Projeto do mínimo chega à Assembléia cercado de polêmica | Fábio Campana

Projeto do mínimo chega à Assembléia cercado de polêmica

elio

O projeto de lei do governo do Paraná que prevê um salário mínimo regional entre R$ 605,00 e R$ 629,00, um aumento de 15%, chega hoje à Assembléia Legislativa cercado de polêmicas.

Para a bancada de oposição, Requião está fazendo cortesia com chapéu alheio. “Por que não dar este mesmo índice de reajuste para o funcionalismo público?”, questiona o líder da oposição, deputado Élio Rusch (foto).

Segundo o deputado, este novo piso deve gerar distorções graves. “Com este índice só para o mínimo teremos empregada doméstica recebendo mais que um funcionário público estadual que, no ano passado, recebeu 5% de aumento”, afirmou Rusch.


5 comentários

  1. segunda-feira, 9 de março de 2009 – 14:54 hs

    Em outros tempos, diria-se, que essa atitude, seria caudilhismo puro… ou, ainda, populismo da mais pura estirpe… afinal, populismo, no Paraná, nos dias de hoje, rima com “requianismo”.

  2. Pessoa
    segunda-feira, 9 de março de 2009 – 15:51 hs

    Fábio
    Apenas uma pergunta ao Sr Dep. Élio Rusch:
    Quanto custa 01 Sutiã???

  3. De olho
    segunda-feira, 9 de março de 2009 – 15:57 hs

    Finalmente um nobre deputado está preocupado com os funcionários públicos. Somente assim, partindo da oposição, as pessoas que sustentam o governo requiao serão devidamente reconhecidas. Sr. deputado, aplique o indice de correção a remuneração total dos funcionários, pois o nobre governandor sempre a aplica somente em uma parcela.

  4. cristina
    segunda-feira, 9 de março de 2009 – 18:41 hs

    sou funcionária pública a 15 anos , meu salario está totalmente defasado, e tudo subindo de preços…do jeito que o governador está aumentando o salário mínimo, minha empregada vai o mesmo que ganho, infelizmente.

  5. SYLVIO SEBASTIANI
    terça-feira, 10 de março de 2009 – 10:55 hs

    Senhor Deputado Estadual, a Assembléia Legislativa do Paraná, da qual V.Excia.faz parte, concedeu no ano passado um aumento de 5% aos seuus servidores e agora vai aprovar aumento de salário minimo de 14,9% no Paraná? V.Excia. não acha um contrasenso? Os senhores determinarem aos empresários ou patroas pagarem um reajuste destes niveis acima, não ficam nem envergonhados com essa discrepância? É lógico que vão dizer que é dinheiro do Estado o salário dos servidores, mas quanto menos os senhores pagarem aos servidores público, mais sobra para os deputados em seus gastos .

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*