Osmar versus Beto será o confronto entre Curitiba e o interior, diz Mac Donald | Fábio Campana

Osmar versus Beto será o confronto entre Curitiba e o interior, diz Mac Donald

Paulo Macdonald

A frente política pró Osmar Dias para a disputa ao governo em 2010 está formada no oeste do Paraná. As três cidades mais importantes da região – Foz do Iguaçu, Cascavel e Toledo – que têm prefeitos do PDT e do PP, começaram a levantar dados locais sobre segurança, situação econômica e meio ambiente, nesta ordem, para subsidiar o programa de governo do senador.

“Já conversei com meus colegas Edgar Bueno, de Cascavel, que é do nosso partido, o PDT, e Carlos Schiavinato, de Toledo e do PP, que hoje compõem a mesma base aliada, e estamos trabalhando”, revelou o prefeito de Foz , Paulo Mac Donald. Ele desconversa sobre o embate entre o interior e a capital que teremos em 2010, se as candidaturas de Osmar Dias e do prefeito de Curitiba, Beto Richa, forem confirmadas. Mas diz que os 88% de aprovação popular no maior colégio eleitoral do Estado que Richa detém, não assustam a banda de lá.

“O Osmar Dias obteve 66% dos votos em Foz na última eleição e pode superar isso aqui e nas grandes cidades do Paraná”, afirma. Para o prefeito de Foz, reeleito ano passado, o que vai determinar a vitória de um ou outro candidato em 2010 será um programa de governo aonde o combate à insegurança venha em primeiro lugar. “A partir daí, o oeste do Estado, principalmente Foz, por ser fronteira, terá um papel importantíssimo: se conseguirmos barrar o contrabando e o narcotráfico aqui, será mais fácil reduzir a violência no resto do Estado”, avalia.

Quem lembra é o prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donald: a frente ampla pró-Osmar Dias conta com o oeste inteiro e mais meio sudoeste. Em Pato Branco, quem governa é o pedetista Roberto Viganó. Só não tem o sudoeste inteiro porque, em Francisco Beltrão, quem reina é Wilmar Reichembach, tucano de primeira hora, amigo do conterrâneo ilustre, Euclides Scalco.


20 comentários

  1. José Russomanno
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 13:07 hs

    Não adianta, todos querem que o Beto seja candidato ao governo,e que concorra com o Osmar.
    Quem sabe vcs consigam convênce-lo a sair candidato.
    Aqui em Curitiba já falamos demais nisso,e sem resultado positivo.
    O Beto realmente seria a solução para o Paraná..masss…!!!

  2. o faxineiro
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 13:13 hs

    Este é um imbecil, fala pelos cotovelos está enrolado em denuncias de irregularidades em sua administração, fora os acordos com os vereadores chamados de caracu ( nomeação de cabos eleitorais, para que os vereadores não afastem ele do cargo). ele esquece que o Beto é de Londrina o segundo colégio eleitoral do estado, portanto representa a Capital e o interior Beto Governador

  3. BOBÃO.
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 13:44 hs

    JÁ TEMOS PROBLEMAS DEMAIS E VEM ESSE BOBÃO QUERENDO FAZER COMPETIÇÃO ENTRE CAPITAL E INTERIOR.
    POIS FIQUE SABENDO SEU TROUXA QUE EU MORO EM CURITIBA ( CAPITAL ) E NASCI EM CASCAVEL ( INTERIOR ).
    SE ISSO LHE SERVE DE PARÂMETRO, O QUE VOCÊS POLITIQUEIROS TEM QUE FAZER É TRABALHAR ISSO SIM QUE NÓS VAMOS ENTÃO AVALIAR QUEM MERECE O NOSSO VOTO.
    SEU ZÉ RUELA CARA DE PEIXE MORTO.

  4. Interior_do_Paraná
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 13:56 hs

    Não se esqueçam do Pessutão….

