Fazenda Rio Grande trata do aterro que substituirá a Caximba | Fábio Campana

Fazenda Rio Grande trata do aterro que substituirá a Caximba

Na sessão de hoje ,às 18:30, a Câmara Municipal de Fazenda Rio Grande deverá votar o requerimento da vereadora Lirani Franco, do PT, que propõe um plebiscito para que a população possa opinar e decidir sobre o futuro do lixão em área municipal.

A usina de reciclagem que substituirá o aterro da Caximba poderá ser em Fazenda Rio Grande, pois Mandirituba, outra opção, foi descartada pelo IAP – Instituto Ambiental do Paraná. Na cidade vizinha, existe uma lei municipal em vigor, que proíbe a instalação de aterros. A entidade ambiental estuda áreas em Fazenda Rio Grande para que seja construído um grande aterro, que receberia lixo de Curitiba e de algumas cidades da Região Metropolitana de Curitiba.


22 comentários

  1. PEDRÃO
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 15:22 hs

    O PREFEITO CHICO SANTOS (PSDB) PROMETEU EM SUA CAMPANHA ELEITORAL QUE NÃO DEIXARIA DE FORMA ALGUMA O LIXÃO DE CURITIBA VIR PARA CÁ! MAS AGORA ELE MUDOU DE IDÉIA E FONTES SEGURAS JÁ INFORMAM QUE O ATERRO SERÁ EM FRG!

    O BETO RICHA DIZ QUE PEDIU PARA O PREFIETO CHICO SANTOS AJUDAR CTBA!

    AGORA O QUÊ O POVO DE FRG IRÁ FAZER COM O LIXO DE CTBA??

    HOJE NA SESSÃO OS VEREADORES TENTARÃO IMPEDIR QUE O LIXO VENHA PARA FRG.

  2. Fazenda Rio Grande
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 16:25 hs

    A população está consciente. Não queremos que Fazenda Rio Grande se transforme em Capital do Lixo. A vontade do Beto Richa e do Chico Santos não vai prevalecer. Parabéns vereadora Lirani.

  3. Sirlene
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 16:36 hs

    O Sr. Beto Richa deve ser responsabilizado por ter deixado que a crise do lixo chegasse até onde chegou.

    Já destruíram com um bairro histórico chamado Cachimba (cujo nome tornou-se sinônimo de lixão).
    Agora querem destruir com o futuro da cidade de Fazenda Rio Grande, em nome de polpudos lucros para as empreiteiras e generosas contribuições de camapanha.

    Que o povo da Fazenda Rio Grande seja forte, pois o preefita de lá é um fraco… vai fazer o que o Beto mandar.

  4. Fazendense
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 16:54 hs

    Gostei muito de saber que o plebiscito será votado hoje….. mas, será que os vereadores da base do prefeito nao irão faltar a sessão?
    Espero que não e que votem a favor da democrácia….. afinal, pagamos seu gordos salários….

  5. Cidadão Fazendense
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 16:57 hs

    Nossa cidade corre perigo! E tudo em nome da ganância de alguns que só pensam em lucro fácil.

    Vamos nos mobilizar e impedir que os interesses da turma do Chico Santos prevaleça.

    Eu trabalho dentro da prefeitura e já alguns “chefinhos” discursando a favor do Lixão em nossa cidade. Sei que tem um acordo entre o Chico e o Beto Richa para que esta monstruosidade venha para cá.

    Vereadora Lirani, conte com a gente. Saiba que os servidores municipais a respeitam muito. Que bom que podemos contar com você.

  6. daniel
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 17:01 hs

    Vote no prefeito mais pela questão do lixo…
    No primeiro cheque que recebe Já abre as pernas. O que esperar
    Lixão na Fazenda Não!!!!!

  7. marise
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 17:03 hs

    Lixão na Fazenda Não…
    queremos empregos é não sub-empregos…
    Cadê as indústrias que promenteram…
    Até agora só conto de fadas

  8. Elói Khun
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 17:14 hs

    Parem de reclamar, pois este é o futuro de FRG. O Chico Santos sabe o que faz; porisso ele é contra os loteamentos. Chega de inchar nossa cidade com gente, vamos inchá-la com lixo.

    Gente não pode, mas Lixão pode! (rsrsrs)

  9. Fé Católica
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 17:40 hs

    Podem contar com todo o apoio da Comunidade da Paróquia São Gabriel. Nossa cidade tem uma história muito bonita que não pode ser manchada pela incompetência de alguns. Lixão na Fazenda Não!

