Curitiba terá que investir R$ 4,5 bilhões para sediar a Copa | Fábio Campana

Curitiba terá que investir R$ 4,5 bilhões para sediar a Copa

fifa

Falta ainda muita obra para Curitiba ser escolhida como sub sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014. Terá que investir R$ 4,5 bilhões, o que não é de somenos.

O comitê da FIFA esteve em Curitiba no final de semana para avaliar as chances da cidade. O grupo é formado por Thierry Weil, diretor de marketing e os gerentes Dick Wiles e Fúlvio Danilas e foi recebido pelo prefeito Beto Richa e pelo vice-governador Orlando Pessuti (foto), além do presidente do Atlético, Mário Celso Petraglia.

Pelo protocolo da Fifa, eles não podem se pronunciar publicamente sobre a vistoria, mas o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira, se mostrou otimista. “Tenho absoluta convicção de que a equipe da Fifa leva uma visão ótima de tudo que foi visto aqui”.

O grupo chegou a Curitiba no sábado (31). No aeroporto Afonso Pena houve uma apresentação do superintendente da Infraero no Paraná, Antônio Felipe Barcellos, sobre infraestrutura atual e projetos futuros para o terminal. “Temos uma das melhores condições no país e até superior a muitos países para atender a Copa”, disse Barcellos.

Na manhã de domingo (1), os inspetores da Fifa fizeram sobrevoo de helicóptero, para conhecer a infraesturura da cidade, e pousaram na Arena da Baixada, estádio indicado para sediar os jogos. O voo saiu do Estação Convention e seguiu sobre as avenidas Sete de Setembro e República Argentina até o terminal do Portão, por onde passará a primeira linha do metrô de Curitiba. Até 2014, a capital paranaense deve ter R$ 4,5 bilhões em investimentos, principalmente na área de transporte público e segurança.

As informações colhidas na vistoria às 17 cidades brasileiras candidatas serão apresentadas ao grupo técnico do Comitê Organizador da Fifa, que deve anunciar as 12 escolhidas no dia 20 de março, em Zurique, na Suíça.


12 comentários

  1. Lineu Tomass
    segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 11:14 hs

    FABIO.

    E O METRÔ, SAI OU NÃO SAI?

    O PSC DE CURITIBA ATRAVÉS DO DEP. RATINHO JUNIOR JÁ GARANTIU NESTA GESTÃO DO LULA, NO PPA-PLANO PLURI ANUAL, ITEM ORÇAMENTÁRIO DE GARANTIA DE VERBA PARA INSERÇÃO EM ORÇAMENTO, AINDA NESTA GESTÃO DO PT, PARA COBRIR OS GASTOS DO PROJETO DE CONSTRUÇÃO DO METRÔ.

    AGORA……BOMBA! BOMBA!

    FABIO, SÓ FALTA O BETO RICHA, TOCAR O PRÉ-PROJETO DO METRÔ, QUE FICOU ENGAVETADO NO IPPUC DURANTE 9 (NOVE) ANOS, POR PRESSÃO DA ALA LERNISTA, COM TABELINHA COM OS EMPRESÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO, OS QUAIS, SÃO ASSUMIDAMENTE, DE FORMA ATÉ ACINTOSA, CONTRA A INSTALAÇÃO DO METRÔ EM CURITIBA, POIS CHEGARAM A FAZER DOIS SEMINÁRIOS DE “TRANSPORTE COLETIVO” EM CURITIBA, SENDO QUE NO PRIMEIRO TROUXERAM ATÉ O PRESIDENTE DA CBTU-COMPANHIA BRASILEIRA DE TRENS URBANOS (ESTATAL FEDERAL), QUANDO CRITICARAM ACIDAMENTE INSTALAÇÃO DE METRÔS NO PAÍS.

    SOUBE DEPOIS QUE ESTA FIGURA SAIU FULA DA VIDA DO SEMINÁRIO-TEATRO.

    FUI NO ÚLTIMO SEMINÁRIO DELES EM 2008, E DISTRIBUI MATERIAL FAVORÁVEL A INSTALAÇÃO DO METRÔ, E O PRESIDENTE DO SINDICATO DO TRANSPORTE COLETIVO, PROIBIU A DISTTRIBUIÇÃO E MANDOU APREENDER O MATERIAL.

    FABIO. VEJA ESTA.

    O VERDADEIRO MOTIVO ANTI-METRÔ.

