No Dia da Mentira, a verdade sobre os impostos de Requião | Fábio Campana

No Dia da Mentira, a verdade sobre os impostos de Requião

requiao-idiota

Hoje, 1º de abril, Dia da Mentira, data perfeita para o inicio da reforma tributária de Requião que aumenta os impostos sobre a gasolina, a energia elétrica, telefonia, mas jura que vai baixar os preços de produtos essenciais.

Por falar em aumentos, o cidadão paranaense amanheceu hoje com o preço do gás de cozinha mais alto 15%, os medicamentos com alta de 6% e a gasolina 5% mais cara.


11 comentários

  1. Carlão
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 9:13 hs

    Parabéns Requião pelo seu dia !

  2. gigi
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 9:16 hs

    Benesses só para a família Requião e seus cupinchas!Demagogo e mentiroso.Deveriam ele e sua troupe respeitar um pouco mais a inteligencia do povo.Tomara que esteja chegando ao fim essa era negra da nossa história.

  3. bimbo
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 9:29 hs

    Só alegria !!

  4. lenin
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 9:34 hs

    De que fonte são esses números Campana, por nos esclareça.

  5. Ricardo
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 10:25 hs

    No dia da mentira, Requião vem a Francisco Beltrão, onde o Hospital Regional dele já devia tá pronto em 2006, e onde alguns fornecedores que ainda não receberam seu dinheiro foram “convencidos” a tirar suas faixas da frente da obra 99,5% acabada, mas 0% funcionando da mega-obra.

    Esse hospital é um caso curioso, já foram mais de dez datas de inauguração furadas, e há três anos ele está “para ser inaugurado”, sendo que ainda não conseguiram nem licitar equipamentos ou fazer concursos. Com 750 funcionários, essa deve ser mais uma das bombas que o Rei da mentira vai largar no colo de seu sucessor.

  6. Cidadao F
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 10:43 hs

    E seguramente vai ser eleito com uma quantidade expressiva de votos a que ele se candidatar, porque é disso que o povão gosta (SER ENGANADO).Preferem acreditar em uma mentira, a enfrentar a realidade.
    Continuaremos sem segurança, saude, educação e pagando o pedagio mais caro do Brasil para andar pelo estado do Paraná. Mas uma coisa sobra desta historia o Estado do Paraná irá ter dinheiro para pagar as ações judiciais das brigas do Governador.

  7. BREAK
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 12:50 hs

    Dia 01 de abril de 09 (dia do governador do Paraná)

    Vamos aos fatos

    E verdade que o pedágio baixou – não isso é mentira
    É verdade que o pedágio acabou – não isso é mentira
    É verdade que diminuiu a criminalidade no Paraná – não isso é mentira
    E verdade que a estrada do cerne esta toda asfaltada – não isso é mentira
    É verdade que o porto de Paranaguá foi bem administrado pelo seu irmão – não isso é mentira
    É verdade que elegeu a maioria dos prefeitos dos municípios do Paraná – não isso é mentira e a verdade é que ele foi o grande derrotado.
    É verdade que ele fez ou faria pacto com o diabo – pode ser, pois assim ele disse uma vez na TV.
    E verdade que ele é um bom homem – mentira garantida ele e mesmo um grande enganador mentiroso.
    Mas vamos dar a ele a verdade na próxima eleição não votando mais nele por suas propostas mentirosas.

  8. FONTE SEGURA
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 13:00 hs

    Ahhh entendi a “balela” de ontem (baixar a aliquota do ICMS do diesel desde que Beto baixe a tarifa do ônibus), pura cortina de fumaça, para dividir as opiniões, CARRASCO FDP! ou Bonzinho.

    Na verdade um DEMAGOGO DE 1o. LINHA!

    Graças a Deus que a era do nepote está no fim!

  9. Geraldo Medeiros
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 14:16 hs

    Gasolina e gás mais caros?

    Em compensação, nunca as ‘abobrinhas’ estiveram tão abundantes, embora amargas cada vez que o requião abre a boca.

  10. CURITIBANO
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 16:17 hs

    Todos numeros chutados. Alguns, tipo dos medicamentos anunciados ha mais de 30 dias e nada tem a ver com a minireforma tributária.
    A gasolina tenho acompanhado, inclusive entrevista com o presidente do Sindicombustiveis “Fregonese” que garante que é oscilação de preços, que ocorre desde 3 anos até os dias de hoje. Tudo mentira como o primeiro de abril.

  11. quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 17:38 hs

    Em 2010, nós devolveremos o petardo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*