Bosch demite 900 em Curitiba | Fábio Campana

Bosch demite 900
em Curitiba

A Bosch de Curitiba demitiu hoje 900 funcionários. A justificativa é a crise. Os pedidos caíram e a empresa reduziu a produção.

Outra medida adotada pela empresa para enfrentar a recessão é a paralisação da produção por 10 dias. Mais de três mil funcionários ficarão em casa recebendo salários.


16 comentários

  1. luis
    quinta-feira, 18 de junho de 2009 – 20:16 hs

    isso é apenas uma marola.É o lula tava errado

  2. V.Lemainski-Cascavel
    quinta-feira, 18 de junho de 2009 – 22:34 hs

    É o efeito da “marolinha”.

  3. Raifá
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 0:15 hs

    Viva o capitalismo!

  4. sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 7:35 hs

    é como dizem so sindicalistas: “kedelhe o diálago?”

  5. jose
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 8:33 hs

    Como sempre, a parte mais fraca arrebenta; agora aparecerão os sindicalistas e suas bravatas, os políticos e suas mentiras e é claro; aparecerá um juiz para dizer que a Empresa não pode demitir…

    Mas ninguém toca nos verdadeiros motivos:

    – Real supervalorizado;

    – Carga tributária pesadíssima;

    – Estada anacrônico.

    Que tal os políticos, sindicalistas e afins pararem de jogar para a torcida e apresentarem soluções?

    Que tal os empresários diminuírem suas margens de lucro?

    Que tal os governos se reformarem e realmente trabalharem em benefício da sociedade?

    Quando sai a reforma tributária?

    Quando sai a reforma trabalhista?

    Quando o estado vai deixar de ser apenas uma máquina de arrecadação?

    Quando?

  6. Rosa
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 8:35 hs

    NÃO TEM CRISE…IMAGINE!!!!

  7. Don Quixote.
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 8:57 hs

    Que se aplique a lei ani demissão.
    Se a BOSCH, tiver em andamento contrato de financiameno do Governo do Paraná, com isenção de ICMS, é só o Requião denunciar o contrato com base na lei do dep. Ratinho Junior, aprovada em 2007, pois esta lei impede demissão de trabalhadores, de empresas que estejam recebendo incentivo fiscais do Governo do Paraná.

  8. antonia maria
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 10:08 hs

    ué, não estamos no paraíso de requião?
    e a marolinha do lula? aliás, porque dezenas
    de empresas optaram por se insjtalar em
    Santa Catarina, nos últimos 6 anos???????

  9. Andre
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 10:32 hs

    Não terão problemas em encontrar outros empregos… o perfecto Beto Lerner tem uma administração tão perfeita que já deve ter representantes de empresas na porta desses 900 afortunados.

  10. Nail Alkarar
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 10:39 hs

    Vamos ajudar nos comentários! Gente cadê os entusiasmos, afinal de contas são mais 900 sem emprego, iguais a você, vamos botar a culpa em alguem, quem sabe lula, fhc, neo-liberalismo, comunismo, socialismo, cristianismo, semitismo, analfabetismo, ladroismo, oportunismo, japoneses, gripe suina, americanos, mexicanos, brasileiros, china, berlusconi, etc.. etc… etc…. só não podemos culpar a Deus, mas o diabo este é o culpado de tudo, afinal ele tem a costas largas e esta desde o inicio se envolvendo nas coisas mesmos.

  11. Olegario M Dias
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 10:52 hs

    Só para lembrar:

    “LÁ É UM TSUNAMI, AQUI É UMA MAROLINHA”.

  12. Era Previsto...
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 11:52 hs

    Isto é uma acomodação natural do mercado …que cedo ou tarde chegaria …estavam vendendo carros como se vende pastel na feira ..tinha gente que mesmo sem ter proventos para pagar as prestações tinham a aprovação do financiamento …não precisa ser nemhum PHD em econômia para prever que estavam vendendo demais na desvairada loucura de consumo …não é crise e sim uma freada no consumo acelerado do capitalismo…e como base a indústria automobilistica …uma pena termos a base da economia mundial tão dependente do carro……

  13. Don Quixote
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 13:00 hs

    Uma pena que o Manasses saiu da Secretaria do Trabalho do Beto Richa. Se tivesse ficado lá, com certeza ele resolveria esta parada de desemprego nesta gestão do Beto.

    Vamos então apelar para o Jorge Bernardi.

  14. Alerta
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 14:27 hs

    Fiquem tranquilos que a Dilminha vem ao Paraná para surfar nessa marolinha!

  15. Zé do Coco
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 16:20 hs

    Alguém aí que se lembre de cobrar do Lula esse boquejo que ele soltou de que a crise ia ser apenas uma marolinha.
    Ao invés de cobrar da Bosch, falem com o Lula. Inclusive algumas legendas de aluguel que nessa hora põe sempre a culpa no empresário que é vítima das circunstâncias.

  16. Valdir Almeida
    sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 20:27 hs

    Sou um desses 900, a maneira que a empresa fez foi um desrespeito aos 12 anos que religiosamente servi esta empresa com todo afinco. Espero que o governo se manifeste.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*