Tribunal de Contas manda Taniguchi devolver R$ 227 mil | Fábio Campana

Tribunal de Contas manda Taniguchi devolver R$ 227 mil

cassio

O Tribunal de Contas do Paraná determinou que o ex-prefeito de Curitiba Cassio Taniguchi devolva aos cofres municipal e estadual uma soma de R$ 227.704,20, em valores a serem atualizados.

A decisão foi tomada por unanimidade, no julgamento da prestação de contas de um convênio por meio do qual o Detran repassou à Prefeitura de Curitiba, em 1999, recursos para a execução de campanha publicitária de educação para o trânsito. Taniguchi tem quinze dias para recorrer.

Os órgãos técnicos tribunal identificaram irregularidades no processo de licitação para a escolha da agência de publicidade Opus Múltipla Comunicações Ltda, que executou a campanha publicitária, intitulada “Cidadão no Trânsito”.

Segundo a Diretoria de Análise de Transferências (DAT) as principais irregularidades foram a assinatura de ordens de serviço e apresentação de notas fiscais com datas anteriores às do julgamento das propostas das empresas concorrentes. Também não foram formalizados os contratos e toda a documentação anexada ao processo de prestação de contas não especifica os serviços executados e seus custos individuais.

Em nota, Taniguchi – atual Secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente do Distrito Federal – afirmou que vai recorrer. Taniguchi garantiu ainda ter documentos suficientes para provar a legalidade no processo de contratação da empresa.


6 comentários

  1. Dom Quixote
    quarta-feira, 6 de maio de 2009 – 14:56 hs

    Se tivesse que devolver tudo, ele quebra.

  2. José Russomanno
    quarta-feira, 6 de maio de 2009 – 15:03 hs

    Notas fiscais antecipadas e ordens de serviços, antes do julgamento da licitação, humm, vai dar o que falar, e quero ver comprovar.

  3. curitibano
    quarta-feira, 6 de maio de 2009 – 16:29 hs

    ah, tadinho. estou morrendo de peninha.

  4. quarta-feira, 6 de maio de 2009 – 17:58 hs

    COMO SEMPRE ACONTECE NO MEU BRASIL VARONIL,VAI RECORRER,VAI PROTELAR E NADA VAI ACONTECER. QUER APOSTAR?

  5. BREAK
    quarta-feira, 6 de maio de 2009 – 18:14 hs

    sera que aquela que era a primeira dama no periodo não tem nada aver com isso? Perguntar não ofende.

  6. Banzai !
    quarta-feira, 6 de maio de 2009 – 18:14 hs

    Se devolver dinheiro for isso.
    Nada mais justo que uma grande confraternização na familia do engenheiro, filho de família pobre, que chegou em Curitiba e venceu na vida com salário de funcionário público.
    R$ 227.704,20 É TROCO.
    Sabem quanto vale apenas o apto de Floripa?
    E essa turma do PT querendo fazer greve na Prefeitura por melhores salários . Está aí uma prova que salário de funcionário publico pode ser muito bom.