Advogado pede para que Ribas Carli seja ouvido | Fábio Campana

Advogado pede para que Ribas Carli seja ouvido

De Mara Andrich no Paraná Online

O advogado da família de Gilmar Rafael Souza Yared, – morto no acidente em que se envolveu o ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho – Elias Mattar Assad, solicitou ontem à Delegacia de Trânsito de Curitiba (Dedetran) que o parlamentar seja interrogado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado. No acidente, ocorrido no dia 7 de maio, no bairro Mossunguê, em Curitiba, também morreu o amigo de Gilmar Rafael, Carlos Murilo de Almeida.

Segundo Assad, o parlamentar tem condições físicas de falar à polícia. “Se Carli Filho pode declarar o que consta na carta de renúncia para um tabelião, então tem plenas condições físicas e psíquicas de ser interrogado no inquérito”, argumentou o advogado.

A informação de que Carli Filho acompanhou a produção da carta foi dada por seu advogado, Roberto Brzezinski Neto, na última terça-feira. Segundo Assad, há duas possibilidades para o interrogatório: ou a Dedetran faz o pedido a uma autoridade policial de São Paulo, por meio de uma precatória policial, ou a própria delegacia pode designar alguém para ir ao estado vizinho e fazer o interrogatório.

O delegado da Dedetran, Armando Braga, informou que já recebeu o pedido de Assad, porém ainda está analisando. Ele explicou que deverá conversar com Brzezinski para saber quando Carli Filho terá alta e, se for o caso, deverá esperar que ele saia do hospital.

Se a alta for demorar, Braga disse que estudará outra alternativa, pois acredita que o procedimento de precatória policial seria muito demorado. “Vou conversar com doutor Brzezinski e depois vou decidir o que fazer”, comentou.Qualquer pessoa acusada tem o direito de se manter em silêncio mas, como Carli Filho renunciou e não possui mais o foro privilegiado, não desfruta mais do benefício de escolher quando e onde seria ouvido.

O Hospital Albert Einstein divulgou o último boletim médico somente no dia 15 de maio. Porém, Brzezinski Neto disse na última terça-feira que o parlamentar tem dificuldades para se comunicar, já que estaria com a boca imobilizada, com sonda e grampos metálicos na cabeça, em função da cirurgia por qual passou para corrigir a face e a cabeça.

Na última terça-feira, o Ministério Público Estadual (MP) encaminhou o inquérito sobre o caso Carli Filho ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJ). No encaminhamento, o MP relata que entendeu que o parlamentar cometeu duplo homicídio por dolo eventual.

Agora, o TJ deverá repassar o material ao Juízo de primeiro grau. Desta forma, o ex-deputado pode até mesmo ser julgado no Tribunal do Júri, caso o dolo eventual seja comprovado. Se não for, é possível que o inquérito fique com a Vara de Delitos de Trânsito.


28 comentários

  1. Astrinha
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 7:14 hs

    É isso aí família! Tem que tratar o garotão como um cidadão comum. Mas será que ele terá alguma coisa pra dizer??

  2. Betina
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 7:24 hs

    O que aconteceu com esse advogado? Querer que ele seja interrogado no Hospital Albert Einstein não combina com com seu modus operandi… ele deveria pedir que ele fosse interrogado em uma audiencia publica na boca, ou na Ana Maria Braga, ou talvez no programa do Ratinho.

  3. PAULO
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 8:00 hs

    O DR ., Elias Mattar Assad,JA COMECOU O SEU SHOW NAVAMENTE, MAS EH LOGICO QUE EX-DEPUTADO ALCOLATRA VAI SER OUVIDO, MAS POR QUE FAZER A POLICIA IR ATE SAO PAULO, ELE VAI TER QUE SER OUVIDO, VAI SER JULGADO, ELE NAO IRA FUGIR,, ACHO QUE O SR DOUTOR JA ESTA SENTINDO A FALTA DE REPERCUSSAO DA MIDIA APOS A RENUNCIA DO DEPUTADINHO.

  4. Mariano
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 8:37 hs

    Que seja ouvido mesmo!
    Porque ouvir só o Elias ninguém aguenta mais!!!!!!!!! Será que tiveram tempo de ir chorar no cemitério ou esqueceram que duas pessoas morreram? Nesse caso parece que tem gente mais preocupada com candidatura (CRISTIANE YARED) e com holofotes (ELIAS) do que em uma atuação de acordo com as Leis (boas ou más) da Nação.