    APÓS SER IMPLANTADO O PRIMEIRO TRECHO DO METRÔ, DO TERMINAL DA CIC ATÉ O TERMINAL DA SANTA CANDIDA, A QUEDA DO FATURAMENTO DOS EMPRESÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO, SERÁ DE MAIS OU MENOS, DE 45%, SEGUNDO CÁLCULOS COM BASE NO PRÉ-PROJETO DO IPPUC, CUJO PRÉ-PROJETO CONTINUA “ENROLADO” NO IPPUC, DEVIDO A UMA AÇÃO DE EMPRESAS (UM CONSÓRCIO), QUE PARTICIPARAM DA LICITAÇÃO E QUE “DEFENDEM INDIRETAMENTE” INTERESSES DOS EMPRESÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO DE CURITIBA, CUJA AÇÃO NA JUSTIÇA TEVE A FINALIDADE DE BARRAR O ANDAMENTO DA LICITAÇÃO E TÃO SOMENTE GANHAR TEMPO, CONTRA A IMPLANTAÇÃO DO METRÔ EM CURITIBA.

    AS VEZES PENSO QUE TEM ATÉ GENTE GROSSA NO PODER, ACEITANDO ESTA MANOBRA SOLERTE DESTA TURMA MONOPOLISTA DO TRANSPORTE COLETIVO, QUE NÃO QUER LARGAR A TETA DE JEITO NENHUM.

    COM A PALAVRA O PREFEITO BETO RICHA.

    O RECADO AO PREFEITO BETO RICHA.

    “EM QUE PÉ ESTÁ ESTA NOVELA DO METRÔ DE CURITIBA, QUE VAI COMPLETAR DEZ ANOS DE ENGAVETAMENTO?

    VEJA PREFEITO, FORAM DEZ ANOS DE ENROLAÇÃO, E PERDA DE TEMPO, EXATAMENTE O TEMPO PREVISTO DE CONSTRUÇÃO DO METRÔ.

    A IRONIA DO DESTINO.

    ASSIM PREFEITO BETO, CASO A LINHA “LERNISTA” E OS EMPRESÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO, NÃO TIVESSEM TANTA INFLUÊNCIA E PODER NO IPPUC, NÃO TERIAM OBSTACULIZADO A CONSTRUÇÃO DO METRÔ, E HOJE PREFEITO BETO, SUA ADMINISTRAÇÃO NÃO ESTARIA ENFRENTANDO ESTE CAOS QUE GRASSA NO SISTEMA DO TRANSPRTE COLETIVO, AGORA COM ESTAS TRISTES NOVIDADES DE MATAR PASSAGEIROS.

    CARO BETO, ACEITE ESTE TEXTO COMO UMA COLABORAÇÃO DE UMA PESSOA QUE QUER O BEM DESTA CIDADE QUE AMAMOS, E INCLUSIVE QUER O SEU BEM.

    NÃO ENTRE NÃO ENTRE NO OBA, OBA, DOSD ÁULICOS.”

    SICERAMENTE .

    LINEU TOMASS.

  2. rock
    segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 12:33 hs

    O que devia ser feito era um plebecito e perguntarem ao povo Cuitibano e Paranaense se querem um mes de circo com um custo de 4,5 bilhões ou essa dinherama todo aplicada em moradias, saúde e educação, para um desenvolvimento mais proveitoso para a populaçao que sera duradouro para o resto de suas vidas .Então quanto custara ao Brasil se so em Curitiba chegara em 4,5 bilhões, com certeza passara de 70 bilhões, acordem autoridades. Eu adoro futebol, mas gostaria que todo esse dinheiro fosse aplicado em beneficio a população brasileira.

  3. Pedro Dias
    segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 12:56 hs

    Sobre a implantação do metrô o Lineu está coberto de razão. O metrô é a próxima etapa de uma cidade que aos poucos vai ganhando ares de metrópole. Entretanto, os lobys a favor do sistema atual são poderosos, começando pelo presidente da câmara municipal, até setores próximo ao prefeito. Os grandes beneficiários do atual sistema, são , não mais que 6 dúzia de famílias lederadas pela família Gulin, que detém o monopólio do sistema a mais de 50 anos e, infelizmente, não querem largar a teta, pois auferem grandes lucros. Mas, Lineu Tomass, não quero ser pessimista, mas o próprio Beto Richa, parece que , também está , hoje, mais do nunca, comprometido com esse sistema, que sempre teve e tem o aval do Jaime Lerner. E, Lineu Tomass, eu te pergunto: quem manda na PMC hoje, senão o grupo do Jaime Lerner? sugiro Lineu Tomass, você que é ardente defensor do sistema metrô para Curitiba, que se engaje no movimento contra o aumento da tarifa e, na sequencia poderemos levantar essa bandeira, fazendo um grande movimento de conscientização da população, creio que, somente desta forma, poderemos contribuir para a instalação desse importante equipamento para Curitiba, ou seja, esse novo modelo para o TC , em nossa cidade. Mas, Lineu, não nos iludamos, mesmo sabendo os detentores do poder, que o sistema atual está superado, mesmo assim, eles insistem em não mudá-lo. E, você sabe da inversão de valores que existe, ou seja, ao invés do governante atender os interesses dos trabalhadores, camadas mais pobres da população, atendem interesses de grupos economicos, infelizmente. E, para concluir, diz o Fábio Campana: assim caminha a humanidade, para onde não sei. A continuar assim, meu caro Fábio, acho que a humanidade caminha para o precipício.

