Assembleia autoriza Requião a receber de Alagoas e a gastar como quiser | Fábio Campana

Assembleia autoriza Requião a receber de Alagoas e a gastar como quiser

tn_620_600_assembleia2_2311

De Abraão Benício, no Bem Paraná

Obedientes como um cavalo com os olhos vendados, os deputados cumpriram ontem a última missão antes do início do recesso na Assembleia. A aprovação do projeto que autoriza o governo Requião a aceitar a proposta do governo de Alagoas, no valor de R$ 106 milhões, para quitar dívida com o Estado do Paraná era tão garantida que muitos parlamentares sequer esperaram o fim da sessão de ontem para embarcar para férias européias.

Mas não bastava a aprovação do projeto, os deputados governistas tinham que assinar um ‘cheque em branco’ autorizando Requião a usar como bem entender o dinheiro recebido dos alagoanos.
Assim, foi rejeitada, já na Comissão de Finanças, a emenda apresentada pela bancada de oposição que obrigava o governo Requião a usar o valor recebido de Alagoas para pagar dívida com a União herdada do processo de privatização do Banestado.

A defesa dos oposicionistas é mais do que justa já que, por conta desta pendência com a União, o Paraná tem sido multado todos os meses em R$ 4 milhões pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e, caso a situação não seja resolvida, em breve o Estado pode ficar proibido de contratar empréstimos e receber recursos federais.


5 comentários

  1. YEGOR
    quarta-feira, 15 de julho de 2009 – 10:30 hs

    TUDO ISTO E HERANÇA DA MAIOR PRAGA QUE ESTE PARANÁ JÁ TEVE, QUE ATENDE PELO NOME DE JAIME LERNER.

  2. PARENTE ALAGOANO
    quarta-feira, 15 de julho de 2009 – 10:59 hs

    E O COLLOR DE MELLO E SILVA, SEI QUE NAO TEM SILVA MAS É SÓ PARA SACANEAR HEHEHEHE MAS É PRIMO, QUE CORJA.

  3. LEAD
    quarta-feira, 15 de julho de 2009 – 13:01 hs

    Com esse dinheiro, talvez o Requião desista de assaltar o Fundo Previdenciário.

  4. quarta-feira, 15 de julho de 2009 – 13:52 hs

    E consentiram, então não tem como deixar de perguntar:

    Quem levou quanto aí? – É uma Semvergonhice a toda a prova.

  5. A verdade dos fatos
    quarta-feira, 15 de julho de 2009 – 17:36 hs

    Além do cima exposto outras coisas aconteceram na ALEP dia 13 e 124/07.

    Manifestante é barrado na Assembleia Legislativa
    Rafael Porto – 13/07/2009

    Um homem foi impedido de permanecer na tribuna de honra da Assembleia porque usava uma camisa com protestos. É a segunda vez que a manifestação dele é barrada.

    Roberto Andrade é presidente da Associação dos Servidores da Secretaria de Estado da Agricultura. Ele queria protestar contra a decisão do governo de fechar algumas creches que são mantidas pelo estado para cuidar dos filhos dos servidores.

    Na semana passada, ele foi ao plenário da Assembleia com uma faixa com protestos. O deputado que presidia a sessão, Antonio Anibeli, do PMDB, pediu para que Andrade saísse, já que faixas e cartazes são proibidos pelo regimento interno da casa. Nesta segunda-feira, Andrade voltou à tribuna de honra da Assembleia.

    Dessa vez ele usava uma camisa branca, com algumas palavras escritas com tinta preta. Novamente, os seguranças se encarregaram de tirar Andrade do plenário.

    Os seguranças afirmaram que apenas cumprem ordens da presidência. Inicialmente, eles afirmaram que o motivo da expulsão era o fato de que só autoridades podem ficar na tribuna de honra. Depois, disseram que Andrade poderia entrar se trocasse a camisa.

    Poucos minutos depois de Andrade desistir e deixar a Assembleia, outro regulamento da casa foi quebrado, mas dessa vez sem reclamações por parte dos deputados. O deputado federal André Vargas, do PT, foi visitar a Assembleia. O problema é que ele circulou o tempo todo pelo plenário sem usar gravata, o que é proibido pela casa.

    Ainda com relação ao protesto de Andrade, outras creches que podem ser fechadas com a decisão do governo são da Celepar, a Companhia de Informática do Paraná, da Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, e do DER, o Departamento de Estradas e Rodagem, todas em Curitiba, além da creche do IAPAR, o Instituto Agronômico do Paraná, em Londrina.

    From: CBN 90.1 FM Curitiba
    Date: 2009/7/13
    Notícias veiculadas na CBN Curitiba em 13/07/2009

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*