  5. Tchê
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 8:54 hs

    O povo esta esperando o depoimento do assassino, Bhá o Dr Elias Assad é Brabo tchê !

  6. Mariano
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 9:16 hs

    Fabio,

    Poderia comentar a matéria sobre as falas do Gilmar Mendes que saiu na Folha de S. Paulo de hoje? Fala sobre juri popular…

    Ninguém está aqui defendendo o ex-deputado, apenas não há mais paciência para escutar o ELIAS ASSAD. Ele incomodou-nos tanto na mídia para apoiarmos a cassação do causador do acidente da Assembleia (com razão, diga-se) e agora ficou decepcinado quando conseguiu a renúncia. Afinal, queríamos ou não que ele saísse do cargo para um julgamento, conforme o Assad, “justo”?

    Sinto-me usado em minhas opiniões e sentimentos, pois vejo que não há mais nenhum pesar pelas mortes, e sim um advogado que parece apenas se saciar com um linxamento (e com novos contratos caros, evidentemente) e uma mãe que, na melhor das hipóteses, será usada por partidos como PMN para fazer votos em 2010. Por tudo o que me revoltei contra o ex-deputado, espero que pelo menos a Cristiane Yared não siga o mesmo caminho já trilhado por outras “mães sofredoras” como a famosa “Fulana-mãe-do-Guilherme”.
    Desculpe o desabafo, mas cada vez mais parecem todos iguais nessa história. Vamos tentar lembrar de quem morreu – por falar nisso, é bom lembrar o nome do acompanhante do Gilmar, poucos o fazem. Fica parecendo que só houve uma vítima…

    É isso.

    Desculpem novamente o desabafo.

    Parabéns pela cobertura isenta, Fábio…

  7. Vergilho
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 9:18 hs

    Estranho! Qualquer contradição existente entre o depoimento no hospital e o posterior, na ação penal perante um juiz, seria facilmente justificado pela defesa diante do estado psicológico e eventualmente letárgico que se encontraria o suposto homicida enquanto internado. Como leigo, me parece que tal atitude do advogado da família ajuda a defesa do deputado, assim como aquela do exame de sangue – no caso do DNA no sangue – se der que não era do ex-deputado, tudo que o advogado da família das vítimas conseguirá é perder a prova material de que o suposto homicida estava bêbado! Estranha a estratégia!!!!!

  8. ABAFA O CASO
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 9:26 hs

    Já demorou.

  9. INDIGNADO
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 9:36 hs

    Mariano você deve ser muito ignorante mesmo!!! para de falar besteira!! não tem o que falar melhor ficar quieto.

  10. Hint
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 10:43 hs

    Ser julgado como cidadão comum???
    Seria de qquer forma…
    Deputados estaduais não tem direito a foro por prerrogativa de função quando há concorrencia de competência com o Tribunal do Júri. A competência do Júri (prevista na CF) prevalece sobre a competência dos Deputados Estaduais prevista na Constituição Estadual em virtude do princípio da simetria…
    Aliás, vide Sumula 721/STF…
    Não entendi pq o Brezinski não sustentou isso pra diminuir a pressão pela cassação… Pelo jeito não sabia…
    Abs

  11. Cíntia
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 14:58 hs

    Por mais que todos nós saibamos que o acidente tenha sido causado por imprudência e irresponsabilidade de Fernando Carli, será que a consciência das pessoas não se padece do fato de ele estar a quase 01 mês internado…se isso não for circo, como muitos julgam, a situação do rapaz também não é das melhores. E muito melhor nos fosse que desejássemos a melhora dele, pois desejando o mal a ele, não somos melhores, e embora as mortes sejam irreparáveis, esse rapaz também já complicou bastante a sua vida, se tiver consciência, sua vida jamais será a mesma…Será que não deveríamos ao menos respeitar um pouco sua familia.
    O Caso já atingiu a proporção desejada, agora deixemos para a justiça e nos precocupemos com causas mais nobres, doque massacrar quem já se auto-massacrou…
    Deixa o rapaz em paz…vamos fazer algo mais útil…

  12. Féricles M
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 15:02 hs

    CAROS USUÁRIOS DESTE MEIO QUE NOS PROPORCIONOU TANTA INFORMAÇÃO, PORQUE VCS NÃO LEEM A MATÉRIA SOBRE O QUANTO O REQUIÃO NOS ROUBOU EM 2007???? PORQUE NÃO APARECE ALGUÉM COMO A CRISTIANE YARED E O DR ELIAS PARA LUTAR CONTRA ESSE CRIME????????

