Multas colocam Comissão de Ética sob suspeita para julgar Ribas Carli | Fábio Campana

Multas colocam Comissão de Ética sob suspeita para julgar Ribas Carli

foto11_49_19_monitora_2358b10963dcffce6dd8e4fdb5a53a2d
Do Bem Paraná

A revelação de que quatro dos cinco integrantes da Comissão de Ética da Assembleia Legislativa estão sob ameaça de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por infrações de trânsito, levantou ontem dúvidas sobre os responsáveis pela investigação do caso do deputado Fernando Ribas Carli Filho (PSB), ameaçado de cassação do mandato por envolvimento em um acidente que resultou em duas mortes, no último dia 7, em Curitiba.

O presidente da comissão, deputado Pedro Ivo Ilkiv (foto), do PT – que será responsável por avaliar o processo contra Carli depois que ele passar pela Corregedoria da Casa – admitiu ontem que pode se afastar do cargo caso as famílias das vítimas considerem que ele está sob suspeição. Ilkiv responde a processo de suspensão da carteira por infração gravíssima registrada em 2003.

De acordo com reportagem publicada pelo jornal Folha de Londrina no último domingo, pelo menos 18 dos 54 deputados estão em situação semelhante, com a carteira suspensa ou ameaça de suspensão por acúmulo de infrações de trânsito. Desses, além de Pedro Ivo Ilkiv, outros três são integrantes da Comissão de Ética – Ademar Traiano (PSDB), Osmar Bertoldi (DEM) e Reinhold Stephanes (PMDB) – e igualmente serão responsáveis pela investigação do pedido de cassação de Carli Filho.

Ilkiv alega que a multa é referente a uma infração registrada quando ele viajava pelo Rio Grande do Sul em 2003 a 80 km/h, e não viu a entrada de uma cidade onde o limite era de 40 km/h. Ele alegou, porém, não considerar que isso represente impedimento para sua participação na investigação contra Carli Filho. “Não interfere. Mas se familiares das vítimas entenderem que isso me desabona, coloco o cargo à disposição. Me afasto tranquilamente”, disse.
Os outros três deputados da comissão, porém, descartaram tomar atitude semelhante. Stephanes Júnior, que tem 55 pontos registrados contra ele por infrações, alega que esses pontos se referem a problemas que vêm desde 1998. E que foram acumulados por conta de recurso no Detran. “Se eu não tivesse entrado com o recursos esses pontos não apareciam”, afirma ele, que garante não ter sido multado no ano passado.
Já Ademar Traiano que tem 43 pontos na carteira e igualmente recorreu, alega que as infrações se referem a funcionários de seu gabinete que estavam na direção. “Meus motoristas já foram enquadrados. Depois do recurso não aconteceu mais”, garantiu ele, que não vê impedimento para participar da investigação contra Carli Filho. “São coisas distintas. Quem não tem multa de trânsito nesse Estado”, reagiu.
Osmar Bertoldi, que tem 24 pontos na carteira, também atribui as infrações a assessores que utilizam veículos em seu nome. “Não são infrações graves”, afirmou, alegando que a maioria se refere a estacionamento em local proibido.


35 comentários

  1. O Povo
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 11:41 hs

    A Lei não é igual para todos, está provada a tese da Sra. Christiane Yared!
    Justiça contra os vilões do Estado do Paraná que são seus representantes no Legislativo.
    Vergonha!

  2. RELATORIO FINAL
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 11:43 hs

    Simplesmente vergonhoso. Vocês sabem o que significa isso? Que na cabeça quase que geral dos parlamentares se passa o seguinte pensamento: Tudo posso, não preciso respeitar nada e ninguém. E mesmo aqueles que dizem que entregaram a carteira, não importa: eles estacionaram em calçadas, passaram sinal vermelho, pararam na faixa de pedestres, utilizavam celulares enquanto dirigiam, abusram da velocidade.

