Balanço do dia | Fábio Campana

Balanço do dia

Neste momento, o deputado Fábio Camargo e o publicitário Hiram Pessoa de Mello fazem o balanço de um longo dia de escaramuças no bar do hotel Full Jazz, na rua Silveira Sampaio.


14 comentários

  1. Emerson
    quarta-feira, 1 de julho de 2009 – 21:25 hs

    Gente da melhor qualidade…

  2. Geraldo
    quarta-feira, 1 de julho de 2009 – 21:26 hs

    Fábio o pessoal que trabalhou na tua campnha pra porteiro de motel quer receber o dinheiro que você n~/ao pagou à eles..caloteiro.

  3. cecilia
    quarta-feira, 1 de julho de 2009 – 21:31 hs

    É NO BOTECO QUE TUDO SE RESOLVE, GENTE DA MELHOR QUALIDADE, EITA POVO SEM VERGONHA

  4. telma bernardes
    quarta-feira, 1 de julho de 2009 – 22:45 hs

    é uma poeira só – onde está a PF e
    o MPCO – se diz viciado, mas dizem
    jque é traficante!!!!!!!!!!!!

  5. PAPAGAIO DE PIRATA
    quarta-feira, 1 de julho de 2009 – 23:10 hs

    NO BUTECO, BEM DÁ PARA IMAGINAR QUE ESPECIE DE GENTALHA SÃO ESSES DOIS, SERÁ QUE A POLICIA ESTAVA LÁ, POIS SE ESTAVA, DEVERIA USAR O BAFÕMETRO E ENCANAR ESSES DOIS.

  6. Benicio
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 0:37 hs

    É o encontro do Caramunhão com o Coisa Ruim!

  7. Mais Fubá
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 8:48 hs

    O Maurício Xavier tbm esteve lá com sua novíssima e belíssima Mercedes.

    Acho bom o betinho começar a viajar para a europa, (ou se licenciar, quem sabe renunciar ao mandato); para longe dos holofotes do Fantástico e Gazeta do Povo. ele é o alvo de todas as Forças políticas do nosso estado.

  8. Pandolfo
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 9:13 hs

    Ali, alguns dizem que tinha muita poera, outros dizem que tinha muito pó……………………..!!!!!!!!!!
    Quando é que vão prender esse cara!!!!!!!!!!!!

  9. jorge
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 9:53 hs

    deviam estar discutindo o seguinte balanço:

    Fabio Camargo previu R$ 14 milhões e gastou 130 mil

    O deputado estadual Fabio Camargo (PTB), que nesta terça-feira fez denúncias contra a Prefeitura na Assembleia Legislativa, tem fatos curiosos em relação a sua campanha para prefeito de Curitiba em 2008. Fatos que também merecem uma boa explicação, pois ele previu gastar R$ 14 milhões na campanha e acabou gastando apenas R$ 130.605,10.
    Em julho de 2008, os candidatos a prefeito de Curitiba apresentaram ao TRE a estimativa de gastos para a campanha. Fabio Camargo fez a maior estimativa, de R$ 14 milhões, superando Gleisi (13 milhões), Moreira (10 milhões) e Richa (9 milhões). Em entrevista à imprensa sobre ter feito a maior estimativa, Fabio Camargo disse, à época, o seguinte: “Acho um pouco fantasioso querer fazer campanha para prefeito, em uma cidade como Curitiba, com menos de R$ 10 milhões. Não sabia que eu apresentaria o valor mais alto, mas prefiro fazer isso e ter liberdade para gastar. Claro que a previsão não significa que vou gastar tudo isso, mas é mais transparente do que campanhas que tentam se passar por humildes e acabam por fazendo caixa dois.”
    Sabem quanto Fábio Camargo gastou com produção de programas de rádio e TV; produção de jingles, vinhetas e slogans; e criação de páginas na internet? R$ 0,00. Isso mesmo, Fabio Camargo não gastou nada com esse tipo de comunicação, conforme sua prestação de contas, aprovadas, diga-se de passagem. Também foi de zero o gasto com transporte, água, alimentação, energia elétrica e telefone.
    Fabio declarou que seu gasto com pessoal foi de R$ 4,599,96. Daí, conclui-se que o marketeiro Hiram Pessoa de Melo, coordenador de marketing de Fabio Camargo, tenha trabalhado de graça e que toda aquela produção dos programas (lembram aquela no boteco, tipo propaganda de cerveja?; ou o jipe nos bairros?), tenha sido sem custo. Realmente muito estranho, pois somente o preço de um marketeiro tarimbado como Hiram Pessoa para uma campanha dessas seria de R$ 350 mil. É quase o triplo do que Fabio Camargo alega ter gastado em sua campanha. Ainda bem que, como consta na prestação de contas de Fabio Camargo, Hiram Pessoa fez uma doação de R$ 12 mil ao candidato. É realmente um caso raro no marketing político internacional, o marketeiro não apenas trabalhou de graça, mas também doou R$ 12 mil para trabalhar.

  10. cecilia
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 10:34 hs

    Não é so o pessoal do motel, ele deve pro pessoal dos bingos desde a campanha pra vereador, e é esse ai que tá denunciando falcatruas, há tem mais o PÃO COM LINGUIÇA DA CAMPANHA NÃO FOI PAGO ATÉ AGORA!!!!!!!!!!!

  11. Parnanguara
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 11:03 hs

    Fabio Camargo pra prefeito em 2012

  12. rodrigo ocidente
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 11:10 hs

    tá gravado…

  13. O Povo
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 12:42 hs

    O “polaquinho do papi” atirou no pé e mais uma vêz está arrependido da asneira que cometeu!
    Isso não cheira bem! E dizem que cheira muito mesmo!

  14. leonardo
    quinta-feira, 2 de julho de 2009 – 12:50 hs

    Esse fábio camargo é igual aqueles polaquinhos revoltados que ninguém dá o brinquedos que ele realmente quer, e fica de berreiro o tempo todo xingando todo mundo,é moleque,um dia ele vai ver que ridículo ele é.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*