Relatório dos bombeiros indica que deputado tinha "hálito etílico" | Fábio Campana

Relatório dos bombeiros indica que deputado tinha “hálito etílico”

A cópia de um documento do Corpo de Bombeiros, exibido por canais de televisão hoje, mostra que o condutor do Passat envolvido no acidente que matou dois jovens na madrugada de quinta-feira (07), no Mossunguê, apresentava “hálito etílico”. O carro era usado pelo deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho na ocasião da batida.

O relatório dos socorristas do Siate é preenchido em todos os acidentes com vítimas e, segundo a polícia, foi anexado ao inquérito que investiga o acidente no qual o deputado estava envolvido. O nome do deputado não consta no relatório, uma vez que os documentos dele não foram encontrados no local da colisão.

De acordo com o Código Brasileiro de Trânsito, depoimentos de autoridades públicas servem como prova na investigação de crimes de trânsito.


15 comentários

  1. Ronaaaldo !
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 15:36 hs

    O playboy tava podre de bebado. E depois ainda sao contra o voto facultativo. Democracia ‘a brasileira e’ so’ pra burro, pra legitimar este tipo de gente no poder. Nao vale a pena o trabalho de sair de casa para ir votar, nenhum presta, todo politico e’ 100% vagabundo. Brecht estava errado quando veio com aquele papo de analfabeto politico. NULO JA’ , NULO SEMPRE !!!

  2. Jaferrer
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 15:43 hs

    Agora fica difícil defender esse criminoso. Mas estamos no Brasil, tudo pode acontecer.

  3. Dom Quixote
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 16:15 hs

    Dr. Elias.
    Cuidado. A defesa do Carly, vai alegar que ele tinha dado um jato de “Binaca” na boca, e a composição do binaca, contém alcool.
    Vão dar umas dez desculpas destas.

  4. Caroline Sandri
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 16:20 hs

    Graças a Deus!!! Só vamos torcer para que continue assim, que a verdade seja dita
    E dúvido que só tinha alccol nessa história, duvido mesmo, tenho lá minhas dúvidas se ele não estava drogado não.
    Bem feito, agora essa historinha que tá se alimentando por sonda, devia é ficar sem os dentes, isso sim!!!!
    Como diz a mãe do Gilmar Yared: ganhei a cabeça do meu filho de presente de dia das mães. A mãe do Sr deputado que nem se quer aparece, devia receber os dentes dele pra ver se aprende a ser decente e deixar de lado salões de beleza, e carrinhos importados

  5. Observador
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 16:34 hs

    È obvio .. que ele tava bebado senao drogado.. nao sei como nao deixou os socorristas bebados com o halito fedorento dele.
    Foram imagens impressionantes.. alguem a 30 por hora, nao faria o estrago que fez… foi lamentavel quem viu a cena, triste… o estrago com os corpos da vitima foi tremendamente horrizantes. Ele deveria ter visto na hora antes de ir pro hospital como ficou as vitimsa o que ele fez quem sabe a consciencia dele já começaria a pesar.

    PRISAO URGENTE PRA ESSE CRIMINOSO.

    AUTORIDADES PELO AMOR DE DEUS APARECAM COM A VERDADE.. PUNICAO…. pq se ele nao for punido como vamos cobrar das pessoas respeito no transito …???

  6. ABAFA - KNOW-HOW
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 16:45 hs

    Quem anda a 190 km/hora tem muito mais que “hálito alcólico”, deve ter certamente outras substâncias ilegais. Só não vão provar se houver – ao que tudo indica – operação ABAFA, orquestrada com apoio do requião, especialista em carteirada em acidentes de trânsito! VERGONHA! O FIM ESTÁ PRÓXIMO! FORA REI DO NEPOTISMO E SECRETARIADO MEDÍOCRE!

  7. Tchê
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 16:53 hs

    Ele é uma tralha mesmo, cachaceiro, corre de carro, 130 pontos na carteira, fura sinal , agora criminoso, assassino, estes tralhas é que mancham a imagem dos políticos,

  8. LEITOR CM
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 16:55 hs

    SÓ FALTA COLOCAR EM DUVIDA OS POLICIAIS DO SIATE, QUE FIZERAM A PARTE DELES??????????

  9. Geraldo Alves
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 17:12 hs

    Gostaria de saber da população de Guarapuava se a imprensa local está informando ou se está maquiando os fatos para que o povo guarapuavano não conheça a verdade. Também gostaria de saber a opinião sobre o acontecido do povo desta região.

  10. chato da água verde
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 17:16 hs

    Dizem que se tratava de um dito “Bar de Vinhos e Restaurante” – o nome já diz tudo…

  11. Astrogildo
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 17:18 hs

    A verdade ta apareçendo

  12. Break
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 18:06 hs

    “hálito etílico”. estão usando destas palavras para confurndir a opinião publica sejam mais claros.

  13. Maneco
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 20:39 hs

    Vão ter que custurar tanto a fachada do galã, que vai ter que beber agora em diante pela….nuca.

  14. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 20:41 hs

    Hoje, só hoje a Polícia pediu as amostras de sangue para fazer os exames.
    Do mesmo modo, já se sabia, desde a data do acidente que o Deputado estava “sem carteira”, esconderam a notícia 4 dias, e depois da família ter contratado o Assad, a mãe de uma das vítimas foi quem leu os autos e contou para a imprensa. Fosse um pobre, estaria escrachado no jornal já no mesmo dia: “motorista, sem carteira, voando baixo e embriagado (teriam feito o exame), mata 2 jovens, em acidente de carro…

  15. SYLVIO SEBASTIANI
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 22:10 hs

    ATENÇÃO ESPECIAL ! Se a Direção da Assembléia Legislativa tivesse tomado providências enérgicas e não escondido os FATOS, como é comum, os deputados do Paraná já teriam tido ‘VERGONHA NA CARA” e fiscalizado para evitar um mal maior.VAMOS AO FATO: em março de 2004 a imprensa denunciou que os deputados estaduais estavam devendo R$400 mil ao Detran por multas de seus veiculos.O Presidente de então, Deputado Hermas Brandão foi contra o Detran pelas multas. Depois mandou vender todos os carros, dos 196 veiculos da frota, 134 acumulavam multas até o início de abril.Multas estas lógicamente por abuso dos poderosos deputados ou melhor, pelos ilustres deputados.Afinal acertaram, ninguém sabe como, quando foi pago, se foi pago, nada foi noticiado.A prova que os deputados exorbitaram à pratica das leis , abusaram do Poder. Assim venderam os carros, bem sobre o resultado das vendas, foi igual a “CONCEIÇÃO”. ASSIM DEIXA CLARO QUE OS DEPUTADOS SEMPRE CONTRARIARAM AS LEIS DE TRANSITO. FALTAVA MOSTRAR QUAIS FORAM OS DEPUTADOS INFRATORES,TALVEZ SE ISSO ACONTECESSE, OS DEPUTADOS NÃO MAIS PRATICÁRIAM ESSAS LOUCURAS E DESRESPEITO AS LEIS, E MENOS PESSOAS SERIAM MORTAS EM NOSSO TRANSITO CURITIBANO. VEJAM QUE AS MULTAS FORAM DE R$400 MIL !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*