Conselho de Ética absolve deputado do castelo | Fábio Campana

Conselho de Ética absolve deputado do castelo

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados absolveu o deputado Edmar Moreira, conhecido como deputado do castelo, da acusação de quebra de decoro parlamentar por uso indevido da verba indenizatória. Por 9 votos a favor e 4 contra, o parlamentar ficou livre das acusações. Um deputado se absteve de votar.

Como a decisão dos parlamentares derrubou o relatório do deputado Nazareno Fonteles (PT-PI), que pedia a cassação de Edmar, o presidente do Conselho, deputado José Carlos Araújo (PR-BA), precisa cumprir um rito processual antes de arquivar o processo contra Edmar.


16 comentários

  1. Astrinha
    quarta-feira, 1 de julho de 2009 – 22:08 hs

    Que pouca vergonha!!! Esses caras perderam o senso de moralidade, vivem na Ilha de Caras.

  2. Benicio
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 0:36 hs

    Devemos dizer Conselho Sm Ética da Câmara dos Deputados!

  3. quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 7:29 hs

    Uma Palhaçada terminada com dignidade.

    A única diferença entre o Deputado Edmar Moreira e os outros, é que ele fez mau uso da verba indenizatória, ou não, quem disse que o dinheiro estava marcado? Porque fazer mau uso todos fazem, ou pelo menos uso escuso. Só que ele construiu um castelo e os outros passeiam e levam a família para passear.

    Esta é a Verdade, não estou de acordo com o Sr. Edmar Moreira, Mas não estou de acordo com a falta de decoro generalizada nessa e em outras casa de legislação do País.

    A decisão Foi CORRETA. ele é apenas mais inteligente, só se esqueceu que ao ostentar, chamaria a atenção dos invejosos e incompetentes de plantão.

    Fique bem Claro, não estou DEFENDENDO Edmar Moreira, estou isso sim afirmando que não há único parlamentar que esteja recebendo essa verba, que tenha o mínimo de dignidade para julgar numa comissão de ética qualquer colega pela forma como ele a usou.

    TODOS VOCES ESTÃO ERRADOS.

  4. Zé do Coco
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 7:35 hs

    Os seguranças do Congresso não fizeram nada contra esse achincalhe à população brasileira. Agora sabemos a serviço de QUAL seriedade estão esses barnabés.

  5. (DES)ÉTICA
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 9:00 hs

    Como chamar um conselho destes de “conselho de ética”?. Acho que já passou o tempo de se FECHAR O CONGRESSO. Não existe outra coisa lá se não for roubalheira e “escritório político” para se manter no cargo (e todos nós pagando a conta). Logo, não há motivo de existência. O mal tem que ser cortado pela raiz.

    MUDANÇA JÁ…

  6. Pandolfo
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 9:06 hs

    Fabio Camapan, você que é bem informado poderia publicar a lista dos deputados que constituem o conselho de ética. Assim estaria prestando um grande sereviço aos eleitores!!!
    Se nesse conselho tiver alguém do Paraná vamos dar o premio que ele merece, não elegê-lo!!!

  7. Cidadão
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 9:29 hs

    Palhaçada esta na hora do povo mostrar no voto que não quer estes deputados que hoje estão lá.

  8. Arthur
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 9:36 hs

    Não existe um conselho de ética para julgar esse conselho de ética ??? Então manda uma pizza…

  9. Waldir de Oliveira
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 9:52 hs

    o que esta faltando e muito é, “QUE DE CORO EM PARLAMENTAR”, igual a que a minha mãe fazia comigo quando eu era criança e fazia uma “arte”.

  10. Julio
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 9:54 hs

    dos 15 que votaram 10 são amigos pessoais do traia……..

  11. Pandolfo
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 11:08 hs

    Senhores

    O deputado NELSON MEURER é do PARANÁ e votou a favor do homem do castelo.
    Divulgue para não reeleger esse salafrário!!!!!!!!!!

  12. Astrinha
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 12:21 hs

    Acho que todos nós deveríamos passar um e-mail dara o Nelson Meurer cobrando explicações. Se não for assim eles vão sempre achar que estão fazendo tudo certo!

  13. Astrinha
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 12:38 hs

    AO RUI VENTURA: entre no site do Senado. Lá vc vai perceber que pelo menos o Sen. Pedro Simon não usa a verba indenizatória, nem um unico centavo. Lá vc também vai encontrar gastos de toda ordem e poderá fazer uma avaliação melhor.

  14. Astrinha
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 12:39 hs

    Eu já entrei e avaliei um por um!

  15. sarna
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 13:57 hs

    faz tempo que “conselho de ética” e senado/congresso são palavras que não fazem mais sentido nenhum. É a nova Babel.

  16. MARISA
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 22:22 hs

    CONSELHO DA SAFADESA………..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*