  3. Augusto
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 11:50 hs

    É fácil, só deixar a policia na saída da camara dos deputados . Conforme vai saindo vai pegando a carteira. Se a policia não tiver competencia chama o exercito ou o povão.

  4. PAPAGAIO DE PIRATA
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 11:54 hs

    CRUZ CREDO, PELO QUE ESTOU VENDO ACHO QUE NÃO VAI FICAR NENHUM DEPUTADO NEM PARA APAGAR A LUZ DO PLENÁRIO, UNS COM CARTEIRA SUSPENSA, OUTROS POR IMPROBIDADE, OUTROS POR…… DEIXA PRÁ LÁ, PESSOAL PEDE PARA CAG.. E VÃO EMBORA.

  5. Raquel
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 12:02 hs

    Eu ouvi ontem as desculpas esfarrapadas que estes “nobres deputadinhos” deram para as multas……..
    Um deles dise que foi o motorista dele, mas não deu nome ao motorista……ora, todos sabemos quer o dono do carro responderá pela infração, exceto se demonstrar, em tempo hábil, que outro condutor dirigia o carro. O nobre parlamentar não conhece o código de trânsito????????
    Outro teve a cara de pau de dizer que foi multado ´por excesso de velocidade trafegando a 80 Km/H em um trecho urbano de rodovia federal no qual o limite máximo era de 40…………..e ele entrou com recurso dizendo que…NÃO VIU!!!!!!! ora, se é cego não pode dirigir, não é???????????se não prestou atenção na direção cometeu mais um delito: o de dirigir sem capacidade mental. O mesmo deputadinho, do qual infelizmente não lembro o nome dise que, deixou o carro na frente da casa do filho em Curitiba, sem o ESTAR porque era meio dia, e, na cidade dele não se usa estar neste horário…..ora nobre legislador, está no terceiro ano de mandato e não conhece as leis da cidade onde mora???????talvez não tenha sido alfabetizado.
    Se fosse da família Yared eu questionaria estes sujeitos.
    Bando de pessoas sem moralidade= asembléia legislativa.

  6. CLOVIS PENA
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 12:05 hs

    A ética pela ética. Só.

  7. Zé Carlinhos
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 12:15 hs

    Além da certidão de trânsito deveria ser exigido dos “ilustres” parlamentares também Certidão Criminal, do Serasa, SPC, Cartórios e Tribunal de Contas aí sim teriamos certeza em votar para alguns deles.

  8. Tchê
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 13:18 hs

    Báh Tchê, os homi que fazem as LEIS e não cumprem, tão tudo na pindura com Justiça !

  9. Ronaaaldo !
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 13:41 hs

    Esses vagabundos deveriam andar de carroça, se não sabem dirigir como gente de bem ! Os da capital pensam que são o Schumacher, e os do interior pensam que estão dirigindo colheitadeira no meio do mato.
    E se bobear vão querer verba extra pra contratar motorista. Inútil, vereador e deputado estadual não serve pra nada, não deviam nem existir.

  10. Pedrão
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 14:07 hs

    Tem que colocar o nome dessa rapaziada aqui, e se possível, o motivo da infração.
    Isso também não é falta de decoro?

  11. INDIGNADO!!!
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 14:32 hs

    CARAMBA!!!

    SERÁ QUE EXISTE NA CASA ALGUM DEPUTADO QUE REALMENTE QUEIRA LEVAR A QUESTÃO DO TRÂNSITO A SÉRIO.
    – UM QUER BURLAR A LEI E NÃO PAGAR PEDÁGIO,
    – OUTRO QUER DIRIGIR, DIGO, PILOTAR A 190KM, MATAR, E AINDA ALEGAM INOCENCIA,
    – OUTROS SEQUER PODEM PEGAR A DIREÇÃO DE UM VEÍCULO,

    PERGUNTO:
    – OS DEMAIS QUE TEM CARTEIRAS DE HABILITAÇÃO “LIMPA”, SERÁ QUE SÃO QUENTES, OU FORAM ESQUENTADAS?