    Esse sim, é o único que une o interior à cidade

  5. CLOVIS PENA -
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 14:58 hs

    Paulo Mac Donald – uma liderança emergente do Paraná.
    Comentei sobre esta possibilidade logo após o resultado das últimas eleições, neste blog.
    Minha dúvida não é a capacidade e a boa perspectiva de Mac Donald.
    O que chama a atenção é o contexto confuso do Osmar Dias.
    Lembro que em Francisco Beltrão há ainda pesada influência de Scalco, aliado e coordenador da campanha do Osmar.
    Uma boa articulação, com a premiação de um resultado favorável, credenciarão Paulo a disputar em breve uma vaga majoritária.
    Vamos ver como fica o Osmar.

  6. OSMAR versus beto
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 15:55 hs

    O Beto é frágil em termos de confronto no debate, além do mais, o embate seria por uma cadeira no executivo estadual, muito diferente de executivo municipal e mais de 20 anos encontra dominada pelo mesmo grupo lernismo. Não haverá nenhuma blindagem.

  7. Professor Jaquim
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 18:47 hs

    Ótimo, deixa este pessoal ficar dividido.Esta é a melhor forma de não chegar a lugar algum !

  8. Eduardo Bollis
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 19:00 hs

    Beto se segura com curitiba, pq se for pra batalha vai sair machucado…vc é fraco, não consegue expressar-se ( uma espécie de Juliano Borghetti piorado ) hahahaha…além disso, no interior vc não é ninguem.

  9. Beltronense
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 19:30 hs

    Gente, calma, O Serra não vai querer ter um grande adversário no Paraná. Portanto Serra presidente, Osmar Governador, Gustavo Senador. Alvaro ministro de Serra, Beto com grande obras do governo Serra(metrô e etc e tal) quando entregar a prefeitura vai para o governo federal ou estadual com destaque e é o governodor em 2014. Alvaro, Osmar, Beto, Gustavo um grande projeto para varios anos de mandato. bom o Requião de preferencia sem mandato para o resto de sua vida. Dr Scalco uma grande figura politica, honesto, competente, sério e grande articulador. Meu pai sempre votou nele e sempre disse que era um grande politico. Fora Requião e cambada.

  10. PICHOTE
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 21:44 hs

    Parabéns Beltronese.
    Uma boa analise, Cabe lembrar que o PSDB com o Beto e o Alvaro juntos perderam a prefeitura de Londrina para o PDT, o Beto venceu em Curitiba graça ao apoio incondicional do Osmar.

  11. rock
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 22:40 hs

    Esse Beltronense deve estar com problemas serios, vejam so o que o cara esta articulando para governar o nosso estado e o nosso país, o cara deve ter aompanhamento médico urgente. Eu moro no interior vizinho do Beltrão e digo a voces que nem Betinho Mídia e nem o Urtigão de Tocantins me convencem, fico de Pessutão 15, Requião 151 e Dilma 13.

  12. TIANO
    sexta-feira, 10 de abril de 2009 – 22:59 hs

    VIVA OSMAR DIAS, ESSE VAI MANDAR BETO RICHA ARA SEU DEVIDO LUGAR!

    O LUGAR DE BETO RICHA É EM CASA!

  13. Ramphastidae
    sábado, 11 de abril de 2009 – 1:32 hs

    Aproveitando o clima de semana santa, que Deus nos livre das aves Ramphastidae aqui no Estadual, assim com no Federal. Amém

  14. Zé do Coco
    sábado, 11 de abril de 2009 – 4:56 hs

    Não conheço esse cidadão mas, pelas suas palavras, vi que continuo no lucro. Ele está confundindo a vontade dele com a realidade das tendências no Estado. O Paraná quer Álvaro Dias de volta, é o que pude constatar nas minhas andanças. Quanto ao Beto, queria o segundo mandato para prefeito de Curitiba. Tomou posse, agora governe até o final.

