou a sinalização de acidente no local e simplesmente passou por cima dos três que aguardavam a chegada de socorro no acostamento.
    Pois é! O tão probo e humanitário Arlindo, escondeu, deu guarida ao seu motorista que não era e já havia se envolvido como réu em vários outros acidentes com vítimas por toda a região noroeste do estado. Este acidente foi no dia 08 de abril de 1988, as 23:30.
    De lá para cá, a prefeitura de Nova Londrina já perdeu ações de indenização em todas as instâncias, já foi autorizada até a pagar com precatórios publicos (que foram emitidos) mas nunca repassados as famílias das vítimas. Sabe qual foi a declaração do probo e humano Arlindo sobre o caso, sr. Clovis? Pasme! “AH! ISSO AÍ? SE A PREFEITURA QUISER, NÃO PAGA NUNCA”.

  8. Oráculo
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 13:27 hs

    Sabe qual a diferença de acidente onde o condutor é provovado por um cidadão comum ou é provacado por um cidadão que é deputado?
    É que o quando o acidente é provocado por um ciadão comum pode não morrer ninguém ou um, já quando é o cidadão deputado começa em dois.

  9. Victor
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 13:34 hs

    Cade o choro da população agora?
    cade os adesivos?
    protesto?
    é lamentavel o poder da midia!

  10. Aristides
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 16:07 hs

    Segundo comentários de quem viu o acidente, os dois que vieram a óbito, estavam sem cinto de segurança. O terceiro que estava com o equipamento, saiu do veículo andando.
    Note-se que, obedecer regras de trânsito, usando o cinto de segurança, protegem o bem mais valioso – a própria vida.

  11. ESPERANÇA
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 20:02 hs

    Srs, vejam que homem “bão” esse Arlindo…
    A 20 anos atras foi conivente com a morte de 3 pais de família, contratando um motorista não habilitado para dirigir onibus, não fazendo manutenção no veículo da prefeitura que foi constatado pela perícia e confirmado pelo motorista que estava sem freio, sem contar na embriagues do mesmo.Neste mes matou 2 pessoas, com um carro roubado.
    Mas ele está muito bem amparrado pelo País da impunidade. O Sr. Arlindo fugiu do local, não prestando socorro as vítimas. Pois tem certeza absoluta que nada acontecerá.
    Juro que ainda tenho esperanças de que ele mate um mico leão, ou então não pague uma pensão alimentícia, ou ainda que de uma grande surra em sua esposa (pois são os únicos casos que tenho conhecimento de que os responsáveis vão para cadeia).
    Sorte do Arlindo, morrar em um País onde a LEI que manda assassinos pagarrem pelos seus crimes NÃO PEGOU!
    Meus sinceros sentimentos as famílias das últimas vítimas!

  12. Francisco Quadros
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 20:28 hs

    VEM AÍ UMA NOVA NOVELA.
    PIOR É QUE OS QUE REPORTAM E OPINAM SÃO SEMPRE OS MESMOS
    BABACAS FIGURANTES DA NOVELA
    CARLI X YAREDES VINGATIVOS….

  13. SYLVIO SEBASTIANI
    sexta-feira, 10 de julho de 2009 – 23:53 hs

    Quando existe envolvimento de Deputados, principalmente estaduais, alem das mortes têm irregularidades, isso é abuso de Poder ! Eles podem tudo, tudo que é errado para nós, povo, mas não para eles, pois nem Inquérito é realizado, e quando é feito, imediatamente “vai para a Gaveta”.Prisão é para povo e pobre. Deputado tem imunidade até para prisão, está ai o Fernado Carli Filho, que matou dois jovens e ainda pede para o povo rezar para ele, pedindo à Deus para ele ter saúde bastante, ser eleito novamente deputado, ficar embriagado, correr à 190mKM., matar mais alguns jovens, esta será sua missão?

  14. Loandense
    sábado, 11 de julho de 2009 – 11:25 hs

    Francisco Quadros:

    é uma pena que você não entenda como uma morte, nesse caso específico 5 mortes podem mudar a vida de muitos.
    Babacas são os que como você, imbecís que não sofrem com as desgraças provocadas por políticos que acreditam ter passaportes para matar, transgredir, enganar e nunca pagar pelos seus atos.
    Eu entendo, idiotas como você. Entendo mesmo. São produtos de administradores públicos como esse Troian. São desprovidos de instrução, de caráter, de civísmo, de honra, que por ignorância, por desconhecimento, por má fé, por mando, aparecem de uma hora para outro atacando as vítimas e seus entes, taxando-os de vingativos, de perseguidores, de rancorosos. Tudo bem, Francisco Quadros. Nós só queremos justiça. Vocês querem continuar matando e transgredindo impunimente.

    Mas de qualquer forma, não desejo a você ser acordado de madrugada para ir buscar o corpo de seu pai, seu filho, seu neto que está embaixo do carro de um deputado.

    Eu vivi isso! E se o que eu sinto, após todos esses anos em que vejo os assassinos por aí, dirigindo impunimente, sem que a nossa justiça faça algo de verdadeiro, de factível, de JUSTO, bem se o que eu sinto é raiva, ódio, vingança, rancor, eu não sei. Mas tenho honra e caráter para não sair por aí denegrindo ninguém, como você faz Francisco Quadros.
    São BABACAS como você que fazem isso tudo ser assim.

  15. Loandense
    sábado, 11 de julho de 2009 – 12:43 hs

    Socorro, Mattar Assad.

    Veja só: O ex-deputado Troian estava com carro roubado, placas clonadas, carteira vencida, matou dois, feriu outro. Tudo aconteceu no dia 03 e só agora veio á tona.
    Mas se ele estava sem direito de dirigir, presume-se que se dirigi-se (como aconteceu) estaria pondo em risco, deliberadamente, a sua segurança e a segurança dos outros. Isso não é dolo eventual?

    Acabei de ver uma matéria na RPC onde a família de uma das vítimas diz que vai entrar com uma ação de indenização. Estão certíssimos. Só quero informar que contra o Troian, vai demorar. Conheço uma que já está com 21 anos.

    Outra coisa. Ele faz parte da base de apoio do candidato a deputado Federal João Arruda, vulgo primeiro sobrinho. Isso explica como conseguiu sair da cena do acidente e não ser preso em flagrante, como o próprio Arruda já fez. Deve ter recebido algumas dicas. Mais uma coisa: porque seu advogado é de Curitiba? Hummmmmmmmm…..

  16. GUARAPUAVANA
    sábado, 11 de julho de 2009 – 20:40 hs

    MODA DO SANTO CARLI FILHO….INFELIZMENTE….

    É UM ABSURDO QUE ESTES FATOS SE REPITAM EM OUTRAS CIDADES…..

    JUSTIÇA…..RESPEITO AOS CIDADÃOS!!!!

  17. Jaques
    domingo, 26 de julho de 2009 – 15:53 hs

    Se passaram apenas 3 semanas do acidente em que Arlindo troian se envolveu em acidente com 2 vítimas fatais e dirigindo um carro roubado e tudo já está ficando esquecido ninguém mais fala do caso.
    Que Pena, temos a memória muito fraca se continuar assim ele vai se tornar a vítima!!!!!!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*