  10. Andriguetto
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 17:54 hs

    Galeeera…. vamos agir…. quero propor uma mibilização de todos os grêmios e grupos de estudantes. Os caras pintadas vão voltar…

    Vamos fazer o DIA DO LIXÃO em FRG… neste dia vamos juntar todo o lixo que a gente puder e levar na frente da prefeitura… quero só ver a cara deles neste dia…

    Vamos lá galera, tá na hora de agir!!!!

  11. Saci
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 18:30 hs

    Fazendensses! Antes de tudo, vamos nos lembrar que Vossa aprazível cidade não tira um único tostão do bolso para a destinação do lixo que Vossas Senhorias produzem. Curitiba banca a coleta e a destinação de mias 14 municípios da RMC. O que não é justo é Curitiba bancar a coleta, a destinação e manter aterro (tecnologia mais que ultrapassada diga-se de passagem) em seu perímetro urbano. A solução deve ser buscada conjuntamente e alguém tem que ceder, afinal se não houver lugar para destinar o lixo, onde o deixaremos? no gurada-roupa é que não. e se curitiba fechasse a entrada de lixo dos outros municípios? O lixo que V. Senhorias produzem hoje iria pra onde? Lembremos também que o novo projeto não se trata de aterro, mas de uma usina de reaproveitamento/compostagem/reciclagem, que gerará dividendos e empregos. O que precisa ser discutido é de forma isso se dará e quais os benefícios o município que receberá o lixo terá.quais as compensações e medidas mitigatórias podem ser benéficas para FRG?. é isso que precisa ser discutido e não ficar fazendo auê demagógico. Não sejam reacionários.
    Imaginem se Curitiba então deixasse de atender os cidadãos de FRG que buscam atendimento nas unidades de saúde curitibanas. Imaginem também que não aceitássemos suas crianças em nossas creches e escolas. Lembrem-se que os impostos que pagamos aqui também pagam serviços para Vossas Senhorias. Informem-se corretamente. Ou acham melhor deixar SEU lixo pelas ruas da sua cidade??

  12. Carlos A. Itaperucu
    quarta-feira, 1 de abril de 2009 – 22:54 hs

    Andrigueto ta fazendo campanha o Sr. e a Marilza para o lixo ir para Mandirituba(cavo) pode tirar o burro da chuva para ca nao vai vir o lugar certo e Fazenda Rio Grande la so tem bandido e lixo.

  13. Prof. Fernando
    quinta-feira, 2 de abril de 2009 – 10:50 hs

    Sr. Saci, entendo sua argumentação, mas gostaria de lembra-lo que não podemos tentar resolver um problema com outro. O lixo produzido hoje em Fazenda Rio Grande não chega a 1% do total destinado ao aterro da Cachimba. Acredito que a solução para este impasse seria que cada municipio pudesse cuidar da destinação dos seus residuos dentro dos seus limites. Curitiba cuidando do seu lixo, Fazenda Rio Grande cuidando do seu lixo e assim por diante. Sou morador de Fazenda rio Grande e sei que usamos parte dos serviços publicos da capital. Este é um problema que ocorre em todas as regiões metropolitanas do Brasil. Ma não podemos esquecer que grande parte dos nossos moradores trabalham em Curitiba e acabam por consumir, movimentando o comercio e os serviços, proximo do seu local de trabalho. Este é um problema estrutural que precisa ser resolvido. Mas como disse, não podemos usar de um erro para resolver outro. Compreendo os ditos beneficios financeiros que o aterro/usina pode trazer, mas não acredito que no final das contas teremos mais beneficios do que prejuizos. Não quero que o nosso lixo va para Curitiba, como acontece a tanto tempo, mas tambem não quero que o lixo de Curitiba venha para Fazenda Rio Grande, ou outra cidade da região metropolitana. Esta é uma questão polemica que deve ser discutida e argumentada, e um espaço como este aqui é essencial para isto.

  14. Prof. Fernando
    quinta-feira, 2 de abril de 2009 – 10:54 hs

    Sr. Carlos A. Itaperucu, fico pensando o tipo de cidadão que voce é. Em um espaço aberto ao dialogo voce usa de argumentos baixos para justificar sua posição. Espero poder contar contigo, com argumentos realmente significativos, para contribuir ao debate que estamos tentando fazer neste espaço. Eu, como morador de Fazenda rio Grande, me sinto ofendido com suas palavras. Espero que tome consciencia de seua atos e venha para um debate realmete inteligente.

