As escolinhas do Beto e do Requião | Fábio Campana

As escolinhas do Beto e do Requião

“A escolinha das terças sem o Requião é como o circo Queirolo sem o palhaço Chic Chic”, diz o Luiz Geraldo Mazza, que completa: “a escolinha do Beto Richa é a Câmara Municipal.”


9 comentários

  1. Zoiudo
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 12:06 hs

    O Mazza têm ótimas tiradas. Agora, não fica nada bem para a Câmara dos Vereadores, como instituição, ser comparada com a “Escolinha do Prefeito”. Não que o Mazza esteja errado em fazer essa analogia.
    Mas sim, a Câmara se propor a isso. O apoio ao prefeito naquela Casa está assustadoramente desproporcional. Para alguns, PARECE BOM. Mas, no fundo é PÉSSIMO. A esmola quando é demais até o santo desconfia, né?

  2. Pessoa
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 12:20 hs

    Mazza tem razão.
    Na Câmara Municipal tem muitos Queirolos!
    É só ver a base de apoio.

  3. PALHAÇÃO
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 12:49 hs

    Sem o palhaço principal, que é ao mesmo tempo o dono do circo, deve ficar sem graça mesmo!

  4. Teodoro Sampaio
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 13:37 hs

    Hahahaha. O Mazza matou a pau!

  5. O PODEROSO
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 14:05 hs

    Luis Geraldo Mazza, esta com toda a razão, a escolinha do Beto Richa é a Câmara Municipal, em que os vereadores da base do prefeito são todos marionete do Mario Celso, o lider e cabeça do prefeito. os novatos já foram corrompidos por cargos na administração municipal e não passa uma CPI para investigar as falcatruas do municipio.

  6. ABANDONADOS DO ALIAN
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 14:36 hs

    Este Geraldo Mazza é um grande observador, que nos deixa uma grande dúvida: A CÃMARA MUNICIPAL DE CURITIBA ESTÁ A SERVIÇO DA POPULAÇÃO OU SERIA UMA COLEÇÃO DE VENTRILOQUO NAS MÃOS DO BETO RICHA.
    Vamos relatar alguns fatos, antes das eleições, curitiba parecia um grande canteiro de obras, quase intrasitável. Atualmente os anti pós que não aconteram no ano passado ainda continuam no papel, como se o tempo tivesse congelado no aguardo de campanhas eleitorais, para os políticos mostrarem que sua existência. A rua PADRE PAULO CANELLIS no JARDIM ALIANÇA é parte de várias promessas eleitorais, considerando que é um trecho que liga ao município de tamandaré, porém, está abandonada e, pior de tudo, apesar de estar no orçamento municipal por várias vezes consecutivas, não há esperança de quando se tornará realidade. Em época de campanha o cenário da cidade é dinâmico, tudo montado para enganar o povo, induzir e seduzir o voto. PODEM ENGANAR UMA VEZ, DUAS, MAS NÃO A VIDA TODA….

  7. POVO
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 15:45 hs

    O povo se deixa iludir, a anos e anos é assim… e o cidadão ainda continua se vendendo por vintão na boca de urna ou 10 litros de gasolina… e a imprensa é conivente…. cadê a cobrança de projetos da nossa câmara, hj o q vemos é uma câmara conivente com projetos do prefeito (bons ou ruins) e sem discussão sobre a cidade, tanto q a maioria dos projetos de lei nomeiam logradouros ou homenageiam alguem de passado duvidoso… Na minha opinião deveriam queimar aquilo com td mundo dentro, os perpetuos e os filhos de alguém…

  8. Cidadao
    terça-feira, 14 de abril de 2009 – 20:15 hs

    O Mazza é o cara, uma pena que só temos um jornalista disposto a honrar a sua profissao.

  9. rui barbosa
    quarta-feira, 15 de abril de 2009 – 21:21 hs

    Melhor tirada que essa só quando ele disse que em Curitiba temos o beto batata e o beto banana.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*