  4. juruna
    segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 13:18 hs

    rock, se não investirem na Copa, os homens públicos investirão em suas próprias eleições. ou mansões, ou carrões, ou subornando jornalecos, etc etc etc

  5. segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 13:39 hs

    A população carente de creches, segurança, educação de qualidade, transporte de qualidade e esses caras discutindo Copa D

  6. segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 13:41 hs

    A população carente de saúde, educação, segurança, falta de creches e transpote de qualidade, e esses caras discutindo porcaria de copa do mundo, que serve para gerar milhões de lucros para FIFA. Pura demagogia, futebol e o circo do povo brasileiro.

  7. William
    segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 14:18 hs

    Rock, nem precisa de plebiscito, a população brasiliera quer a copa do mundo, nessas horas ninguém está nem ai com saúde, educação e segurança pública.

  8. segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 15:16 hs

    Lineu Tomass não anda bem informado.

    A licitação do projeto do metro estava parado na justiça, por causa de um mandado de segurança de uma empresa disputava o projeto.

    Recentemente que voltou a caminhas a licitação.

    Rock.

    Se você tivesse mais tempo para pesquisar, viria que em sua maioria ou totalidade a parte de investimento sempre vem de terceiros, e não do Estado. É de suma importância a Copa em Curitiba para arrecadar esses fundos, ou você prefere perder esse $$$ para qualquer outro Estado.

    Acho que os dois deveriam ler mais um pouco antes de comentar.

  9. LINEU TOMASS
    segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 17:02 hs

    CARO “GRANDE SÁBIO”.
    (ÉS DO IPPUC?).

    EU ESTOU POR DENTRO DA QUESTÃO DO METRÔ.

    NO MEU TEXTO DEIXEI CLARO QUE HOUVE AÇÃO NA JUSTIÇA DE UM CONSÓRCIO DE EMPRESAS DO PARANÁ (EMBALADAS PELO ESQUEMA DO TC), QUE INGRESSARAM COM ESTA AÇÃO SÓ PARA EMPERRAR O ANDAMENTO DA LICITAÇÃO DO METRÔ, QUE O IPPUC REALIZOU EM 2008, AGORA RECENTEMENTE.

    CONFIRMEI E CONFIRMO QUE O PRÉ-PROJETO DO METRÔ DE CURITIBA, ANTES DESTA LICITAÇÃO DE 2008 DO IPPUC, FICOU LÁ ENGAVETADO POR LONGOS, 9 (NOVE), REPITO -N O V E A N O S-.

    SE TIVER DÚVIDAS VÁ NO IPPUC E PEÇA INFORMAÇÕES OK?

    GRATO LINEU TOMASS.

  10. LINEU TOMASS
    segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 17:31 hs

    AINDA PARA O “GRANDE SÁBIO”.

    QUANTO A “MINHA LEITURA”.

    ANTES DE ESCREVER QUALQUER TEXTO OU COMENTÁRIO, EU LEIO E LEIO MUITO.

    ESTUDEI OS TODOS OS PROJETOS E PROPOSTAS PARA INSTALAÇÃO DO METRÔ DE CURITIBA, QUANTO A MODELOS, (OU MODAL COMO PREFEREM OS TÉCNICOS), E QUAIS OS IMPACTOS QUE PODERIAM CAUSAR EM NOSSA CIDADE.