    PUTA QUE OS PARIU!!!
    TEM OU NÃO TEM GENTE SÉRIA AÍ…

    SE A COISA TIVESSE ACONTECIDO COM O CIDADÃO POBRE, QUE PAGA SEUS IMPOSTOS, QUE CUMPRE COM SEUS DEVERES, APOSTO QUE VOCÊS (DEPUTADINHOS DE MERDA), IRIAM CAIR DE PAU EM CIMA!!!

    ME AGUARDEM, ME AGUARDEM…

  12. Almas vendidas
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 14:38 hs

    Pedro Ivo ou qualquer outro que tenha a ficha suja (carteira) não tem moral para julgar ninguém!

    Esse Pedro Ivo só me dá vergonha! Envergonha o povo de União da Vitória que confiou nele… ou aparece num escânda-lo desse, ou aparece como o deputado vendido que beija o pé do Urtigão das Araucárias.

  13. Nhanho
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 14:49 hs

    A quantidade de políticos envolvidos é diretamente proporcional às chances de tudo acabar em pizza.

  14. INDIGNADO!!!
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 15:42 hs

    À ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA.
    SR. PRESIDENTE DA CASA.

    GOSTARIA DE SOLICITAR OS BONS PRÉSTIMOS NO SENTIDO DE QUE SEJA DISPONIBILIZADO APENAS UM MINUTO DE SEU PRECISO TEMPO, PARA QUE VS AVALIASSE COM A GENTE O TEMA, PORÉM, LEMBRANDO “SEMPRE” QUE SOMOS CIDADÃOS E ELEITORES, SEGUE:

    VEJA BEM, SE OS DEPUTADOS CITADOS PARA A COMISSÃO DE ÉTICA NÃO PODEM E NÃO TEM COMPETÊNCIA PARA REPRESENTAR O POVO E COMPOR A MESA, POIS ESTÃO IRREGULARES JUNTO AOS DETRANS, ISSO SIGNIFICA QUE ESTES MESMOS DEPUTADOS NÃO DEVEM EM HIPOTSE ALGUMA CONDUZIR UM VEÍCULO, CERTO.
    AGORA VAMOS A PARTE QUE GOSTARÍAMOS QUE VOSSA EXECELÊNCIA DEDICASSE UM POUCO MAIS DE ATENÇÃO, OU SEJA, SE ELES NÃO PODEM EM HIPOTSE ALGUMA DIRIGIR, ISSO INCLUI TAMBÉM OS FINAIS DE SEMANA, OK!!!

    ENTÃO PERGUNTO:
    – NOS FINAIS DE SEMANA ELES TEM MOTORISTAS PARTICULARES?
    – QUEM DIRIGE PARA ELES SÃO SUAS ESPOSAS, OU FILHOS?
    – NOS FINAIS DE SEMANA, ELES USAM OS VEÍCULOS COM MOTORISTAS DA CASA?

    ACHO QUE NÃO NÉ.
    DIANTE DE TAIS QUESTIONAMENTOS, GOSTARIA DE ALERTAR A POPULAÇÃO QUE A SITUAÇÃO TÁ REALMENTE COMPLICADA, POIS ALÉM DO DEPUTADO RIBAS CARLI, NÓS TEMOS OUTROS DEZOITO DEPUTADOS INFRATORES QUE DEVEMOS TOMAR CUIDADO, VAI QUE VOCÊ TÁ INDO NUMA BOA E UM DESSES INCOMPETENTES CHOCA CONTRA SEU CARRO, E MACHUCA OU MATA SUA FAMÍLIA, IMAGINEM A CONFUSÃO QUE VOCÊ ACABA DE ENTRAR, POIS OS MESMO TEM OS BENEFÍCIOS DA LEI…

    PORTANTO, SUGIRO QUE A CASA NOS DIVULGE TODOS OS NOMES DESSES DEPUTADOS PARA QUE POSSAMOS FAZER UMA AVALIAÇÃO, E ASSIM LEMBRARMOS DE SEUS NOMES NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES.

