Cadê o estadista? | Fábio Campana

Cadê o estadista?

maristela1

Postura de estadista. Os políticos nativos gostam de usar esta expressão, mas não estão falando de Bismarck (o da Prússia, não o do Vasco da Gama), de De Gaulle, de Churchill. Falam de Requião. Como se estadista fosse o tipo que dá berros para impor seus argumentos e imagina que ninguém sabe quem paga as suas contas domésticas, inclusive a das viagens a passeio com a família ao exterior.

A chamada postura de estadista aplicada a Requião vira pó quando, por exemplo, o jornalista Celso Nascimento, na Gazeta do Povo de domingo, informa ao público que a mulher do distinto, Maristela Requião (foto), viajou a expensas do MON – Museu Oscar Niemeyer pelo que se depreende da solicitação 7.590.152-6/09-Of. nº 116/09, do MON, que solicita autorização para viagem devidamente autorizada pelo governador que vem a ser o marido acompanhante, o próprio Requião.


26 comentários

  1. Jose Carlos
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 10:24 hs

    Ninguém escapa neste governo da quinta comarca, nem mesmo Madame Mello e Silva… as máscaras vão caindo com o passar dos dias… é uma pena e uma vergonha…

  2. jango
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 10:35 hs

    Sous le ciel de Paris
    Avec l’argent publique
    Hum Hum …

  3. ronaldo
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 10:43 hs

    Alguns dias atrás comentei na matéria desse blog sobrê a viagem do bolivarísta perguntando se essa figura ia a Europa às custas da viúva ou do povo, agora vemos que foi mesmo ás custas desse povo burro. E pasmem, esse atrasado que ser conhecido como estadísta, pode !

  4. Roni Capote
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 10:54 hs

    O Leprevost adora o Taj Mahal!

  5. segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 11:12 hs

    O jornalista já disse tudo !!!
    Isso daí tá mais pra general, e ainda dos tempos do autoritarismo pleno!

  6. Rei da Selva
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 11:23 hs

    Sr. Fabio, se você viu essa notícia na coluna do Celso Nacimento, tamém viu a notícia sôbre o Restaurante dos Secretários da Prefeitura, por que não comentar, e tentar esclarecer.

  7. O Povo
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 11:24 hs

    Óleo de perôba para o Sr. Requião passar já na sua cara marcada de Nepotista número 1 do Brasil!
    Falta de vergonha e corrupção explícita em seu governo, não lhe deixam nem constrangido tamanha é a loucura do Velhaco Governante!

  8. Anônimo
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 11:52 hs

    Ora, o preclaro estadista está gastando os seus dinheiros (?) na Europa. Enquanto isso, em Porecatu, os criminosos do MST fizeram uma sexta-feira, um aleluia e uma Páscoa de fogo, queimando dezenas de milhares de toneladas de cana-de-açúcar, e a PM, refratária como é ao cumprimento da lei e do dever, não tomou qualquer medida. Aliás, esses crimes são tão comuns, que a imprensar sequer noticia, e a PM fica covardemente inerte. Será que neste Paraná será necessário “chamar o ladrão” (Chico Buarque) para resolver a parada?
    PS.: A que designios serve a PM do Paraná? Desapareceu o conceito de honra? Senhores oficiais, antes de ordens palacianas (sempre alegadas pela PM), existe a lei, existem ordem judiciais que devem ser cumpridas! A continuar assim, a linha divisória entre o crime e a polícia, que já é tênue, vai desaparecer.

  9. Alessandro
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 12:09 hs

    O Paraná não tem mesmo oposição.
    Requião se acha o melhor em tudo, mas não percebe que será lembrado, no máximo, como um ladrãozinho doido, digno de ser esquecido em, no máximo, duas gerações.

  10. segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 12:44 hs

    ALESSANDRO, ESSE SUJEITO,NÃO DEVE E NÃO PODE SER ESQUECIDO NUNCA.DEVE FICAR COMO EXEMPLO DE POLÍTICO ARROGANTE,AUTORITÁRIO,TRAÍDOR E UM PÉSSIMO ADMINISTRADOR.

  11. Cidadao
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 12:52 hs

    É o quarto melhor governador do Brasil dentro os dez mais. (se bem que quem faz a lista?)
    Por isso jornalista não precisa mais de diploma, afinal fazer materia de ovinhos de pascoa não precisa ser profissional mesmo.

  12. SOLANGE LOPES
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 13:09 hs

    Rei da selva, voce tem razão. Porque não abrir um comentário público sobre o tal Restaurante Vindouro, de propriedade de dois secretários do prefeito Beto Richa. Dizem que o tal restaurante é um desbunde. Possui uma carta de vinhos que dá inveja ao Fasano em São Paulo. Investimento na ordem de umas 3 milhas. Claro que a montagem deste centro gastronomico foi oriundo de anos e anos de economia dos salários dos respectivos proprietários.