  15. Leite Quente
    sábado, 11 de abril de 2009 – 5:21 hs

    O me poupe, comentário desse Mac Donaldo, ninguem merece, o cara se acha um sabichão e não passa de um arrogante, e comparar Beto, com Juliano Borguetti, aí é de mais. Agora com tanta gente boa em Foz do Iguaçu, deixar esse “Begueba” fazer esse comentário, é só para o dia de hoje como Judas.

  16. sábado, 11 de abril de 2009 – 10:19 hs

    Blá,blá,blá inutil de alguns, já antevendo a derrota certa. Capital x interior, de onde isso?? que eu saiba Curitiba tem um grande percentual de pessoas do interior, praticamente 40 % da sua população e que também elegeu Beto prefeito, então não entendi a tal afirmação. Só que algumas considerações são bem claras: O que é mais fácil, Osmar conseguir votos em Curitiba ou Beto no interior??? Ao contrário de algumas considerações, Osmar ganhou de Requião em Curitiba devido ao apoio de Beto no segundo turno, o contrário não existe, pois Osmar claramente não tem representatividade em Curitiba, Região metropolitana, litoral e num monte de outros lugares, sendo candidato que representa algumas categorias pontuais. Á votação em Osmar foi claramente votos anti-desqualificado, sem contar que quase 1 milhão de pessoas votaram nulo/branco, onde não viram nem em um nem em outro um bom representante. Esse pessoal de Foz, Cascavel ( minha terra) e Toledo está atrasado 3 anos, deveriam ter feito isso na eleição passada, agora vai ser muito, mas muito difícil segurar o Beto, só mesmo se ele não quiser…

  17. CLOVIS PENA -
    sábado, 11 de abril de 2009 – 14:45 hs

    Vejo pelos comentários, a preocupação em “segurar o Beto”, a criatura.
    Beto já é uma excelente revelação na política paranaense.
    Ocorre que o criador hoje está menor que a criatura.
    E, que apareceu o Álvaro com um IBOPE -dado recente – que por si é um passaporte ao posto de candidato.
    Não há como “segurar” o jogo, se ainda estamos nas preliminares.
    Vejo o Álvaro em campo, como velho titular e o Beto como sangue novo no mesmo time.
    Para avaliar ambos, são necessárias algumas partidas. Aí vai rolar cartão amarelo e no final um vermelho.
    Neste time, da forma como está, Osmar não leverá nenhum cartão, pois está no banco.
    Opção e luta ! O Mac Donald conhece muito bem este binômio.

  18. CLOVIS PENA -
    sábado, 11 de abril de 2009 – 18:41 hs

    Imagino que o Paulo Mac Donald foi bem objetivo.
    Como Beto faria uns 80% na capital é lógico que haveria pouco a explorar neste território de 30% dos votos. Por outro lado, dizer que Osmar é o candidato do interior poderia agregar muito mais, num universo de aproximadamente 70% do total dos votos paranaenses, etc, etc. Óbvio.

  19. CLOVIS PENA -
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 6:01 hs

    Existe ainda por aqui, um grupo que sabe como proceder a “arrumação” de chapas para as eleições. A composição mais importante do tal grupo foi quando Lerner se elegeu com tranquilidade para o 2º mandato. Se lembro bem, Álvaro foi confirmado no Senado.
    Se estas inteligências voltarem à cena, o acerto de Osmar com Beto poderá ter outros contornos.
    Se assim for, Beto poderá ser “nomeado” governador, com apoio (discreto) de Osmar, no interior.
    O PMDB ficaria numa “sinuca de bico”. Serra agradeceria.
    Depende do grupo de cá, de Lula lá, de Cristóvam, de como vai Ciro Gomes…..
    Fio da navalha, Paulo Mac Donald.

  20. Centro
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 9:37 hs

    Estando levando a sério demais o “Mato” Donald. O que existe em Foz é o Anti-SAMISmo(e familia).
    E politica rasteira e populista de todos os lados.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*