Ministério Público pede interdição da cadeia de Pontal | Fábio Campana

Ministério Público pede interdição da cadeia de Pontal

A Promotoria de Justiça de Matinhos entrou com um pedido de interdição da cadeia pública de Pontal do Sul. O motivo é a superlotação e a falta de condições estruturais e de higiene.

De acordo com a promotora de Justiça Carolina Dias Aidar de Oliveira, a cadeia tem capacidade para 20 presos, mas chegou a recolher 78 durante a temporada, nas duas celas de que dispõe. No último dia 11, quando a Promotoria fez vistoria no local, havia 50 presos.

“Além disso, eles não podem tomar banho de sol, porque não há solário. Durante a vistoria, verificamos ainda que houve transbordamento de esgoto dentro das celas. A situação é tão grave que houve até um princípio de rebelião no início da semana passada”, conta a promotora.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*