Justiça libera Terminal Público de Álcool de Paranaguá | Fábio Campana

Justiça libera Terminal Público de Álcool de Paranaguá

Terminal alcool-aereo

A desembargadora do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), Sílvia Maria Gonçalves Goraieb, acatou recurso proposto pela Procuradoria Jurídica da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), cassando a liminar de primeira instância, que suspendia a operação do Terminal Público de Álcool de Paranaguá.

A decisão permite a retomada imediata do funcionamento da unidade que estava com as atividades suspensas desde novembro do ano passado. Na ação, o Ministério Público Federal alegava irregularidades no
licenciamento ambiental da unidade e que as atividades do terminal público ofereceriam risco às famílias residentes nas vilas Becker e Canal do Anhaia, vizinhas à unidade. A APPA terá agora que realocar as famílias que vivem nas vilas Becker e Canal do Anhaia, próximas ao Terminal Público.

A suspensão da liminar restabelece, ainda, a competência do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) – também questionada na ação do MPF – para conceder o licenciamento para as atividades do Terminal Público de Álcool.


2 comentários

  1. Parnanguarinha
    segunda-feira, 22 de junho de 2009 – 23:29 hs

    Construíram um terminal no porto que tem mais vazamento do que velho em saída de baile.
    Esqueceram de uma série de torneirinhas e registros e ainda construíram com material para armazenagem de água e agora querem colocar inflamáveis.
    Tem um vila grudada na cerca do terminal, há algumas dezenas de metros dos tanques.
    Eduardo é o nome dessa tragédia.
    O primeiro, vereador do PSDB que incentivou a invasão para ganhar votos e agora fica posando de defensor da turma.
    O segundo, superintendente que mandou construir com a competência que lhe é característica.
    Aguardem a bomba.

  2. Renato da Becker
    terça-feira, 23 de junho de 2009 – 9:45 hs

    Sou morador do bairro, e acredito que o “parnanguarinha acima” só pode ser um daqueles mamam no porto, aqueles que desconhecem a realidade e visa apenas o seu interesse. Não preciso falar muito sobre o terminal e a vila becker que fica ao lado, basta apenas ir lá no local e cada um fará seu julgamento. A propósito ele diz que Eduardo é o culpado, tem razão só esqueceu de mencionar que é Eduardo Requião..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*