  15. V.Lemainski-Cascavel
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 15:57 hs

    Coube aos sujos julgar o mal lavado.
    Pegou mal aos infratores. Tomara que os deputados, ao cometerem as infrações, não o tenham feito por prepotência ou pensando em impunidade. Acredito que o fato deve ter servido de lição.

  16. Joãozinho
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 16:22 hs

    olheee pessoal isso só ta acontecendo pq a Senhora Yared cutucou um Dep. e acabou caindo mais um punhado…..
    quem manda no Brasil somos nós!!!
    é só colocar pressão na cabeça deles que eu quero ver!!!
    ta ficando legal isso..
    ahhh e outra não defendendo o Ribas Killer mas os outros deputados que estao com multas nao podem nem pensar em querer julgar ele.

  17. S Dumont
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 17:20 hs

    Tá louco, e eu preocupado com meus 7 pontos…

  18. João
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 17:22 hs

    Hei turma! Parem de criticar nossos deputados. As multas vem porque eles, às vezes tem que atender diversos setores num mesmo dia.
    Falta tempo e por isso ultrapassam a velocidade mínima. Mas isso não é problema. Só aconteceu um acidente até hoje.
    Está saindo um prêmio para quem andar a mais de 180 km por aquela via sem tombar o carro. Ninguém consegue isso. Experimentem e verão que não há condições para tal.

  19. Produtor
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 17:31 hs

    Agora os nobres deputados sentiram o que é verdadeira “industria da multa”. Talvez a tragédia sirva para alguma coisa.

  20. Eliott
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 18:00 hs

    Há algum tempo, as pessoas ficavam gratas, honradas até com a visita de um deputado ou vereador. Faziam questão de cumprimentá-los. Em eventos sociais os rodeavam e paparicavam. Isso já era. Hoje, essa turma não é bem vinda. Esses políticos de m… não encontram mais portas escancaradas. Em eventos sociais ficam isolados, meio sem jeito. E acho que o caminho é este mesmo. Eu não lhes estendo a mão nem para cumprimento. Essa gente precisa ser tratada como realmente merece. Gente pequena.

  21. Carlão
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 18:29 hs

    Isto é uma vergonha !
    Estava vendo agora na TV , o Dep. Plauto tem 120 pontos , isto NÃO pode existir , Deputado tem que dar exemplo !!!
    sejam Honestos, safados !

  22. Anastácio Simão
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 19:51 hs

    A Assembleia Legislativa como um todo não está em condições de julgar ninguém. Não é preciso cometer ou se envolver num acidente para que haja quebra de decoro. Se condenarem Fernando Ribas Carli Filho, todos os deputados estão se condenando. Por um motivo, puro e simples: como antecipar uma cassação, uma condenação, antes que a Justiça o faça, já que a maioria da casa se enquadra na vala comum dos “infratores de trânsito”?
    Até agora, todas versões patrocinadas pela imprensa do Paraná estão caindo por terra:
    1) O acidente não foi motivado por um “racha” (primeira versão da imprensa, que desencadeou a fúria na população);
    2) O deputado não morreu (já estavam enterrando ele);
    3) O deputado não saiu “andando” do Hospital Evangélico, nem subiu no jato do governador para o Hospital Albert Einstein (versão que exacerbou ainda mais a população já furiosa);
    4) O deputado não foi fazer uma “simples cirurgia plástica” em São Paulo, e sim operações iniciais que demoraram 14 horas;
    5) A existência de dois exames alcoólicos, um dando positivo e outro negativo, coloca em suspeição qualquer resultado oficial, principalmente pelo fato de que o exame positivo não foi coletado para averiguar o índice de alcolemia e sim a possível existência de doenças;
    6) A versão de que a família do deputado tentou mascarar os “reais motivos do acidente” também não conseguiu se sustentar, caso contrário, por conclusão óbvia, o exame alcoolico, mesmo sendo para outros fins, teria dado totalmente negativo;
    No mínimo curiosa a declaração do deputado Pedro Ivo, presidente da Comissão de Ética, ao dizer que renúncia “se a família (Yared) quiser”, pois demonstra sua fragilidade diante da opinião pública e de uma parte diretamente interessada na cassação (revela-se parcial).
    Os deputados não podem tomar atitudes precipitadas com essa, sob pena de se sujeitaram a um desgaste público ainda maior, na tentativa de agradar o influenciável clamor popular.