    ACHO QUE O MODELO QUE O IPPUC ELABOROU NA ÉPOCA DO PREF. CASSIO TANIGUCHI, É A MELHOR PROPOSTA EM TERMOS DE CUSTOS, JÁ QUE ELIMINA BASICAMENTE DUAS GRANDES DESPESAS EM METRÔS, QUAIS SEJAM:

    1-PAGAMENTO DE INDENIZAÇÕES EM DESAPROPRIAÇÕES, JÁ QUE O PROJETO VAI UTILIZAR EM QUASE 100% O LEITO DAS VIAS EXPRESSAS DE CURITIBA, (O SU-SOLO), CUJAS AVENIDAS JÁ PERTENCEM AO MUNICÍPIO.

    O MODELO SERÁ, “CUT AND COVER”, QUE QUER DIZER CORTAR (ou cavar) E COBRIR.

    2-A ESCAVAÇÃO VAI SER NO SUB-SOLO DAS VIAS EXPRESSAS, ONDE VAI SER ESCAVADO UM ESPÉCIE DE VALETÃO EM PROFUNDIDADE DE 7 ATÉ 9 METROS, E NESTES VALETÕES CORRERÃO OS VAGÕES DO METRÔ.

    3-APÓS FEITA A ESCAVAÇÃO ETC. O “VALETÃO”, SERÁ COBERTO COM CONCRETO, E NO QUE SERIAM HOJE AS VIAS EXPREESSAS, SERÃO INSTALADAS CICLOVIAS, ARBORIZAÇÃO, ETC. O QUE VAI DAR UM TOQUE DE MAIOR QUALIDADE DE VIDA EM NOSSA CURITIBA.
    NAS ATUAIS VIAS EXPRESSAS. COMPRE UM AP. LÁ OK ?

    4-OLHA, “GRANDE SÁBIO”, VEJA. EU TENHO UMA CÓPIA DO PRÉ-PROJETO DO IPPUC, E SE VOCÊ QUIZER UMA CÓPIA, LHE DAREI COM A MÁXIMA SATISFAÇÃO, POIS ASSIM VOCÊ PODERÁ LÊ-LO POR COMPLETO E ASSIM APRIMORAR SEUS CONHECIMENTOS SOBRE ESTA MATÉRIA COMPLEXA…..”METRÔ DE CURITIBA”

    FORAM UNS TRES MESES DE PESQUISA E ESTUDOS.

    FUI NO IPPUC UMAS TRÊS VEZES EM BUSCA DE INFORMAÇÕES E FUI MUITO BEM ATENDIDO PELO AUGUSTO CANTO NETO E PELO JORNALISTA NAIM LIBOS, PESSOAS DE ALTO GABARITO E DE MORAL ILIBADA..

    CASO QUEIRAS “GRANDE SÁBIO”, POSSO LHE FALAR SOBRE SOBRE OS OUTROS “MODAIS” DE METRÔ QUE PROPUSERAM PARA CURITIBA, QUE SÃO MAIS UNS QUATRO, PASSANDO ATÉ PELO BONDE DE UM GRANDE ARQUITETO, CUJO PROPOSTA O JORNALISTA LUIZ GERALDO MAZZA DETONOU NUMA PENADA..

    ESPERO QUE HOJE TENHAS ME CONHECIDO MAIS.

    ATENCIOSAMENTE

    LINEU TOMASS. ( lintomass@bol.com.br)

  11. rock
    segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009 – 18:53 hs

    Pequeno Sábio, quando foi que iniciativa privada ajudou fazer estradas, metros, estadios ou seja qualquer investimentos em uma festa que dura um mes e os custos são grandes, o que se observa e a imprensa falando que tem muito neguinho namorando a grana do BNDS, B. BRASIL e CAIXA, ate agora não tive nehuma pista que Bradesco, Itaú ou Unibanco, ou qualquer outra Multi-Nacional ou de outras áreas do setor privado querem embarcar nessa canoa furada. Pequeno Sábio vai acreditando em pequenas fábulas,mas pode ter certeza que quem vai faturar e meia dúzia de empreiteiras e as ditas Agencias de Propagandas. Não que eu seja contra metro, estradas ou asfaltos, aeroportos outra melhorias que seja necessário, o que eu sou contra é do circo que querem armar para poucos faturar.

  12. silva
    domingo, 7 de junho de 2009 – 14:52 hs

    tem o lado bom e o ruim .
    lado bom é que vai aumentar a renda turistica da cidade,verba ,etc.mas no entanto eles não pensaram nos impactos que irá causar , tanto no meio ambiente tanto em saúde, pessoas doentes, poluição sonora visual e sem dizer no trânsito dai as ruas de Curitiba vai ficar igual a de São Paulo dai não adianta reclamar depois que o mal está feito.
    CTMA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*