Greca terá que explicar o destino de terrenos doados à Cohapar | Fábio Campana

Greca terá que explicar o destino de terrenos doados à Cohapar

dennis-ferreira-greca

Prefeituras doaram terrenos à Cohapar para construção de conjuntos habitacionais. Acontece que a Cohapar recebeu os terrenos, incorporou-os ao seu patrimônio e nada de iniciar as obras. Há prefeitos querendo explicações ou a devolução dos terrenos.

Ontem, a bancada da oposição apresentou pedido de informações ao chefe da Casa Civil, Rafael Iatauro, e ao presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Rafael Greca (foto), pedindo explicações sobre essas doações e o programa detalhado das obras da Cohapar.

“Sabemos que a situação da Cohapar está caótica. Na sessão da última terça-feira (10) um deputado do PMDB disse que a empresa está falida”, alertou o deputado Élio Rusch (DEM), líder da Oposição. “Recebemos informações de que prefeituras compraram os terrenos e cederam à Cohapar para a construção dos empreendimentos, mas até agora nada de tijolo assentado”, informou.


O deputado quer saber quais são as cidades que, a partir de 2005, destinaram áreas para os programas de habitação da Cohapar cujas obras ainda não tenham sido iniciadas e a previsão para o início da construção. Requer ainda dados sobre os municípios em que há a construção de conjuntos habitacionais em andamento, com as datas previstas para a conclusão.

Para finalizar, o deputado quer saber a origem dos recursos. “Quero saber se estas obras estão ou serão construídas com dinheiro do Governo do Estado e da própria Cohapar ou se são recursos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal”, concluiu.

O líder do governo, deputado Luiz Cláudio Romanelli pediu para discutir o requerimento. A votação foi adiada para segunda-feira (16).


16 comentários

  1. Almasor Abbas Adilah
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 11:22 hs

    Uma nova versão do “conto do Paco”!

  2. Pessoa
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 11:57 hs

    Só espero que a explicação não aconteça com piadinhas de Mau gosto como na Escola de Governo desta semana.

  3. SYLVIO SEBASTIANI
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 12:01 hs

    Não entendo o Governador Roberto Requião. Ele bate no peito e diz que é honesto. Rafael Greca quando Ministro , Requião pronunciou diversos discursos da Tribuna do Senado Federal, chamando Greca de Ladrão. Agora nomeia ele Presidente da COHAPAR. Ele esperava o que, talvez um bom administrador do dinheiro público ou um sócio!

  4. Mauricio Rodrigues
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 12:34 hs

    Bem para quem já afundou as Caravelas do Brasil…………………..

    Uns terreninhos não são nada………..

  5. Carlão
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 12:36 hs

    Este Greca …. a Nau que custou dois milhoes de dolares, não navegou, obras das casas, não fez , terrenos sumiram, Sr Governador honesto e perfeito é isto que põe pra administrar o dinheiro do povo ?

  6. jamel
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 13:38 hs

    (LATRI) (HARAMI) = LADRAO

  7. Lineu Tomass
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 13:53 hs

    “UÁI, UÁI….SÔ ! (DITADO POPULAR MINEIRO).

    É SÓ APRESENTAR A PAPELADA NA MESA E DAR EXPLICAÇÕES “TIM, TIM POR TIM”.

    NÃO TEM SEGREDO!

    AH ! IA ESQUECENDO…………

    GRECA, APRESENTE TAMBÉM O MAPA DE CRONOGRAMA DO ANDAMENTO DAS OBRAS DOS TERRENOS DOADOS.

    SIMPLES NÃO É ?

    LINEU TOMASS.

  8. Lineu Tomass
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 13:55 hs

    ERRATA:

    O DITADO POPULAR CORRETO É:

    “TIM, TIM , POR TIM, TIM” !

    QUE SIGNIFICA, PROVAS….”PRETO NO BRANCO”.

    LINEU TOMASS.

  9. OLHO VIVO
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 14:24 hs

    Deve sair alguma nova Igreja na cidade…

  10. Ricardo
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 14:50 hs

    Pior que isso é ver as prendas sorteadas para quem fica em dia com a COHAPAR. Liquidificadores, conjuntos de pratos, vasilhamese outors que deixariam até Silvio Santos e seu carne corar.
    Como no tempo dos coliseus…”joguem pão aos pobres e eles lhe aplaudirão nas arquibancadas”.

  11. tata
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 15:43 hs

    O dinheiro deve estar debaixo do motorista do Rafael.

  12. Damaceno
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 21:36 hs

    Quais prefeituras doaram terrenos? Destes, quais não viram o retorno das doações?
    Pra criticar, temos que nos inteirar dos fatos!

  13. SARINHA OU SAFADINHA
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 21:51 hs

    CERTO DIA DESSES FOI VISTO, E BEM VISTO, NA COHAPAR O PAI DE SANTO QUE ATENDE AO GRECA, ANDAVA DE UM LADO PARA O OUTRO COM O CHEFE DE GABINETE (MOTORISTA DA COTRANS) DO GRECA.

    PS: O PAI DE SANTO É DO TAMANHO DO GRECA.

  14. tonho
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 21:58 hs

    Quem administra a Cohapar hoje são os motoristas da Cotrans, até o Greca obedece.

    Meu Deus ! aonde a Cohapar foi parar.

  15. SYLVIO SEBASTIANI
    quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 – 22:58 hs

    TATA, Não sei se você conhece a história, mas o dinheiro pode estar com o Varela. Aproveito para contar: O Requião mandou o Canario, na época reporter da CNT, entrevistar o Varela, amiguinho do Rafael Greca, que contou coisas interessantes entre os dois. O Requião mandou reproduzir centenas dessa fita e distribuiu pelo Paraná, a mim ele mesmo deu uma que está no meu arquivo.É interessante.

  16. telescópio
    sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009 – 13:02 hs

    Quanta fofoca!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*