  23. RELATÓRIO FINAL
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 19:59 hs

    Por isso que reclamam e dizem que Curitiba é uma fábrica de multas. Na realidade é por que nossos parlamentares estão carregados de multas por desrespeito a sinalização, imprudência e negligência. Deveriam pagar e prestar serviços nos hospitais de pronto atendimento às vítimas de trânsito.

  24. Só por Deus
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 20:19 hs

    Correção do texto enviado a pouco.

    Olha pessoal. Estive na caminhada dos Yared e da dona Vera no domingo. Senti na dona
    Vera uma mulher frágil mas com sede de justiça e na senhora Yared uma mulher de fibra e uma verdadeira líder das maiorias”sem o poder é claro”, pois a minoria nesse planeta lógicamente são os que tem o poder para detonar a maioria, que infelizmente esta maioria elege a minoria que está no poder. Ai meu Deus que confusão. Desculpa-me pessoal, é que eu vim de um planeta bem distante e muito diferente da terra. No meu planeta os seres vivos vivem em harmonia e respeitam o processo natural das coisas. Se vocês quiserem eu peço pro nosso governante geral vir dar umas aulas do que é ser correto, ético, leal, lógico, incorruptível, respeitoso e principalmente como devem se comportar quando estão comandando uma nação ou na direção de um disco-voador….fala sério.

  25. Comentário infeliz
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 20:45 hs

    Uma pessoa fez um comentário sobre a dona Yared – “Essa mulher vai se filiar num partido e vai ser candidata para aproveitar o destaque na mídia” – Pensei “meu Deus quanta ignorância”. Olha dona Yared, fui na caminhada, me senti como uma seguidora de uma líder falando por um povo necessitado de justiça, senti sinceridade em suas palavras, o povo que estava a minha volta, como eu, derramamos lágrimas pela sua dor, que hoje não é apenas sua, de sua família e da dona Vera, mas também de um povo que está com sede justiça, portanto, não nos decepcione. Não entre nessa como dona Arlete Caramês entrou. Sinto que a senhora poderá fazer muito mais pelos anseios do povo na liderança dessa causa do que ser mais uma deputada. Apesar de achar importante as instituições democráticas, pois Deus me livre mais uma ditadura militar, somente louco varrido prá pensar numa coisa dessas, nosso povo não meresse isso novamente. Se depender de mim a senhora não vai estar sozinha empunhando essa bandeira. E no próximo sábado estarei na boca maldita para juntos fundarmos a boca bendita. Que Deus nos acompanhe e nos ajude nessa missão.

  26. luis
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 21:17 hs

    Esses caras estao rasgando a constituiçao e infelizmente fomos nos que os colocamos la. votar em qualquer um desses nunca mais ta na hora de acordarmos, desses que estao ai acredito eu que ninguem escapa, vassoura neles.

  27. Com certeza
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 21:26 hs

    Concordo com quem disse que a Dona Yared vai se filiar a um partido político e sair candidata. Não foi assim com a Arlete, que usava como slogan “Mãe do Guilherme” e se elegeu vários mandatos a fio?

  28. Outonno
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 23:15 hs

    S Dumont, é isso aí…

    Falou e disse Produtor…

    Eliott, disse tudo meu chapa.. tudo mesmo!!!

