Cuba: mercado aberto | Fábio Campana

Cuba: mercado aberto

De Guilherme Barros na Folha de São Paulo

Uma missão empresarial brasileira desembarca amanhã em Cuba para identificar oportunidades de negócios. Os investimentos no país serão realizados por meio de joint ventures com empresas estatais cubanas. Além das empresas, seguem para a ilha representantes dos ministérios do Desenvolvimento e de Relações Exteriores, da ABDI (Agência de Brasileira de Desenvolvimento Industrial) e da Apex-Brasil.


3 comentários

  1. o faxineiro
    domingo, 5 de julho de 2009 – 9:43 hs

    Leve uma Vap para fazer uma “faxina”…..

  2. Roberto
    domingo, 5 de julho de 2009 – 16:16 hs

    com o soldo que os pobres cubanos tem para sobreviver talvez sobre dez centavos para comprar uma balinha por mês cada um.

  3. LEVA O MAROLINHA
    segunda-feira, 6 de julho de 2009 – 8:46 hs

    Os cubanos tiveram sorte, se livraram de FIDEL.

    Hum, nos brasileiros, iniciamos um novo ciclo com o MAROLINHA assistencialista.

    Que Brasil é esteque depois de muitosanos de luta começa andar marcha ré?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*