Requião na TV Educativa. Para defender a família e criticar Lula | Fábio Campana

Requião na TV Educativa. Para defender a família e criticar Lula

requiao-2

De terno e gravata, o governador Requião usou câmeras e microfones hoje na escolinha para defender o irmão, Eduardo Requião, e criticar o presidente Lula e o Ministério Público Federal (MPF).

Requião criticou o MPF por ter denunciado o irmão por improbidade administrativa e prevaricação ao ter barrado o embarque de transgênicos. Aproveitou também para cutucar o presidente Lula por não ter barrado o plantio de transgênicos no Estado.

Para completar, adaptou um verso do poeta gaúcho Mário Quintana, morto em 1994: “Atravancaram meu caminho… eles passarão, eu passarinho”.

Se não bastasse, ainda determinou que a agência de notícias do governo publicasse a seguinte manchete: “Ação quer condenar ex-superintendente do Porto por cumprir a lei”, diz Requião.


11 comentários

  1. CHICÃO PARANÁ
    terça-feira, 3 de março de 2009 – 15:44 hs

    Mais uma vez, a “FAMÍLIA” Requião, é desmentida pelo Poder Judiciário. Ao invés de argumentos, se utilizam da velha prática caudilhesca de tentar desmoralizar o acusador. Pena, para a família Requião, que o povo paranaense não cai mais nessa.

  2. LINEU TOMASS
    terça-feira, 3 de março de 2009 – 16:06 hs

    FÁBIO.

    ISTO FAZ PARTE DA TÁTICA, PARA SE APROXIMAR DO ESQUEMA DO PSDB, PARA APOIAR O ZÉ SERRA, E O BETO RICHA.

    É UM BALIZAMENTO DO TRAJETO DA FUTURA ESTRADA DO REQUIÃO.

    LINEU OMASS.

  3. ex-pectador
    terça-feira, 3 de março de 2009 – 16:31 hs

    Do mesmo Mário Quintana:
    O que me impressiona, à vista de um macaco, não é que ele tenha sido nosso passado: é este pressentimento de que ele venha a ser nosso futuro.

  4. Geraldo Medeiros
    terça-feira, 3 de março de 2009 – 18:12 hs

    Será que essa pose de terno e gravata é (assinale apenas uma das opções abaixo):

    ( )1- Para dar solenidade à defesa do vovó naná
    ( )2- Rescaldo da visita de Estado a Cordoba
    ( )3- Já tá pronto pra reunião com a Dilma

  5. Almasor Abbas Adilah
    terça-feira, 3 de março de 2009 – 18:22 hs

    Sempre a mesma opera bufa …

    Ele poderia variar e falar bem de alguém!

    Ele está jogando pedras apenas chantagear e poder negociar melhor o apoio a Dilma!

  6. Carlão
    terça-feira, 3 de março de 2009 – 19:17 hs

    É uma vergonha esta família, usa o poder só em benefício próprio e contra as leis, pois estão lá pra administrar o dinheiro público e deveriam ser corretos e honestos.

  7. Asdrúibal Guimarães
    terça-feira, 3 de março de 2009 – 21:25 hs

    Requião pode se livrar de muitos problemas, com a assessoria certa. Ponha lá no Palácio, ou, quem sabe, no Porto, ou na Secretaria da Fazenda, o Naninho, o Carlos Nasser, que tão bem inspirou o Prefeito Richa e, agora, desfruta, em casa, o sono dos justos. Ademais, o Naninho poderia fazer par com o Stênio na Secretaria da Cultura. Esta seria uma boa foto do Governo, tendo ao fundo, como cenário, a imagem do próximo Governador Pessuti, montado a cavalo, com o Requião na garupa a xicotear-lhe as nádegas.

  8. PAULO SÉRGIO MOREIRA
    terça-feira, 3 de março de 2009 – 22:31 hs

    FÁBIO, ‘VOTEI’ NA TERCEIRA OPÇÃO DO LEITOR GERALDO MEDEIROS.

  9. Asdrúibal Guimarães
    quarta-feira, 4 de março de 2009 – 7:48 hs

    O “xicote” foi uma dica de identidade. Alguém se mancou com o chicote?

  10. sábado, 31 de outubro de 2009 – 15:30 hs

    Olha, o pessoal de fora do Paraná (como eu) temuma visão diferente de requião… sou de esquerda e considero o PMDB um partido oportunista de direita; no entanto não hesitaria em votar em requião para presidente. Ele faria os enfrentamentos necessários que Lula deixou de fazer, especialmente contra a Globo, o verdadeiro partido da direita brasileira.

  11. sexta-feira, 29 de outubro de 2010 – 21:19 hs

    Caros,

    Não existe partido de direita. Existe partido do dinheiro. O partido do dinheiro inclui a mídia, que para sobreviver se ligou há muitos anos aos ricos, nacionais ou estrangeiros, para defendê-los e receber benesses. Requião tem certa independência, certa coragem. Isso desafia e põe a corja em alerta. Em alerta passa a usar táticas de desmobilização, desmoralização. É a praxe.

    A corja tem medo de Requião. Só isso. Nem acho que ele é tão bom. Ele é corajoso, desafiador. Por mim os transgênicos nunca deveriam ser liberados. Alguém se corrompeu, ou os agricultores pediram, e têm seus interesses. São na maioria gente inculta, com exceções. Penso que poderiam sobreviver sem os transgênicos. Mas se desesperaram.

    Vejam o Estado de S. Paulo: cana, cana, cana ( de açúcar).
    Se der um vento forte, o estado todo se queimará. E ninguém fala sobre os agrotóxicos nos rios. A água de SP já pode ser considerada impotável. O MPE ensaiou uma crítica mas calou-se. Nâo há espaço para esse tipo de discussão.

    Requião é voz diferente da maioria das ovelhas, por isso temido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*