    Só por Deus… é complicado não é mesmo?? Muito complicado…

    Comentário Infeliz… muita sorte, muita força e continua assim, com essa sua educação…

  29. Clayton
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 0:22 hs

    Carro da PM em alta velocidade atropela jovem…
    http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=890480&tit=Carro-da-PM-em-alta-velocidade-atropela-jovem
    E agora?!?!? Não vão malhar também os policiais?!?!
    Ah, esqueci que eles estavam provendo a segurança pública e são pobres…E esses fatos não causam o “furor” humano!! hahaha

  30. Andréia
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 0:26 hs

    Vai aqui mais um caso de acidente no trânsito pra vc’s se ocuparem e se rebelarem contra…
    Acidente mata seis pessoas de uma mesma família de Londrina
    Família viajava de Londrina para Porto Ferreira, São Paulo, quando o motorista perdeu o controle do carro e bateu de frente em um ônibus. Quatro adultos e duas crianças morreram…
    http://portal.rpc.com.br/jl/online/conteudo.phtml?tl=1&id=890385&tit=Acidente-mata-seis-pessoas-de-uma-mesma-familia-de-Londrina
    Não vão clamar por justiça?!?!?!’Não né?!?! O motorista do carro não é deputado e provavelmente também não é rico!!!! rs

  31. Nhanho
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 2:30 hs

    “Até agora, todas versões patrocinadas pela imprensa do Paraná estão caindo por terra”

    Bafômetro nesse mané, que insiste em não querer enxergar o óbvio. Ou ao contrário, lucidamente ele está atestando o que já sabemos: que vai acabar em pizza. O que não acaba em pizza neste triste país?

  32. REGINA
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 7:35 hs

    QUE VERGONHA DOS NOSSOS POLITICOS!!!
    E EU QUE ESTAVA TAO PREOCUPADA COM OS SETE PONTOS NA MINHA CARTEIRA……
    AQUELES QUE FAZEM AS LEIS NAO TEM MORAL PARA COBRAR DE NINGUEM …
    E OLHEM BEM, A PODRIDAO DEVE SER EM OUTROS SEGMENTOS TAMBEM…
    SE TODA ESSA VERGONHEIRA NAO FOR PUNIDA EXEMPLARMENTE PODEMOS RASGAR AS LEIS DE TRANSITO…
    ATÉ QUANDO VAMOS TER QUE SUPORTAR TANTA IMPUNIDADE?
    VAMOS ANALISAR BEM A FICHA CORRIDA DOS CANDIDATOS NAS PROXIMAS ELEIÇOES!!!!

  33. tarso de castro
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 10:14 hs

    A Andréia, logo acima, seguindo o plano dos Carli de confundir a opinião pública, agora tenta comparar o caso do motorista que rodou sozinho na estrada e bateu em um ônibus com o do deputado Carli Filho, que passou por cima de outro veículo, bêbado, em alta velocidade e com carteira cassada. Andréia, poupe-nos, querida.

  34. jaime
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 11:56 hs

    Gostaria de parabenizar o sr.pela imparcialidade,com que o senhor conduz todos os comentarios,este meu Comentario o sr.poderia por no Inicio pra que a imprensa de GUARAPUAVA onde moro saiba,ontem pela primeira vez na radio onde tem Programa e tambem com toda CORAGEM o Vereador DEMOCRATA GILSON AMARAL,falou sobre a tragedia que envolve o Deputado daqui de Guarapuava o filho do Prefeito Carli,Guarapuava ta encolhida,cabisbaixa,envergonhda,mais tomara que todos sigam o Vereador Gilson que nao dobrou a espinha ante o poder.ate que enfim, obg

  35. marcos correia
    quinta-feira, 28 de maio de 2009 – 9:12 hs

    Se esses parlamentares ainda nao estao com o direito de dirigir suspenso,ou cassado,penso que nao os impede de continuar no caso.Se por ventura e o contrario e estao irregular, ai sim,eles teem que deixar os cargos a disposiçao.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*