Depois da viagem, Requião manda limitar gastos com passagens | Fábio Campana

Depois da viagem, Requião manda limitar gastos com passagens

requiao005

Requião acaba de retornar de viagem de férias ao exterior. Foram ele, família, assessores, aspones e sabe-se lá que outras funções tem essas pessoas especializadas em finanças no exterior (ver o post abaixo).

Ora, pois, como se diz em Portugal, “casa roubada, trancas na porta”. Requião determinou hoje um decreto que responsabiliza cada secretário pelas viagens de funcionários e saiu verberando contra os abusos nos gastos com viagens ao exterior.

A técnica é antiga. Quando o Duce se sente ameaçado pelas evidências, trata logo de criar um assunto que desloca o interesse sobre a questão para outros personagens. Ele, bem, ele sempre está com a razão, dizem os áulicos e as pixações que manda fazer nos muros da cidade.


14 comentários

  1. CLOVIS PENA -
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 11:33 hs

    Como deveria ser ?
    Como será ?
    São indagações ou decisões próprias de um início de governo.
    De qualquer forma, os “frutos” ocultos serão dados a conhecer adiante. Como no estilo de Lugo.

  2. CAPITANIAHEREDITÁRIA
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 11:34 hs

    Os governantes deveriam ser exemplo na gestão pública. O Beto, plagiando Aécio, diz que implantou um sistema que irá avaliar o desempenho dos asseclas em suas secretarias.
    Tal desempenho somente será sentido com a melhoria dos serviços públicos. Aqui entre nós, continua muito precário.
    O tratamento aos recursos públicos é desprovido do mesmo rigor, quando o cidadão é devedor.
    A falta de transparências, viagens desnecessárias, improdutivas, pois se depender dos políticos brasileiros as empresas aéreas jamais terão crise.

  3. jango
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 12:08 hs

    “The king can do no wrong” este é o lema medievalesco da Republiqueta do Paralama. O outro é o do Rei Solão – après moi le dèluge. E um outro ainda desponta: primeiro o meu (ou os meus), depois não deu, Zebedeu.

  4. Cap. Nascimento
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 12:16 hs

    Enquanto a “famiglia” do nepotão de mello e silva diverte-se, o seu secretário de finanças anuncia que os Servidores Públicos não terão reajuste salarial. Enquanto a “famiglia” do nepotão viaja às custas do cofre público estadual, o sindicalismo capacho e pelêgo dos barnabés estaduais aquieta-se, como de hábito.
    Ei reiquejão, pede prá sair.

  5. bimbo
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 12:36 hs

    Desqualificado, chega de viagem de “ferias” e joga areia no olho de todo mundo, ou pensa que joga, seu otário.

  6. JOÃO CARDOSO
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 14:04 hs

    Se mandou limitar, é porque tinha exccessos ? Como ? Onde ? De quem ?

  7. terça-feira, 21 de abril de 2009 – 14:07 hs

    Então Bob demorou para acordar,mas, se você talvez lembrasse de um Decreto, lá de seu antecessor,hoje senador Àlvaro Dias, em que determinava que as viagens ao exterior deveriam ser : primeiro somente com autorização do chefe do executivo mediante justificativa com as explicações cabíveis do secretário da pasta e se o beneficiário era realmente técnico daquela área; segundo,após o retorno do bebeficiário era obrigatório um relatório técnico da viagem(este ainda é feito superficialmente), acompanhado da prestação de contas dos gastos feitos;terceiro, estas viagens somente eram autorizados para assuntos técnicos,portanto, após estas exigências cumpridas o beneficiário por obrigação de ofício deveria reunir todos os técnicos da secretaria ou autarquia para repassar o conhecimento técnico obtido em sua viagem;quarto, caso as exigências não fossem atendidas o “beneficiário” deveria ressarcir aos cofres públicos os gastos com a viagem desnecessária.
    Apenas lembrando, atualmente esta farra das viagens ao exterior são garantidas pelos srs.secretários de estado a seus asseclas,depois,estes levam ao Duce e ele autoriza conforme a cara do inquilino. Olhem o que tem gente que já viajou neste governo,chega ao cúmulo da pessoa nem saber o que vai fazer em certo país,vai segurar o saco do secretário.
    Já passou da hora,é cada viagem besta, tem que controlar sim, inclusive as viagens internas, tem gente viajando muito sem proveito do nosso Estado,pois, não há como mensurar a necessidade delas.
    Isso mesmo , agora que sua família toda já se beneficiou tranque a torneira.

  8. JOÃO CARDOSO
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 14:18 hs

    Será que o Requião está com medo de escândalo nacional de passagens aéreas ?
    O bicho tá pegando. Acho que ele sabe de alguma coisa e esdtá se prevenindo.

  9. EdsonFernando
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 14:26 hs

    Vi pela TV SINAL que o nobre governador pediu afastamento para viagem ao exterior por motivos pessoais, será que ainda vamos continuar pagando suas viagens de seus assesores e de sua familia em ferias??

  10. Pedro Vigário Neto
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 14:43 hs

    – Engraçado este País. Depois da porteira arrombada, correm providenciar trancas;
    – Como dizia meu avó : Ética, educação, responsabilidade, retidão, etc, são coisas que se trás do berço. Ou se tem ou ….faz parte da gangue;
    – Agora, depois que a imprensa publicou a farra das passagens no senado, alguém está propondo a utilização somente à serviço. Porra, é brincadeira. É ou não é a casa da mãe Joana. É evidente que procedimentos internos, pautados na ética, já deveriam fazer parte da adminstração pública, desde de D. Pedro;
    – É o povo assiste tudo isto como se fosse uma novela que daqui a pouco terá um final feliz;
    – O povo burro !
    – Precisamos tentar. Nas próximas eleições vamos substituir 100% dos atuais políticos. Vamos tentar até acertarmos nossos votos;
    – Tô de saco cheio desta gente…

    Abraço.

  11. Ricardo
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 16:03 hs

    O Requião, tá chegando 2010, depois de quatro anos enrolando o povo do sudoeste, acho que tá na hora de inaugura o regional daqui. Você já poupou uns 40 milhões de reais com os inúmeros (pelo menos 10 datas furadas já) prazos de inauguração.

    Agora tá na hora de inaugurar, largar a bomba no colo do sucessor, e garantir uns votos pro Senado.

  12. VIAGEM ALHEIA
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 18:21 hs

    ALÉ DE TORRAREM OS COFRES PÚBLICOS, LAVAREM DINHEIRO PARA CAMPANHAS POLÍTICAS, AINDA LEVAM A CAMARILHA PRA TORRAR O NOSSO DINHEIRO. E OLHA QUE A TURMA DO OUTRO LADO GASTA MAIS AINDA!!!!!

  13. tarso de castro
    terça-feira, 21 de abril de 2009 – 19:26 hs

    O lema do Requião continua sendo: DEPOIS DE MIM, O DILÚVIO!

  14. Emerson
    quarta-feira, 22 de abril de 2009 – 10:46 hs

    Deve ser algum rompante de culpa…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*