  13. Pedro Vigário Neto
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 13:12 hs

    – Pode até ser “legal”(eles sempre dão um jeito de enquadrar em alguma brecha legal), mas é imoral, anti-ético e é um grande mau exemplo;
    – De um Presidente da República e de um governador, sempre esperamos bons exemplo. Mas no atual governo (Federal e estadual), só vemos maus exemplos. E o pior, se eles podem fazer falcatruas, fica a mensagem sub-entendida : Todo mundo pode !!! É aí que mora o problema;
    – E um mau exemplo atrás do outro;
    – Não esqueçam, nas próximas eleições vamos substituir 100% dos atuais políticos municipais, estaduais e federais. Vamos tentar até acertarmos o nosso voto;
    – Tô de saco de cheio.

    Abraço.

  14. jango
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 13:23 hs

    Posto que seja abuso e malversação do dinheiro público, isto está assim escrachado na face da sociedade não porque o Nepotão de Mello e Silva assim quer e está pouco se lixando, mas porque não existem as ditas autoridades de controle público positivas e operantes no Estado e o Nepotãosabe disso. Porque sabe ? Porque foi estabelecido um compadrio entre poderes que impede apurações e fatos como este e outros até mais graves. E à sociedade, que concede a tais autoridades os mais régios salários e todas as prerrogativas para atuar em defesa do intresse público, cabe apenas se irrisignar, até porque de seu lado também não utiliza os mecanismos de que dispõe para impugnar e questionar os abusos administrativos. Tá maus a Republiqueta do Paralá …

  15. Zé marmita
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 14:14 hs

    Talvez esse restaurante foi feito p/ os coitados dos funcionários da PMC, que perderam o direito de almoçar em suas secretarias, pelo simples motivo de ganhar um pouco mais de R$ 800,00. Quero minha marmita de volta prefeito.

  16. Oráculo.
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 14:43 hs

    Número do Protocolo: 07.590.152-6 Órgão: CC Em: 25/03/2009

    Interessado 1: MUSEU OSCAR NIEMEYR
    Assunto: RECURSOS HUMANOS
    Detalhamento: AUTORIZACAO GOVERNAMENTAL: 29/03 A 08/04/2009—–
    PARIS LISBOA

    Palavra Chave: AFASTAMENTO DO PAIS

    Origem: MUSEU Cidade: CURITIBA – PR

    Onde está: MUSEU –
    Local de Envio: CC/GFS em 30/03/2009.
    Tramitação: PARA PROVIDENCIAS
    Informações – Telefone: () 00000000

    Conclusão: AUTORIZO, COM BASE NO PARECER Nº 1223/2009, DA
    CTJ/CC, O AFASTAMENTO DA SENHORA MARISTELA
    QUARENGHI DE MELLO E SILVA, PRESIDENTE DO MUSEU
    OSCAR NIEMEYER – MON, NO PERíODO COMPREENDIDO
    ENTRE OS DIAS 29 DE MARçO A 07 DE ABRIL DE 2009,
    PARA AS CIDADES DE PARIS E LISBOA. AS DESPESAS
    SERãO CUSTEADAS PELA SOCIEDADE DOS AMIGOS DO MON –
    MUSEU OSCAR NIEMEYER, ôNUS LIMITADO AOS
    VENCIMENTOS
    EM, 27/03/2009 – GOVERNADOR

  17. chico paranaguá
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 14:46 hs

    CADE O MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DO PARANÁ? Tá faltando promotor neste Estado ?

  18. Alexandre
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 15:07 hs

    Onde está o MINISTÉRIO PÚBLICO? Em casos como este, eles se acovardam mesmo.

  19. Mano da Vila
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 16:15 hs

    Depois dessa manda fechar o Tribunal faz de Contas. Extinção geral de cargos e aposentadorias desse bando de parasitas, que nem bacharelado em Direito têm. Até jornalista analfa pode ser presidente.

  20. Royal leibol
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 20:47 hs

    Isso tudo é traumático, triste e desanimador.

  21. Rue du Limousin, 4
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 21:59 hs

    Chique, chique, chique! Na Ilê de France (que não é o restaurante curitibano), num dos recantos mais caros de Paris.

    A tecnologia ao nosso dispor:

    http://maps.google.com.br/maps?hl=pt-BR&tab=wl

  22. Rue du Limousin, 4
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 22:01 hs

    Digite no Google Maps: “4 Square du Limousin, 75013 Paris, Paris, Ile-de-France, France”.
    É lá.

  23. Deskjet
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 22:01 hs

    É impressionante como a D. Maristela está cada dia mais parecida com o Eduardo Requião!!!!ahahahaha

  24. Tiaraju
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 22:03 hs

    Caro REI DA SELVA. Vamos lá. Não é TAMÉM é também.
    Complete: Também,…………………., …………………….,
    ………………….., …………………………, ……………………., ……………………..,………………………., ………………………

  25. Tchê
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 22:24 hs

    Poxa Zé Marmita, e a economia dos 10% dos gastos públicos?
    O gove vai de Maristela, e o Alberto Roberto vai com o Valdenir Dias. Tudo com o dimdim nosso.

  26. JpS
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 1:31 hs

    Agora sim eu descobri poque a gente tem que pagar impostos sobre várias coisas. E assim a gente anda não é? lentamente e como um bebado que mau consegue lembrar o rumo da vida… mas já que ele tá bebado ele nem vai ligar mesmo…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*