    ACORDA BRASIL!!! ENQUANTO VCS ESTÃO PREOCUPADOS COM ASSUNTOS QUE NÃO PERTENCEM A VCS, NOSSO DIGNÍSSIMO GOVERNADOR NOS PASSA A PERNA.

    ATÉ O MÊS PASSADO TRABALHAMOS PARA PAGAR IMPOSTOS, E OLHEM O QUE ELE FAZ COM O NOSSO $$??

    O PROBLEMA É QUE VCS GOSTAM DE SANGUE DOS OUTROS, DE CARNIFICINA ALHEIA, DE SACRIFICAR E JULGAR OS OUTROS.

    E ESQUECEM DOS CRIMES CONTRA VOCÊS MESMOS!

    VÃO TRABALHAR PARA PAGAR MAIS IMPOSTOS!!!

  13. cici
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 15:04 hs

    Como incomoda o fato de que se ela for deputada (o que nâo é verídico) pode acrescentar algo!
    Prefiro mil vezes ouvir o Dr Elias e a Chris do que ter ler a nótícias como a carta de renúncia do ex. DEPLORÁVEL!!!!!
    Vítima?
    Fatalidade?

  14. Santos
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 15:57 hs

    É bom ver que tem gente antenada na situação macro do nosso estado…

    A verdade é que essa tragédia envolovendo o Ribas Carli alimenta a vidinha medíocre de muita gente que, definitivamente, não tem o que fazer… Ou está agindo em interesse próprio.

    Lamentável.

  15. Mariano
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 16:36 hs

    Fabio,

    Poderia comentar a matéria sobre as falas do Gilmar Mendes que saiu na Folha de S. Paulo de hoje? Fala sobre juri popular…

    Ninguém está aqui defendendo o ex-deputado, apenas não há mais paciência para escutar o ELIAS ASSAD. Ele incomodou-nos tanto na mídia para apoiarmos a cassação do causador do acidente da Assembleia (com razão, diga-se) e agora ficou decepcinado quando conseguiu a renúncia. Afinal, queríamos ou não que ele saísse do cargo para um julgamento, conforme o Assad, “justo”?

    Sinto-me usado em minhas opiniões e sentimentos, pois vejo que não há mais nenhum pesar pelas mortes, e sim um advogado que parece apenas se saciar com um linxamento (e com novos contratos caros, evidentemente) e uma mãe que, na melhor das hipóteses, será usada por partidos como PMN para fazer votos em 2010. Por tudo o que me revoltei contra o ex-deputado, espero que pelo menos a Cristiane Yared não siga o mesmo caminho já trilhado por outras “mães sofredoras” como a famosa “Fulana-mãe-do-Guilherme”.
    Desculpe o desabafo, mas cada vez mais parecem todos iguais nessa história. Vamos tentar lembrar de quem morreu – por falar nisso, é bom lembrar o nome do acompanhante do Gilmar, poucos o fazem. Fica parecendo que só houve uma vítima…

    É isso.

    Desculpem novamente o desabafo.

    Parabéns pela cobertura isenta, Fábio…

  16. RAQUEL
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 17:28 hs

    OS ACESSORES DESEMPREGADOS DO DEPUTADOZINHO…… ESTÃO PR AQUI!!!!

  17. cici
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 17:30 hs

    QUE COISA MEDONHA!
    ELES ACHAM QUE A OPNIÂO PÚBLICA
    NÃO VAI MUDAR.
    ACREDITEM CAROS AMIGOS DE CARLI PODEM ACREDITAR MESMO,QUE ESTÁ MÃE NÃO VAI SE CALAR, VOCES NÃO TEM IDÉIA DO QUE LHES AGUARDA!!!!!!!

