CCJ do Senado retira da pauta multa do Banestado | Fábio Campana

CCJ do Senado retira
da pauta multa do Banestado

Foi retirado da pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado hoje de manhã, o parecer do senador Antonio Carlos Jr (DEM/BA), que se manifesta pela inconstitucionalidade do projeto de resolução do senador Osmar Dias que poderia livrar o Paraná da multa mensal de R$ 4 milhões herdada do processo de privatização do Banestado.

Ainda não há previsão para que o assunto volte para a CCJ. Por enquanto, tudo na estaca zero.


4 comentários

  1. Dom Quixote
    quarta-feira, 6 de maio de 2009 – 14:55 hs

    Este foi um dos maiores golpes dados nos cofres do Banestado, cujo valor do golpe foi muliplicado por dois ou três, e acabou estourando, como sempre, nos bolsos do idiotas dos paranaense, cordeiros, acomodados, que acham que o dinheiro do Estado é dos outros. Somos todos panacas.

    É de pasmar que o governo austero (eu disse austero?), do Requião, foi frouxo na busca dos autores deste golpe, pois a lei faculta o – direito de regresso -, ou seja, qualquer governante que der um golpe nos cofres públicos, pode responder ação de indenização ou devolução do valor roubado,´com multa e correções, e responde inclusive por crime na Justiça Penal.

    Fica o desafio ao Requião. Quando é que voce vai tomar providencias contra os autores deste golpe trilhardário ?

  2. quarta-feira, 6 de maio de 2009 – 16:53 hs

    E O REQUIÃO, COM TANTO CADÁVER NO ARMÁRIO, LÁ VAI TER TEMPO DE CUIDAR DE CADÁVER ALHEIO.

  3. Jose Carlos
    quinta-feira, 7 de maio de 2009 – 10:00 hs

    Este projeto é uma picaretagem… a exemplo dos precatórios que a quinta comarca caloteira não paga há uma década, agora pretende esquivar-se do pagamento de multa por calotear dívidas… quem deve tem que pagar… o velho barbado – e azarado – vai acabar levando uma tunda que vai refletir-se nas eleições, por ter entrado na conversa fiada de Mello e Silva… se houve responsáveis, que o governo caloteiro vá buscar e punir…. paga e não bufa…

  4. Direitos e deveres
    quinta-feira, 7 de maio de 2009 – 11:59 hs

    E quem vai perguntar o que aconteceu com as 6000 famílias demitidas no processo de privatização. Imagine só, estudar, passar em um concurso e eis que numa rodada de negociação o emprego se vai. Deve ter gente lotando salas de psiquiatras até hoje. Acorda Paraná !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*