Crise ameaça reajuste do funcionalismo público federal | Fábio Campana

Crise ameaça reajuste do funcionalismo público federal

Os aumentos autorizados para diversas carreiras do funcionalismo público no ano passado correm risco de adiamento. O secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva, reforça a intenção do governo em honrar o pacote que beneficiaria 1,8 milhão de servidores ativos e inativos, mas admite a possibilidade de rediscutir o cronograma, caso a crise econômica se agrave.

Uma das principais ameaças ao aumento é a tendência de queda na arrecadação de impostos, que, em janeiro, foi 7,26% menor do que em 2008.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*