CCJ aprova reajuste de 5,9% aos servidores do Poder Judiciário | Fábio Campana

CCJ aprova reajuste de 5,9% aos servidores do Poder Judiciário

Nenhum tostão a mais do que Requião deu para os servidores do Executivo,. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), aprovou hoje, por unanimidade, o reajuste de 5,9%, aos servidores do Poder Judiciário. O projeto de autoria do Tribunal de Justiça recebeu parecer favorável do relator deputado Reni Pereira, do PSB.

A proposta reajusta os valores dos vencimentos básicos dos servidores ativos e inativos do quadro efetivo do Poder Judiciário do Estado do Paraná, a partir de 1º de janeiro de 2009. “Este aumento será retroativo ao mês de janeiro de 2009”, explica o deputado. Agora a matéria será analisada pelas outras comissões e segue para votação em plenário.


9 comentários

  1. O Povo
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 16:45 hs

    Ao Judiciário o reajuste é retroativo a 01 de janeiro de 2009, e aos demais funcionários do Estado que se danem a partir de junho de 2009?

  2. jango
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 18:57 hs

    Porque retroativo para uns e não para outros ? Para o funcionalismo do Executivo, em todos os atrasos de pagamentos deste governo (e são muitos, com uma avalanche de ações na Justiça) nunca se fala em efeito retroativo. A Assembleia Legislativa aprovou um quadro do Tribunal de Contas, com efeito retroativo de 10 meses, e aos seus servidores com efeito a partir de 120 dias. Agora o Judiciário para os servidores do Judiciário. Quando se trata do Executivo além de não falarem no assunto ainda dão motivo ao Executivo para atraso no pagamento. É vergonhoso.

  3. Sandro
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 20:42 hs

    PALHAÇADA. E os barnabés do Executivo vão ficar “chupando o dedo”, só porque o governo vergonhosamente quer jogar nas costas do Legislativo o fato de não pagar o aumento este mês, pois se realmente quisesse, poderia ao menos ser em folha complementar.
    Engraçado, nesta República alguns são mais iguais que outros, a Assembléia quando é para dar aumentos retroativos para servidores de outros poderes nem mesmo questiona esta atitude totalmente desigual de tratamentos dos funcionários públicos estaduais. Repito: PALHAÇADA!!!!!!

  4. Va a m.. Requiao
    terça-feira, 26 de maio de 2009 – 23:42 hs

    Palhaçada!! Pq retroativo para uns e nao para outros????

  5. Ita
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 0:23 hs

    Se for asim a Constituição Federal esta errada, pois la esta escrito que todos são iguais perante a Lei.
    Porque este tratamente diferenciado.
    Poderia ser para todos retroativo, basta querer, e fazer em folha complementar.

  6. DISCURSO DE POSSE
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 6:14 hs

    É hora de começar a mostrar as contradições de um discurso eleitoreiro e fantasioso.
    Salieri adorava os seus rabiscos, os quais pensava serem obras musicais de alguma qualidade. Roubava trechos mas não tinha competência para usa-los. Foi ao extremo.
    E assim ficou famoso, pelo lado trágico da vida.

  7. indignada
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 10:09 hs

    Retroativo para uns e não para outros. Dois pesos e duas medidas. Cabe aí um recurso judicial coletivo?

  8. SYLVIO SEBASTIANI
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 12:42 hs

    Não se assustem , não achem “nada estranho” isso é comum. A Assembléia Legislativa do Paraná. como não tem informatização, fazem o que querem com o dinheiro público.Em 2006 aprovaram o Quadro do Tribunal de Contas com efeito “retroativo” de 10 (dez) meses, do Tribunal de Justiça de 6 (seis) meses e na própria Assembléia Legislativa, com 5 (cinco) meses posteriores, além de que agora em 2.007 aprovaram “novo” Quadro do Tribunal de Contas com um aumento em média de 75% da Assembléia Legislativa e o Tribunal de Contas é “orgão auxiliar” do Poder Legislativo (art.75 da Constituição Estadual). O nivel maior da Assembléia Legislativa é de R$3.955,38 e do Tribunal de Contas é de R$7.178,09 .Querem saber qual o motivo? O Ministério Público Federal e a Policia \Federal podem confirmar:”OS GAFANHOTOS”,que precisam receber seus salários, através de contas dos deputados, depositados em Banco.Outro motivo? Tem que agradar o T.C., pois eles examinam as contas das Prefeituras que ajudam eleger os deputados.

  9. Bueno
    quarta-feira, 27 de maio de 2009 – 16:28 hs

    Para dirimir dúvidas quanto à indignação dos comentaristas, esclareço:

    A reposição do poder Executivo refere-se ao período de inflação ocorrido entre Maio/2008 a Abril/2009. Assim, o último reajuste concedido pare esta categoria ocorreu em maio de 2008;

    A reposição que está sendo concedida aos funcionários do Poder Judiciário refere-se ao período de janeiro/2008 a Dezembro de 2008. A última reposição para esta categoria ocorreu em janeiro de 2008, portanto, o período de retroatividade nada mais é do que o pagamento de valores que já deviam ter sido pagos desde janeiro/2009, que até o momento não foi.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*