PPS agora apoia Barbosa Neto em Londrina | Fábio Campana

PPS agora apoia Barbosa Neto em Londrina

barbosa_neto

Do Jornal de Londrina

O PPS de Londrina formalizou, na noite desta sexta-feira (13), o apoio à candidatura de Barbosa Neto (PDT), na disputa do novo segundo turno que será realizado no dia 29 de março na cidade. O partido formou a base de apoio do deputado federal na disputa do primeiro turno nas eleições de outubro de 2008.

Para Barbosa, o anúncio deste apoio é a manutenção de uma posição coerente do partido. Em relação ao posicionamento do PPS de apoio à candidatura de Luiz Carlos Hauly (PSDB), no segundo turno cancelado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Barbosa afirmou que isto não atrapalhará a relação com o partido. “Não atrapalha, pois não disputei o segundo turno no ano passado. E fico feliz pelo PPS estar novamente com a gente. Com isso vamos somando forças para a campanha”, comenta.
Campanha que, segundo Barbosa, começará efetivamente em março. “Ainda estamos montando a nossa equipe e começaremos fazer a campanha a partir do próximo mês”, destaca.

Neutralidade

O principal nome do PPS em Londrina é o atual secretário de governo, Tercílio Turini. Por compor a gestão interina de José Roque Neto (PTB), Turini deve manter-se neutro na disputa. “Deixei claro que em função do cargo que ocupo hoje, manterei a neutralidade, até pelo trabalho que estamos fazendo. É difícil separar o que sou do que é a prefeitura. A neutralidade é boa para não usar a máquina”, justificou.

O PPS deve indicar uma comissão para manter a interlocução com o candidato, mas Turini, que é presidente municipal do partido, não deve fazer parte deste grupo.

O caso

Antonio Belinati (PP) venceu as eleições para prefeito, em outubro do ano passado, batendo no segundo turno Luiz Carlos Hauly. Mas teve o registro da candidatura cassado pelo Superior Tribunal Eleitoral (TSE) dois dias após a votação. Barbosa Neto ficou na terceira colocação e herdou a vaga no novo segundo turno, contra Hauly.

Até a realização da nova eleição, a cidade é administrada interinamente por José Roque Neto , que foi eleito presidente da Câmara.


10 comentários

  1. ajax agamenon
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 11:50 hs

    onde que o beto “roubou a cena” hoje, jogando squash no country? e o chequito, já compensou?

  2. SYLVIO SEBASTIANI
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 12:28 hs

    Não emtendeno o PPS. Inicialmente esteve com o PT de Lula, saiu e acordou com o PSDB e o DEM, em em acordo nacional, refletindo no Paraná, onde reside o Secretário do Diretório Nacional.Em Cuitiba, permanece a posição nacional e regional, participando até de cargos na Prefeitura, do PSDB. Agora em Londrina, uma disputa importante do PSDB, do deputado federal do PSDB, Hauly, com apoio permanente do Prefeito Beto Richa, do PSDB, o PPS resolve apoiar o candidato do PDT, partido este coligado nacionalmente com o PT de Lula. Entenderam ? Nem eu.

  3. Almasor Abbas Adilah
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 13:56 hs

    O Turin, que é presidente muincipal do PPS, que tanto questionou o fato do Barbosa apoiar o Belnati no segundo turno, como tantos outros dirigentes municipais do partido, está fora, não vai apoiar o Barbosa!

  4. Carlão
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 16:19 hs

    O PPS do Paraná, só apoia quem esta no poder ou quem tem chance de estar !
    é só negociata de cargos , não é por ideal político nenhum. bando ….

  5. Andre
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 17:13 hs

    Sylvio, eu respeito seus comentários e gosto de sua coluna no impacto. Porém, não vejo nada de absurdo nesse apoio do PPS ao Barbosa Neto… não são todos do PPS que idolatram o Beto Richa e o que querem Governador, como vocês da capital desejam. Em relação a oposição ao Governo Federal, vamos ver até onde ela se sustenta na prática, com o Lula liberando verbas para prefeitos do PPS, DEM e PSDB. Infeliz a criatura política que se posiciona contra o Lula hoje.

  6. Curitibana
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 17:26 hs

    Hahaha….. é que o Barbosa Neto é adepto das tendências mercantis do PPS, lembram-se da assessora dele, começa com T né Barbosa?????

  7. Mario -
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 20:29 hs

    o PPS não tem voto nem prá eleger vigia de cemitério em Londrina, Que vá com o Barbosa assim o Hauly não tem que dar cargos para esses fisiológicos incompetentes que se escondem numa sigla comunista.

  8. sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 20:37 hs

    Amigo Sylvio Sebastiani
    Não é dificil entender a posição do PPS. A decisão foi tomada pelos filiados de Londrina, sem a interferência do Diretório Estadual. Lembre que os dois candidatos são de partidos que aqui no Paraná estão no mesmo arco de alianças que em 2008 reelegeu Beto Richa, e que pretendemos manter em 2010 independentemente de quem seja o candidato
    Um forte abraço,
    Rubico Camargo

  9. MALACO E CiA.
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 21:53 hs

    CARO SYLVIO VOCE VAI ENTENDER A SEMANA QUE VEM. E VOCÊ É UM DOS MAIS VÉLHOS MEMBROS DA POLÍTICA DESSE ESTADO. PRESTE ATENÇÃO. SE O BÉTO NÃO DEMITIR TODA A CAMARILHA DO PPS DA PREFEITURA DE CURITIBA, É PORQUE ELE ESTÁ CONIVENTE COM ESSE APÒIO. A DERRÓTA DO HAULY ENFRAQUECE A CANDIDATURA DO ALVARO DIAS E FORTALECE O OSMAR. O INIMIGO PÚBLICO N. 1 DO BÉTO NÃO É O PT NEM O PMDB, ELE CHAMA-SE ALVARO DIAS. PORQUE? PORQUE É A MAIOR LIDERANÇA DENTRO DO PSDB NOS ESTADO.DEU PARA ENTENDER? VAMOS AGUARDAR A SEMANA QUE VEM.

  10. Socialista
    sábado, 14 de fevereiro de 2009 – 22:36 hs

    Muito certo o Silvio Sebastiani. Vai entender o PPS. Na verdade o Partido está sem rumo. Fica apoiando daqui e dacolá e logo logo não vai saber o que quer. Uma pena, pois vinha numa postura ideológica interessante e desde que tucanou e se “demonizou” perdeu completamente o rumo. Agora, em Londrina, pasmem, marchará com a turma do Tio Bila que representa, segundo alguns, muito do que o PPS combate. VAI ENTENDER!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*