  18. lidiane
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 17:55 hs

    A verdade é que naum dá pra dar moleza para esta família Carli…quem naum os conhece que os compre….
    Parem de ficar falando em política..falando mal da mãe que perdeu o seu filho..até parece quequem cometeu o homicídio foi ela..
    Que absurdo!
    Se naum tem vegonha naum Paulo S????????

  19. Gpva
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 18:19 hs

    qq vai acontecer? ele vai ser ouvido e vai dizer que nao se lembra de nada pronto acabou! ou ainda tem gente que acha q ele vai falar que lembra de alguma coisa e falar a verdade?

  20. Da Sede
    quinta-feira, 4 de junho de 2009 – 22:23 hs

    Tchê
    Não me envergonha o Rio Grande.
    Vai aprender a escrever BAH !
    Aos outros: Policia ouvir o cara no Hospital?
    Quem vai lá? O Rambinho?
    Renunciou, vai responder na justa comum e pronto.
    PS. Não trabalho, não trabalhei e não vou trabalhar pra deputado p..do c…, só não aguento mais esta história. Já foi, já deu, já encheu o @&%*$#@x?! do povo

  21. Carlos-Curitiba
    sexta-feira, 5 de junho de 2009 – 0:09 hs

    Sou a favor que haja justica e que o deputado deveria ser casssado!

    MAS NESSE CASO, q

  22. Carlos-Curitiba
    sexta-feira, 5 de junho de 2009 – 0:14 hs

    Sou a favor que haja justica e que o deputado deveria ser casssado!

    MAS NESSE CASO, quem decide se o deputado tem condiçoes de falar SAO OS MÈDICOS, não o advogado!

    Ora, va se catar!
    So por ser advogado quer passar por cima de todos os outros profissionais?
    Ta parecendo aquele advogado, o César, do Caminho das Indias, que chegava pisando em todo mundo no colegio em que o filho estudava, so porque era advogado!

  23. Juliana
    sexta-feira, 5 de junho de 2009 – 1:55 hs

    Admiro a Sra Cristiane Yared pela sua coragem! Inclusive se ela se candidatar eu voto nela, pois tenho certeza que ela vai lutar por um país melhor. Absurdo transformar Carli em vítima. Convenhamos, poderia seu eu, vc, o cara do 1 comentário…

  24. maria
    sexta-feira, 5 de junho de 2009 – 9:30 hs

    “Justiça para todos”
    segunda-feira, 1 de junho de 2009

    Guarapuava – A Rede Sul de Notícias recebe cerca de uma centena de e-mails por dia. São leitores que sugerem pauta, opinam, criticam. Um desses e-mails comenta o seguinte:

    “Caso Carli JUSTIÇA PARA TODOS!!! No meio dessa tragédia os únicos inocentes já estão enterrados e nas mãos de Deus. Só não posso concordar que um casal, da alta sociedade e responsáveis por uma igreja, fiquem usando a imprensa para pedir Justiça, quando não conseguem praticá-la. O Sr. Gilmar responde a um processo de reconhecimento de paternidade ha mais de 8 anos e por imposição de sua esposa, Cristiane, não reconheceu a filha, comprovado em exame de DNA, e muito menos pagou pensão até hoje. Também queremos JUSTIÇA! Ismael Meira”

  25. regina
    sexta-feira, 5 de junho de 2009 – 11:17 hs

    RÍDICULO!!!!!!!!!
    SOU DA FAMÍLIA E ISSO TUDO É UM MONTE DE BESTEIRA!

  26. Roberto
    sexta-feira, 5 de junho de 2009 – 11:27 hs

    Como tem gente que planta o mal. Será que conseguem dormir a noite? Além de perder um filho ainda querem difamá-los. O que voces ganham com isso? Quantas moedas? Que a mão pesada de Deus possa castigá-los por tamanha maldade.

  27. Chico
    sexta-feira, 5 de junho de 2009 – 11:50 hs

    como é que é? também tem sujeirinha embaixo do tapete?

  28. MOACIR FELIX
    sexta-feira, 12 de junho de 2009 – 12:31 hs

    Vamos abafar o caso,isso ja é passado,lembrem do acidente do avião que caiu no mar,se o piloto tivesse sobrevivido éra o culpado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*