"Minha Casa, minha empreiteira", o programa habitacional de Lula segundo Romanelli | Fábio Campana

“Minha Casa, minha empreiteira”, o programa habitacional de Lula segundo Romanelli

romanelli-pmdb-3

Requião e sua trupe decidiram detonar o programa “Minha casa, minha gente” que o governo Lula criou para construir um milhão de casas populares no país. Agora é o líder do Duce na Assembléia, deputado Luiz Cláudio Romanelli, que acusa Lula de montar um programa habitacional que privilegia os interesses das empreiteiras.

“O Governo Federal está, com este programa habitacional, provando a sua opção preferencial pelas construtoras. Minha Casa, Minha Vida contraria tudo aquilo que o Governo Lula e o PT sempre defenderam”, ataca Romanelli.

Na verdade, Requião e Romanelli querem que a Cohapar coordene o programa no Paraná para salvar a empresa que está a beira da falência. Requião chega a dizer que o programa “Minha Casa Minha Vida” foi projetado pela Cohapar e surrupiado pelo governo federal. Pura fantasia. A Cohapar, sob a direção de Rafael Greca de Macedo, acumulou dívidas e necessita de aportes de dinheiro, situação que Requião quer resolver passando pela Cohapar os recursos do programa do governo federal.


15 comentários

  1. JOSIANE
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 9:22 hs

    Tá certo!!! quem é raposa velha entende da malandragem!

  2. Edson Santos
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 9:28 hs

    A EXEMPLO DE REQUIÃO SERRA TAMBÉM NÃO QUER ADERIR AO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA GENTE Estado se recusa a aderir ao pacote da casa de LulaJuliana Colombo
    do Agora O Estado de São Paulo não deverá, por enquanto, aderir ao programa “Minha casa, minha vida”, que foi anunciado em 25 de março pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência em 2010.

  3. sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 9:39 hs

    ESTE SER, QUE EU NÃO CONSIDERO COMO HUMANO. É CAPAZ DE QUALQUER TORPEZA. ELE APUNHALA PELAS COSTAS A QUALQUER MOMENTO.O NEPOTISTA JURAMENTADO É DE UMA FALSIDADE DE CAUSAR ENGULHOS.

  4. Pessoa
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 9:48 hs

    Romanelli bebeu Gasolina!
    Programa Minha Casa-Minha Vida surrupiado da COHAPAR?
    Fala Sério!
    Depois que Greca assumiu, a COHAPAR recebeu doação de centenas de terrenos de diversas Prefeituras e não acentou um só tijolo. Floris está correto no seu comentário de ontem. O marasmo e a lerdeza por falta de grana estão até nos contratos antigos assinados pelo próprio Romanelli e Rosangela Curra. Os do PAC então nem se fala.
    Os Prefeitos querem os terrenos de volta, mas a demora é proxima a 1,5 ano.
    Fala Sério!

  5. transparência
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 10:02 hs

    A vossa excelência o deputado Romanelli foi presidente da COHAPAR do Paraná. E em sua gestão o Paraná bateu recorde de construções.
    O menor custo por metro quadrado do Brasil, tanto que a cohapar, foi indicada pela ONU para servir de modelo aos paises em desenvolvimento.

    Governar é a arte de explorar e saber mentir, por isso ser político é apenas para alguns.

  6. Pessoa
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 11:31 hs

    Transparência

    Concordo em partes com seu comentário.
    Realmente na maior parte da Gestão Romanelli na COHAPAR, houve Sucesso.
    Porém depois que ele deixou a Rosangela Curra dar as cartas, PIFOU!
    E quebrou com o Greca.
    Pq Romanelli deixou o Gordo Greca lá? Ninguém entende isso até hoje!

  7. Saci
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 12:05 hs

    uma boa. então governo requião deveria mostrar como é que se faz e construir o dobro de casas pela metade do preço. o roubanelli como é macaco velho nesse esquema de construção de casas e sabe como “lidar” com as empreiteiras, poderia ser o gerente do projeto requianista. poderiam até adotar o nome: “minha casa, minha carta de puebla”.

  8. TERMÓPILAS
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 12:44 hs

    Caso a meta seja transparencia porque nao explicar o verdadeiro cabide de emprego que virou a COHAPAR. O Deputado Quintana acomodou os seus nesta CASA. E sendo assim é lógico que a COHAPAR irá amargar somente dívidas. COHAPAR=CABIDE DE APANIGUADOS.

  9. TERMÓPILAS
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 12:46 hs

    O Diretor da COHAPAR em Ponta Grossa se chama Lourival Giovani Stadler irmão da esposa do Deputado Quintana, Sra LINDOMAR STADLER QUINTANA. A farra do cabide ou a festa do CABIDE. Cansa e como cansa.

  10. SÓ PRA ELE
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 13:01 hs

    O roubanelli quer monopolisar a cachorrada. Será que quer dividir com o gordo? É até possível, cachorrada safada se entende muito bem. Mas o fim está próximo, quero ver o que esses sem-vergonhas irão fazer no próximo governo! FORA REQUIÃO E CACHORRADA, DIARRÉIA NO SECRETARIADO! TÁ CHEIO DE SECRETÁRIO SE BORRANDO COM O FIM CHEGANDO!

  11. noeli
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 13:16 hs

    Manda o Greca prás festas noturnas que a Cohapar anda sozinha….

  12. o faxineiro
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 13:31 hs

    Romanelli está com ciúme ou fazendo uma denúncia ?

  13. sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 16:45 hs

    Não gosto dos IncomPTentes, acho inclusive que estão tentando fazer politicagem com esse tal de ” Minha casa, minha gente “. Agora que os prefeitos das cidades paranaense aproveitem essa atitude eleitoreira da melhor forma possível. Façam suas listas e vão ao governo federal em busca das verbas prometidas. Eliminem e não fiquem ouvindo esses desqualificados, tipo esse fura-pedágio, ou o Governador de brinquedo, pois, claramente, se eles são contra é porque o assunto é interessante. É claro que eles queriam que as verbas fossem pra COHAPAR, pra cobrir rombos e ainda posarem de bonzinhos perante os mais necessitados dizendo que tiveram alguma participação mas tais casas, mas isso não vai ocorrer, então que os prefeitos se mexam, e trabalhem um pouco… Pelo que eu vi, o Beto já fez a sua parte, pois o site da prefeitura diz que vão assinar um acordo pra algumas casas logo.

  14. tarso de castro
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 17:24 hs

    Em primeiro lugar, tem que parar com esse negócio de “casa popular”. Tem que fazer casa, normal, de gente. E casa de gente fica em bairros, não no meio do império do PCC e do Terceiro Comando. Está mais do que provado que colocar milhares de malocas concentradas en um mesmo local é uma desumanidade, além de ser burrice, porque algum dia o poder público vai ter que colocar escola, posto de saúde, etc etc Fica muito mais barato pagar um pouco mais vários pequenos terrenos decentes em um bairro já estabelecido e colocar a mesma quantidade de gente que os prédios da iniciativa privada colocam.
    Se for pra morar no quinto dos infernos, condenado ao eterno desconforto e ameaçado pela bandidagem numa periferia qualquer, melhor deixar como está.

  15. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 24 de abril de 2009 – 18:10 hs

    Senti um certo lamento do Ramanelli em não estar dirigindo a COAPAR, logo agora que a empresa vai ter uma boa grana para fazer casas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*