  15. VAMOS DENUNCIAR TUDO
    sexta-feira, 3 de abril de 2009 – 7:35 hs

    AO SRCARLOS ITAPERUCU DESJO DIZER QUE FAZENDA RIO GRANDE TEM ALGUNS MARGINAIS SIM, MAS A MAIORIA DOS MORADORES É DE GENTE DO BEM, ESTOU EXTRAMAMENTE OFENDIDA COM SUAS PALAVRAS E CONCORDO PLENAMENTE EFAÇO DAS PALAVRAS DO PROFESSORFERNANDO AS MINHAS, AO QUAL PARABENIZO PELOS DOIS EXELENTES COMENTÁRIOS QUE DEMONSTRAM E CONHECIMENTO E EDUCAÇÃO.

  16. André
    segunda-feira, 20 de abril de 2009 – 0:13 hs

    Mas a população tava consciente que PSDB em Ctba e aki FRG voces acham o q?

    O Chico Santos nunca foi flor que se cheire a começar com a covardia que ele fez em campanha agredindo aquela familia que estava distribuindo uma carta do candidato leslie,

    Ele na camara de vereadores fez somente 2 projetos de lei. o que ele vai fazer como prefeito?

    mudar a logomarca da cidade?

    isso ele ja fez.

    eu moro em FRG desde 98 e sempre me orgulhei daki mas o povo não sabe vota e pq a musiquinha dele na campanha era legal e por ele distribuir uma revistinha de propostas mentirosas pensaram que ele era boa pessoa.

    o chico santos é do lado do celso rocha e o que o celso fez aki?

    não se reelegeu!

    a população não sabe votar e por isso vão pagar por isso a começar pela nossa cidade FEDENDO o lixo de curitiba e outras 16 cidades.

    e vejam que com essa NOVA TECNOLOGIA de recolhimento do lixo isso vai durar mais de 40 anos aqui na fazenda.

    Mas é bom pra população aprender,

    quando tavam com o Toninho reclamavam e agora nem isso vão poder.

    e o Secretário Elói Khun não pense que esquecemos que o senhor comprou milhares de pacotes de café para a camara dos vereadores a um preço extraordinario.

    Ninguem quer lixo em sua cidade mas como um amigo nosso disse aqui por qualquer cheque o chico abre as pernas e é exatamente isso que vai acontecer.

    e tenho dito.

  17. André
    segunda-feira, 20 de abril de 2009 – 0:18 hs

    Obrigado pelo espaço Fabio Campana e gostaria de que a população de Fazenda Rio Grande não tome atitudes sem pensar, nós elegemos ele então temos que confiar,

    não adianta fazer um atentado a ele pq o dr nassib (vice) vai continuar a corrupção por aki.

    LIXÃO NA FAZENDA!

    NÃO.

  18. André
    segunda-feira, 20 de abril de 2009 – 0:23 hs

    ah e respondendo ao nosso colega Carlos A. Itaperucu que disse que tem que vir pra cá pq só tem bandido,

    garanto que em mandirituba tem mais,

    os cidadãos que vivem lá parece que estão na pré história ainda.

    nós em 19 anos evoluimos mais que vcs em todos esses miseros anos de vida da cidade de vcs.

  19. delma kuntz
    quarta-feira, 22 de abril de 2009 – 12:01 hs

    Lixão na Fazenda não não queremos podridão das regiões em nosso lugar cada prefeito que se vire com o lixo da sua cidade estamos de olho hein…

  20. pauloj
    sexta-feira, 22 de maio de 2009 – 19:17 hs

    aqui em itaperuçu tem ma empresa chamada protocol querendo instalar umlixao nao vamos deixar de maneira alguma se lixo for bom que tratem em suas casas lixao aqui nao, fora politicos safados fora liao.

  21. Marcos
    sexta-feira, 12 de março de 2010 – 13:59 hs

    Prezados! Moro na Cachimba a praicamente 26 anos. Nasci e fui criado lá. Quando tinha apenas 4 anos de idade, o famoso LIXAO se instalou por lá e um projeto que era pra ser por no MAXIMO 3 a 5 anos, esta até hoje la. Esta na hora da RMC de contribuir tambem com o assunto em questao. LIXAO NA CACHIMBA NAO FICA! E faremos de tudo para impedir!!!!

  22. SONIA
    terça-feira, 22 de junho de 2010 – 21:53 hs

    LIXAO NA FAZENDA NÃO!!!!!!!!!!!!!!!!
    Q FIKE PRA CAXIMBA COME TUDO POIS NAUM QUEREMOS LIXO!!!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*