Destino de Eduardo Requião nas mãos de Ellen Gracie | Fábio Campana

Destino de Eduardo Requião nas mãos de Ellen Gracie

ellengracie_durequiao

Dias de tensão jurídica para a família de Requião. A qualquer momento, a partir de segunda-feira, a ministra do Supremo Tribunal Federal, Ellen Gracie, deve julgar o pedido de liminar que pede o afastamento de Eduardo Requião, irmão do governador Requião.

A ministra tem em sua mesa o processo que questiona a nomeação de Eduardo para a chefia do Escritório de Representação do Paraná em Brasília.


12 comentários

  1. Carlão
    sexta-feira, 27 de março de 2009 – 18:03 hs

    O baby Maurício já caiu, agora vem o Eduardo, o STF tbem vai fazer Justiça e mandar estes nepotistas e encostados embora do poder Público . JUSTIÇA NELES !

  2. chico paranaguá
    sexta-feira, 27 de março de 2009 – 18:10 hs

    Deixa ele lá em Brasília, pô. E se dá um azar e este homem volta à Paranaguá? Tá certo que ele deixou um ventríloco no seu lugar, mas pior que ele (Dudu), ninguém. Nem o ventríloco Daniel.

  3. sexta-feira, 27 de março de 2009 – 18:15 hs

    Vai faltar Imosec para conter os desarranjos instestinais da família nepote. Haja chá de rolha para a maria louca e família. O secretariado amestrado também começa a olhar do “outro lado do muro”, dor de barriga geral com a chegada com fim da mamata, mordomia, desmando e ilegalidades. CHÁ DE ROLHA PARA REQUIÃO, FAMÍLIA E SECRETARIADO! IMOSEC NELES!

  4. O Povo
    sexta-feira, 27 de março de 2009 – 18:45 hs

    A que se fazer Justiça novamente, contra o nepotismo sem limites da familia Requião!

  5. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 27 de março de 2009 – 20:07 hs

    Fico imaginando o “surto de raiva” na escolinha, caso a Ministra entenda que o Mano DUDU não pode ocupar o carguinho lá em Brasília.

  6. parnanguara
    sexta-feira, 27 de março de 2009 – 21:40 hs

    Vai ter o que merece fora ..rua ..cadeia ..este é ladrão de varal ..betedor de carteira

  7. luis gringo
    sexta-feira, 27 de março de 2009 – 22:57 hs

    Senador se nega a falar sobre cargo de filha de FHC no gabinete

    Luciana Cardoso organiza documentos de Heráclito Fortes, diz assessoria; a jornal, ela afirmou trabalhar em casa

    Rosa Costa, de O Estado de S. Paulo

    BRASÍLIA – A filha do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Luciana Cardoso, ocupa um cargo de confiança do Senado desde abril de 2003. Ela foi nomeada secretaria parlamentar, com salário de R$7,6 mil, pelo senador e atual primeiro-secretário da Casa, Heráclito Fortes (DEM-PI). Luciana foi secretária particular de seu pai nos dois mandatos, de 1995 a 2003. Seu contrato com o Senado só se tornou público agora, já que ela não frequenta o gabinete de Heráclito. Luciana não foi localizada pelo Jornal Estado de S. Paulo

  8. PORTUÁRIO
    sábado, 28 de março de 2009 – 2:54 hs

    CHEGOU O MOMENTO DE MANDAR ESSE ANCIÃO PARA CASA, POIS ESTÁ BEIRANDO OS 70 (SETENTA) ANOS, E DEVOLVER OS QUASE 100 (CEM) MIL QUE RECEBEU DO PORTO DE INDENIZAÇÃO, “POR OBRA E GRAÇA” DE SEU SERVO, O TAL DE DANIEL LUCIO OLIVEIRA DE SOUZA, QUE É O “SUPERINTENDENTE” DO PORTO, E TEM PROBLEMAS COM A JUSTIÇA, E NÃO EXISTE UMA PESSOA NESSE PARANÁ, PARA DESMASCARAR ESSE TRAIRA, QUE ENGANOU QUEM O LEVOU PARA TRABALHAR NO PORTO DE PARANAGUÁ.

  9. De Guaratuba
    sábado, 28 de março de 2009 – 9:17 hs

    A continuarem os resultados, poderemos ter no Paraná um monumento a “El Cid”.

  10. ATOR DA GLOBO
    sábado, 28 de março de 2009 – 11:07 hs

    QUEM DEVE ESTAR ESPERANDO UMA “BOQUINHA” NO ESCRITÓRIO DA REPRESENTAÇÃO DO PARANÁ EM BRASÍLIA, COMO NOS BONS TEMPOS DO TEATRO GUAÍRA, É O ATOR OSWALDO LOUREIRO, QUE O DIGA O DEPUTADO ESTADUAL LUIS CARLOS MARTINS.

  11. MARINHEIRO SÓ!!!!
    sábado, 28 de março de 2009 – 11:29 hs

    PORTUÁRIO,SÓ ELE?E OS OUTROS QUE PASSARAM POR LÁ?SAIRAN COM INDENIZAÇÕES POUPUDAS E RICOS,ESQUECEU?E ESTÃO NO GOV APRONTANDO,!

  12. gilmarzinho
    domingo, 29 de março de 2009 – 20:40 hs

    pela devolução imediata do porto à união.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*